Expo: 1817 – Revolução Republicana

Crédito: MCR/divulgação

 

Se você fosse criar uma bandeira para o seu colégio, como seria? E para sua sala de aula? Ou mesmo para o bairro onde mora ou sua equipe esportiva? De quais cores seria, quais desenhos teria? Esse desafio é proposto aos visitantes da exposição “1817 – Revolução Republicana“, no Museu da Cidade do Recife, localizado no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, região central do Recife.

 

 

Inaugurada quando o Recife completou no 480 anos, no dia 12 de março, a exposição já contabiliza dezenas de bandeiras feitas pelos visitantes, principalmente por crianças e jovens estudantes. Essas imagens compõem um varal montado na ala da mostra dedicada às bandeiras, onde estão expostas a da revolução pernambucana e outras que inspiraram o processo republicano. No local, há cartolina e lápis de cor para a empreitada. “A ideia é que cada um faça sua bandeira e exponha suas ideias revolucionárias“, explica a diretora do museu, Betânia Correa de Araújo.

 

 

A exposição, organizada pelo Museu da Cidade em parceria com o Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP), é dividida em cinco eixos e possui mediadores para receber escolas e espectadores em geral. Abrindo a visitação, a sala “Revoluções” mostra, através de textos e imagens históricas, o cenário que fez ebulir os ideais revolucionários. O ponto de partida é uma projeção com os nomes dos 150 homens presos no Forte de São Tiago das Cinco Pontas.

 

 

No segundo eixo, o visitante faz um passeio ao Recife do início do século XIX, então chamado de Vila de Santo Antonio do Recife de Pernambuco. Os desenhos do pintor e desenhista francês Jean-Baptiste Debret e do viajante e escritor francês Louis-François de Tollenare foram utilizados na construção de vídeos para mostrar ao visitante o cotidiano de um vila no período da revolução.

 

 

O terceiro eixo, chamado “Dezessete“, é dedicado à Revolução. Estão expostos documentos e objetos históricos pertencentes ao IAHGP, entre eles, a espada do Leão Coroado e a primeira prensa que chegou ao Recife na primeira metade do século XIX. A exposição exibe também fac-símiles do Preciso (documento para nortear a ação do governo).

 

 

Em seguida, no quarto eixo, Cidade Memória, 12 vídeos com depoimentos de historiadores mostram os lugares onde a revolução se fez presente de forma mais próxima. São locais do Recife atual exibidos em curtos vídeos – em cada deles, um historiador comenta o episódio ali vivido. Entre esses endereços, está o próprio Forte das Cinco Pontas. Outros locais são o Seminário de Olinda, o Quartel do Exército (onde hoje se localiza o prédio do INSS, na Av. Dantas Barreto) e o Forte do Brum, onde se refugiou o então governador da capitania, Caetano Pinto.

 

 

Serviço

“1817 – Revolução Republicana”

Visitação: terça a domingo, das 9h às 17h, até 5 de março de 2018

Local: Museu da Cidade do Recife – Forte das Cinco Pontas, São José, Recife.

Ingresso: gratuito

Curadoria: Maria de Betânia Correa de Araújo

Participação : Marcus Carvalho, Mateus Simon Samico, Sandro Vasconcelos, José Luiz Mota Menezes, George Cabral, Lúcia Matos, Leonora Lacerda e Jacaré Vídeo.

Concepção Visual: Raul Kawamura

Informações: 81. 3355-9558 – http://museudacidadedorecife.org/

Fazendo acontecer – Ano II

crédito: Cláudia Rangel

 

Para comemorar o dia internacional da Síndrome de Down (21 de março), um grupo de nove entidades ligadas à conscientização e inclusão das pessoas com Síndrome de Down na sociedade promove o evento FAZENDO ACONTECER – ANO II, no próximo dia 18, um sábado. O objetivo da ação é conscientizar a sociedade de que a pessoa com Síndrome de Down merece respeito, garantia de direitos e oportunidades de inclusão social.

 

O evento contará com apresentações culturais e artísticas de jovens com a trissomia do cromossomo 21, a exposição fotográfica “Um pouco de Recife sob um olhar especial”, de Lucas Albuquerque – ele que é fotógrafo com Síndrome de Down – e as participações especiais do grupo de recreação infantil Heróis PE e da cantora Ilana Ventura. Haverá também oficinas de beleza, oficina de cupcake dirigida pela chef Bela Amorim, e exposição de artesanato, entre outras atividades.

 

Promovem o evento as seguintes entidades: ASPAD (Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Síndrome de Down), Apabb (Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade), Apae (Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais), Formação de Ballet Jeane Barbosa, Grupo Down +, Integrarte, Associação Novo Rumo, Projeto Encontro, RecDown e Grupo Esportivo Santos Dumond. Apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura da Cidade do Recife.

 

Data: 18/03/17

Local: Econúcleo do Parque da Jaqueira

Hora: a partir das 9h

GRATUITO

Informações: Renata Sonoda, uma das coordenadoras do evento (996330539)

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

9:00h   APRESENTAÇÃO E AGRADECIMENTOS

9:15h   AULA DE ALONGAMENTO – CARLOS GRANJA E ANDRÉ DAMASCENO

9:30h     AULA DE ZUMBA – PRISCILLA MESQUITA

9:45h    APRESENTAÇÃO TEATRAL – GRUPO DOWN +

10:15h GRUPO CAPOEIRA – ASSOCIAÇÃO NOVO RUMO

10:30   APRESENTAÇÃO DE MÚSICA E DANÇA – PROJETO ENCONTRO

10:50h BANDA MINI ROCK

11:15h APRESENTAÇÃO DE BALÉ – FORMAÇÃO DE BALLET JEANE BARBOSA COM AMANDA LIMA e AMANDA CABRAL

11:40H APRESENTAÇÃO DE DANÇA – CENTRO ESPORTIVO SANTOS DUMONT

12:00 ILANA VENTURA

 12:15 APRESENTAÇÃO DE FREVO – CAIO ROCHA e GABRIELZÃO

Cinema: A Bela e a Fera

 

Esta semana (16/03/17) entra em cartaz nos cinemas de todo o país mais um clássico da Disney: A Bela e a Fera, que deixou de ser animação para se tornar um filme com atores. Não sei vocês mas eu estou em contagem regressiva para poder assistir!!!!! Os ingressos já estão sendo vendidos no UCI Cinemas, assim como os horários também já estão disponíveis.

 

Sinopse:

Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade do progenitor. No castelo ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é na verdade um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.

 

Ficha Técnica:

Filme: A Bela e a Fera

Gênero: Fantasia, romance

Elenco:Emma Watson; Dan Stevens; Luke Evans

Distribuidora: Disney

Duração: 2:09h

Classificação: 10 anos

Masha e o Urso

Foto: Divulgação

Aqui em casa temos fãs desta duplinha que anda fazendo o maior sucesso na TV: Masha e o Urso! As meninas até saíram fantasiadas de Masha para uma festinha de carnaval kkk. E é com grande alegria que venho trazer esta novidade: depois de ser televisionado no Brasil pelos canais Boomerang, Cartoon Network, SBT e TV Cultura, e estourar no Netflix, finalmente o desenho subirá aos palcos. “Masha e o Urso – Live Show” estreará em março no País, onde cumpre longa turnê por mais de 20 cidades, e depois segue pela América Latina.

 

No Recife, a peça estará em cartaz dia (Reservem logo a data!!!!), no Teatro Guararapes, numa realização local da Art Rec Produções, com produção executiva de HK Entretenimento. Ingressos já estão à venda a partir de R$42,00.

 

Em palco serão doze atores – além de oito profissionais que atuam nos bastidores – compõem o elenco do espetáculo. A trilha sonora traz todas as famosas músicas do desenho, como “Dia da Geleia”, “Primavera para o Urso” e “Patinação no Gelo” e, como bônus, algumas compostas especialmente para a montagem. Os amiguinhos de Masha, a exemplo os Lobos e o Coelho, que vive querendo roubar as cenouras do Urso, estarão em cena. Para reproduzir com fidelidade no palco o que as crianças assistem na televisão, estão sendo desenvolvidos cenários e figurinos com riqueza de detalhes. Serão utilizados recursos técnicos para criar neve, raios coloridos e efeitos de luz. Magia que levará o público a interagir com o elenco, numa peça que conquistará não só os pequenos, mas toda a família.

 

Masha e o Urso – Live Show” foi escrito especialmente para a estreia no Brasil. A peça narra o dia superdivertido dessa menininha incrível na estação transiberiana. Por acidente, lá chega uma arara brasileira muito falante, que ao notar que havia descido na estação errada e se perdido de seu dono, acaba por fazer novos amigos, trocando experiências fascinantes com os animaizinhos amigos de Masha e o Urso.

 

Foto: Divulgação

O DESENHO - O relacionamento de Masha e o Urso é uma metáfora de como uma criança interage com o mundo e como um adulto pode ajudá-la nessa difícil tarefa. Masha é uma incansável menininha que não para quieta devido a sua infinita energia – tudo o que ela encontra deve ser experimentado. Ela é amigável e trata todo mundo que conhece como se já fossem amigos de longa data. Sua curiosidade e criatividade resultam em engraçadas aventuras. O desenho animado, lançado em 2009, tornou-se um sucesso entre famílias ao redor do mundo devido à sua habilidade em entreter e educar ao mesmo tempo, tanto pais quanto filhos. “Masha e o Urso” ensina as crianças sobre amizades verdadeiras, carinho e liberdade criativa de forma inteligente e divertida.

 

SERVIÇO
“Masha e o Urso – Live Show”
Dia 6 de maio (sábado), às 16h
Teatro Guararapes – Centro de Convenções de Pernambuco
Informações: (81) 3182.8020

Duração: 60 minutos
Classificação: Livre

Ingressos:
Plateia Especial: R$ 124 (inteira) e R$ 62 (meia)
Plateia: R$ 104 (inteira) e R$ 52 (meia)
Balcão: R$ 84 (inteira) e R$ 42 (meia)
* À venda na bilheteria do teatro, lojas Ticketfolia e www.eventim.com.br

 

Super Bailinho – ano I

Já foi o tempo que só os meninos brincavam com seus super poderes, em que a mulher maravilha representava a minoria na Liga da Justiça. O I Super Bailinho vai reunir homens e mulheres de ferro, mulheres e homens aranha, Fridas Kahlo, bat-girls, Moanas, super-homens, bailarinas, bruxas, minions, o que o poder da imaginação permitir aos pequenos… Carnaval é a festa da fantasia e do empoderamento de todos. Qualquer um pode se transformar e se divertir à vontade!

 

E foi pensando nesta diversão que eu e Cláudia, do Corujices, nos unimos para promover um bailinho diferente para as crianças. Uma matinê com vagas limitadas, com aquele tipo de brincadeiras que ultrapassam as gerações, num quintal delicioso, com uma mesa temática de carnaval, comidinhas e bebidas, concurso de fantasias, mini-aula de vários ritmos carnavalescos, e a oportunidade de colorir e conhecer vários personagens da nossa tradicional cultura de carnaval.

 

A primeira edição do Super Bailinho vai acontecer na sexta-feira (17 de fevereiro), em dois turnos: manhã (8:30h as 11:00h) e tarde (14:30h às 17:00h). Os ingressos custam R$25,00.
Teremos:
* Muita brincadeira e diversão com a recreação da Bola com Xita
* A equipe do Platz Studio estará fazendo um camarim para deixar todos os pequenos ainda mais belos
* Desfile da coleção de fantasias das blogueiras teens Anas Bacanas para a loja NinaLu
* Desfile de fantasias
* Mini Aula de dança de ritmos do carnaval
* Cantinho de artes para as crianças pintarem e conhecerem um pouco sobre os personagens do nosso carnaval
* O set list foi preparado com muito amor pelo programa Rádio Matraquinha – rádio para crianças de todas as idades.
* Decoração feita pela Detalle Design
* Mesa de Lanche com delícias de Cecília Chaves Cake Shop, Doce Colorido,
* Sorteios de prêmios entre os que desfilarem fantasiados (diária no Hotel Village Porto de Galinhas, Kits do Game Station, Vale compras na loja Cara de Sono Recife)
Os ingressos já estão à venda na Red Balloon de Casa Forte e na Loja Ninalu. As vagas são limitadas, então corre e garanta a já a sua!!!!!!

Foto: Divulgação Anas Bacanas

Serviço:
I Super Bailinho
Local: Red Balloon Casa Forte – Av. 17 de Agosto, 2230, Casa Forte
Valor: R$25,00 (a venda no local e na loja Ninalu – Estrada do Encanamento)
Realização: Blogs Corujices.com e Dicas Miúdas

Informações: (81)99959.2375 e/ou (81)99967.3984