Aonde fazer a sua festa?

 

Já definidos a data e o horário da festa o próximo passo é definir o local, mas aí é que vem uma das maiores dúvidas: fazer em casa ou em uma casa de festas? A casa de festas é sem sombra de dúvidas mais prática e com muito mais atrativos para as crianças, mas será que vai caber no seu orçamento? Será que o custo benefício valerá a pena? São dúvidas que não acabam mais, mas temos que analisar algumas coisas importantes, que muitas vezes esquecemos e quando vamos para a ponta do lápis é que podemos realmente ver…

 

Se formos fazer em casa teremos que contratar TUDO, a menos que você more em um edifício que já tenha um parquinho legal para as crianças, louça… Mas se for uma casa comum o que teria que providenciar:

 

1) Aluguel de mesas e cadeiras;

 

2) Aluguel ou compra de toalhas para as mesas e se quiser capa para as cadeiras;

 

3) Aluguel de brinquedos e/ou recreação, afinal as crianças precisam de uma atividade para fazerem durante o tempo da festa, vale usar e soltar a criatividade também!

 

4) Aluguel ou confecção da decoração, não esquecendo de verificar se já possui mesas para bolo, lembrancinhas… Na decoração deverá estar inclusas as bolas, mesa temática ou cenário (se for ter)…

 

5) Contratação de um buffet, caso contrário comprar ou fazer todos os doces e salgados, bolo, bebidas, pratos, copos, talheres (que dependendo podem ser descartáveis) e a contratação dos garçons, bandejas para servir e para colocar os salgados nas mesas ou volante. Afinal, são raríssimos os casos hoje que as famílias sabem e têm tempo para preparar toda a comilança…

 

6) Compra ou confecção das caixinhas (com bombons), terá personalizados e lembrancinhas??

 

7) Contratação de fotógrafo e filmagem (se for querer);

 

8) Se a festa for a noite, verifique se há iluminação suficiente;

 

9) Providenciar um som, Cds infantis e se possível com caixa amplificadora, para que todos possam ouvir as musiquinhas.

 

 

É muita coisa, mas que às vezes esquecemos… Já fui para aniversário, em casa, que esqueceram do fósforo para acender a vela, da faca para o bolo, entre tantas outras coisas.

 

Já em uma casa de festas o que precisaríamos providenciar:

 

1) Aluguel ou confecção da decoração, que pode ser feita através da própria casa de festas;

 

2) Se quiser pode contratar um recreador, mas não é necessário uma vez que a casa já oferece diversas atividades. Seria um Plus para a sua festa. Dependendo da casa de estas eles também oferecem este serviço como opcional.

 

3) Compra ou confecção das caixinhas (com bombons), terá personalizados e lembrancinhas?? A maioria das casas de festas também já oferecem estes serviços como opcionais.

 

4) Contratação de fotógrafo e filmagem (se for querer).

 

E pronto é esperar pelo dia e se divertir!

 

Parece que estou induzindo todos a fazerem em casa de festas, mas não é… Vou falar um pouco da minha experiência e evolução nas festas, afinal já foram cinco.

 

Fotos Arquivo pessoal: Regina Dias

 

O primeiro aninho da minha filha fiz uma festinha bem simples no salão de festas do prédio da minha mãe, apesar de já ter mesas e cadeiras, não eram suficientes, então tive que contratar TUDO, muita coisa eu mesma fiz e para não gastar tanto tentei improvisar…

 

Resultado: na hora da festa eu quase não parei, pois tinha que verificar se estavam todos sendo bem servidos, o que minha filha estava fazendo, recepcionar os convidados… Foi uma correria e ainda por cima fiquei de fotógrafa, pois esqueci deste detalhe (inexperiências a parte). Quando acabou eu estava “passada, moída e quebrada”, afinal já vinha há dias nos preparativos…

 

E quando fui fazer o balanço da festa fiquei muito triste, pois o som não funcionou direito, ficou muito baixo, os recreadores que contratei eram muito fraquinhos, as crianças quase não brincaram, os brinquedos eram bem pequenos, esqueci o fotógrafo então o álbum quase não tem fotos muito boas, pois não tive tempo de ficar pensando em fotografar… Mas pelo menos não faltou comida, ou melhor dizendo neste setor sobrou até demais (comidas e bebidas) distribui para toda a família Kkkkkkk. E não saiu tão barato quanto eu imaginava não!

 

Nos outros anos já optei por fazer em casa de festas, foi mais caro, mas também eu fiz mais coisas (supérfluas) e praticamente não tive trabalho. No de dois anos eu mesma “improvisei” a decoração e a casa de festas que eu escolhi permitia trazer o buffet de fora e foi o que eu fiz. Utilizei o espaço deles, mas contratei uma pessoa para fazer as comidas, então tive que comprar os descartáveis (optei por ser mais simples), contratar garçons… Ainda tive um trabalhinho, mas comparado com o de 1 ano… E a cada ano que passava eu ia diminuindo o meu trabalho e terceirizando mais os serviços. No de dois anos continuei na mesma casa de festas e responsável pelas comidas e bebidas, mas tercerizei a decoração, no de 4 e 5 foram em casas diferentes, com buffet deles e decoração terceirizada. Para mim que gosto de colocar a “mão na massa” é estranho contratar e ficar esperando, mas é muito mais tranquilo.

 

Lembrando mais uma vez que na maioria das vezes a espectativa e a cobrança por muitos detalhes é dos pais e não das crianças, elas querem apenas se divertir! E nós por mais vaidade que tenhamos queremos mesmo é o sorriso dos nossos pequenos, não é?

 

O próximo post falarei um pouco sobre as casas de festas… Quem tiver dúvidas e sugestões enviem para mim (regina@dicasmiudas.com.br)

Deixe uma resposta para Antonio Paulo

  1. Ano passado, de 1 ano, fiz no ap só com tios, padrinhos, avós e os pais. Nem criança tinha. Eles se divertiram, ficou o registro e gastei pouco. Este ano, vou fazer no salão de festas, um pouco mais elaborado, mas com os gastos e trabalho até agora, já sei que ano que vem, na festa de 3 anos, vou pra um buffê infantil. Abs e obg pelas dicas super valiosas.

  2. No 1 ano fiz uma festa linda para meu filho no buffet Infantil, gastei horrores mas a festa foi de cinema.Passei o dia como se fosse um dia normal, na hora trocamos de roupa fomos pra festa. Já no de 2 anos fiz em casa contratei tudo mas tive que por mão na massa também ,foi mais cansativo mas aproveitei muito mais com os preparativos e todos os detalhes da festa. No primeiro parecia que eu era apenas mais convidado da festa. Adorei fazer em casa além de ter gastado bem menos ,eu indico.