24º Janeiro de grandes espetáculos

E como sempre Janeiro vem recheado de espetáculos teatrais para entreter as famílias que estiverem aqui em Recife, principalmente o público infantojuvenil, com o 24º Janeiro de grandes espetáculos. Serão oito espetáculos divididos entre os principais equipamentos culturais do Recife, a grade privilegia a produção teatral pernambucana.

 

Do Vestido Ao Nariz”, (Cia. 2 em Cena), “Vento Forte Para Água e Sabão” (Cia. Fiandeiros de Teatro) – premiado na categoria ‘Melhor Espetáculo Infantil’ na edição passada do festival, “A Bela e a Fera” (Roberto Costa Produções), “Carol Levy em Contos de Casa” (Onomatopéia Ideias Sonoras), “O Mágico de Oz” (Companhia do Sol), “Histórias Por um Fio” (Cia. Fiandeiros de Teatro) e “Era Uma Vez na Terra” (Luau Produções Artísticas e Serviços) integram a programação local. O destaque nacional vai para “Fiu-Fiu: Um encontro entre pássaros”. O Grupo Tibanaré, do Mato Grosso, traz um espetáculo que une palhaçaria, teatro e dança.

 

Pegando o embalo do mês de férias, confira aqui a programação oficial completa destinada à infância e juventude:

Foto: Divulgação (Paulo Teixeira)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Do Vestido ao Nariz  -  Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. 2 em Cena (Recife/PE)

 

Bilac, Carambola e Pixuruca são três palhaças que se encontram um circo abandonado e resolvem torná-lo sua nova casa, apresentando ali números de palhaçaria. O espetáculo discute, de maneira cômica e poética, o espaço feminino no picadeiro tradicional, levando, assim, a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea.

 

Foto: Divulgação (Morgana Narjara)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Vento Forte Para Água e Sabão – Teatro Barreto Jr

 

R$30 (inteira)/R$15 (meia) – Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)
O texto narra a história de amizade entre uma bolha de sabão, chamada Bolonhesa, e Arlindo, uma rajada de vento. No meio de toda trajetória, questões como vida e morte são abordadas através da metáfora da bolha de sabão, cuja própria existência é extremamente rápida e passageira.

 

Foto: Divulgação (Dodi Fontes)

14/01/18 (Dom) e 28/01/18 (Dom), 10h – A Bela e A Fera – Teatro Boa Vista
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Roberto Costa Produções (Paulista/PE)

 

A peça é uma releitura do clássico A Bela e A Fera, dos estúdios Walt Disney. O pai de Bela vira prisioneiro da Fera e ela decide, então, entregar-se ao estranho ser em troca da liberdade do pai. No castelo, Bela descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para desfazer um feitiço e voltar à forma humana.

 

Foto: Divulgação (Cordel)

17/01/18 (Qua), 19h30 – Fiu Fiu – Um encontro entre pássaros – Espaço Cênicas

R$30 (inteira)/R$ 15 (meia)  – Grupo Tibanaré (Cuiabá/MT)

 

Fiu Fiu é um dos destaques nacionais na programação oficial de Teatro para infância e Juventude. O espetáculo, que une teatro, palhaçaria e dança, é um voar leve sobre um campo de possibilidades entre Passarinhar e Passarinhou.

 

Foto: Divulgação (Andréa Rego Barros)

21//01/18 (Dom), 17h – Carol Levy em Contos de Casa – Teatro de Santa Isabel
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Onomatopéia Ideias Sonoras (Recife/PE)

 

Carol é cantora e contadora de histórias. No show interativo, as crianças participam com a artista durante toda a apresentação, que traz desde músicas e histórias a peripécias na cozinha. O espetáculo vai receber os recursos de audiodescrição e libras.

 

Foto: Divulgação (Beatriz Chaves)

21/01/18 (Dom), 10h – O Mágico de Oz – Teatro Boa Vista
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Companhia do Sol (Recife/PE)


A montagem foi criada a partir do famoso filme de 1939. Na história, Dorothy é levada por um furacão a uma terra mágica e conta com a ajuda de três amigos. A produção teatral utiliza um conjunto de cenários, figurinos e adereços para apresentar um espetáculo dinâmico, musical e tecnológico.

 

Foto: Divulgação (Rogério Alves)

27/01/18 (Sab), 11h e 16h30 – Histórias por um Fio – Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)

 

Personagens lendários extraídos de contos da tradição oral ibérica, indígena e africana se encontram numa dramaturgia que cruzou e uniu os três povos através da figura de Mavutsinim. Na cena, uma rede de possibilidades diversas, de culturas tão diferentes, que consolidam e germinam sementes das raízes plurais da identidade brasileira.

 

Foto: Divulgação (Dálviton Anélio)

28/01/18 (Dom), 16h30 – Era Uma Vez na Terra – Teatro Luiz Mendonça

R$30 (inteira)/R$15 (meia) -  Lua Produções Artísticas e Serviços (Recife/PE)

 

Para impedir a construção de um complexo industrial numa reserva ambiental, o Dr. Chucrutz viaja no tempo e traz para o presente uma índia do século 19 e um homem do futuro. Juntos, os dois viajantes resolvem convencer o homem sobre a importância de preservar o meio ambiente.

 

SERVIÇO

24º Janeiro de Grandes Espetáculos | Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco

De 10 a 28 de janeiro, nos principais teatros do Recife

Ingressos

Já à venda no site e na Central de Ingressos no Teatro de Santa Isabel (de terça a domingo, das 9h às 16h, para os espetáculos em cartaz nos teatros de Santa Isabel, Apolo, Hermilo Borba Filho, Marco Camarotti, Luiz Mendonça, Arraial Ariano Suassuna e Barreto Júnior).

Shrek, o musical

 

Grande sucesso nas telas de cinema por todo o mundo, o ogro mais querido do mundo aporta no Recife para um espetáculo sem precedentes na produção pernambucana. Shrek, o Musical traz ao palco temas como bullying, amizade e respeito às diferenças, desconstruindo os tradicionais enredos dos contos de fadas. A superprodução local reúne canções ao vivo, com coreografias de Jazz e sapateado, e acontece nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, no Teatro RioMar, sempre às 20h.

 

Shrek, o Musical aportou nos palcos da Broadway em 2008, sete anos após sua estreia nas telonas, pelo estúdio Dreamworks. Depois de mais de 400 apresentações, ele ganhou o mundo, fazendo turnês em diversos países, como Inglaterra, França, Espanha, Suécia e Austrália. No Recife, o musical chega através do Grupo Vida, tradicional grupo recifense de dança, que vem a ser o único da cidade licenciado pela Dreamworks para esta grande produção especial, através da Music Theatre International – MTI.

 

No teatro, o público pode esperar uma produção digna dos palcos internacionais. Serão 50 bailarinos em cena, além de 24 personagens, entre atores e cantores. Para compor o elenco, os quatro personagens principais, além de cenários e figurinos, vêm diretamente de São Paulo, da produção paulista do espetáculo.

 

A direção artística é encabeçada por Rodrigo Damo, diretor de renome do cenário artístico paulistano, responsável por montagens de grandes clássicos musicais, como Hair, A Bela e a Fera e o próprio Shrek. Já a direção geral fica por conta de Rita Vieira, fundadora do Grupo Vida e coreógrafa responsável pelos já tradicionais musicais produzidos pelo grupo, como O Rei Leão, Hairspray, Mama Mia e Cats. Nas coreografias, o talento de Arthur Marques, bailarino e coreógrafo de larga experiência em palcos cariocas e produções da Broadway, e Leandro Netto, coreógrafo premiado em festivais de dança por todo o país. Na assistência de produção, Jerônimo Vieira e Arthur Marques.

 

GRUPO VIDA - O Grupo Vida nasceu em 1984, com o objetivo de reunir artistas recifenses e pernambucanos em nome da dança, levando em especial musicais aos palcos do Recife. Além da proposta de trazer espetáculos anuais à cidade, o grupo sempre bebe em outras fontes de inspiração, comumente convidando artistas do Brasil e de fora para compor suas coreografias.

 

SERVIÇO:

Evento: Shrek, o Musical

Data: 13, 14 e 15 de dezembro, às 20h

Local: Teatro RioMar

INGRESSOS:

Dia 13: Plateia (R$ 100 e R$ 50) e Balcão (R$ 80 e R$ 40)

Dia 14: ESGOTADO

Dia 15: Plateia (R$ 100 e R$ 50) e Balcão (R$ 80 e R$ 40)

Os ingressos já estão à venda nas bilheterias do teatro e no site ingressorapido.com.br.

Mostra de Teatro para Infância e Juventude

 

Com o objetivo de manter a tradição da oralidade e a contação de história como caminhos para aprendizados e estímulo à criatividade, a Mostra Marco Camarotti de Teatro para Infância e Juventude vai começar no dia 19/11/17. A programação vai trazer espetáculos pernambucanos voltados a esse público, além de oficinas para interessados em atuar nesse campo.

 

A abertura (19/11) será às 16h, com “Histórias do Meu Povo”, que traz a cultura romana aos palcos por Roma Júlia.

No dia 23/11, a Cia Agora Eu Era vai apresentar “Pequenos Mares” em dupla apresentação, às 15h e 15h30.

No dia 25/11, Fiandeiros vai apresentar “Histórias por um fio’’, às 16h.

No dia seguinte (26/11), no mesmo horário, a Cia Agora Eu Era volta ao teatro para apresentar “Histórias Fantásticas”. Em dezembro, no dia 2, a Cia Dois em Cena apresenta “Salada Mista

e no domingo (03/11), a Quadrilha Evolução, vencedora de concurso junino local, vai apresentar a versão teatral da apresentação “Chico Vive”, em homenagem a Chico Science.

 

“Fizemos uma curadoria local para buscar espetáculos que valorizam a oralidade e a contação de histórias como forma de resgatar e manter essa tradição. É um recorte tanto para quem quer assistir quanto para os que desejam atuar”, explica a professora de Artes do Sesc Santo Amaro, Ailma de Andrade. Assim, o projeto vai promover duas oficinas gratuitas, sempre das 14h às 17h. “Contação de histórias”, com presença de Nanda Melo, contadora e integrante da Cia Agora Eu Era, vai acontecer nos dias 21/11, 25/11 e 05/12. A segunda turma é “Caixa de Possibilidades”, que será ministrada pelo artista plástico Jacaré. A proposta é conscientizar sobre descartes e produzir arte a partir de materiais que seriam destinados a lixo. Ambas possuem 15 vagas, são gratuitas e inscrições já estão abertas para os que possuem mais de 12 anos.

 

Cia. 2 Em Cena – Salada Mista – créditos Pedro Luna

Programação | Espetáculos

19/11/17, às 16h – Histórias do Meu Povo – Roma Júlia

23/11/17, às 15h e às 15h30 – Pequenos Mares (Cia. Agora Eu Era /PE)

25/11/17, às 16h – Histórias por um Fio (Fiandeiros / PE)

26/11/17, às 16h – Histórias Fantásticas (Cia. Agora Eu Era /PE)

02/12/17, às 16h – Salada Mista (Cia. Dois em Cena /PE)

03/12/17, às 16h – Chico Vive (Quadrilha Evolução /PE)

 

Programação | Oficinas

21, 25/11 e 05/12, das 14h às 17h – Contação de Histórias | Nanda Melo

05 a 08/12, das 14h às 17h – A Caixa das Possibilidades  | Jacaré

 

Serviço – Mostra Marco Camarotti de Teatro para Infância e Juventude

Local: Sesc Santo Amaro (Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife)

Ingressos para as peças: R$ 20 (inteira) | R$ 10 (estudantes, comerciários e dependentes)

Gratuitade: para alunos de escolas públicas (mediante apresentação de carteira de estudante) e para agendamento de escolas

Oficinas: inscrições abertas e gratuitas

Informações: 3216.1728

Aladim: o Musical Recife

Victor Leal dará vida ao personagem Aladim e Camila Bastos viverá a princesa Jasmine (Foto Gil Menezes)

 

Quem nunca sonhou em encontrar Aladim e a princesa Jasmine no tapete mágico que voa? Ter os três desejos realizados pelo gênio da lâmpada? Bem, isso ainda não é possível, mas se usarmos a nossa imaginação poderemos mergulhar neste universo, pois uma equipe local fez uma adaptação deste lindo conto clássico. Pensando no público de todas as idades, o espetáculo busca mostrar um mundo ideal completamente diferente. A montagem vai trazer grande referência cultural do estado, valorizando costumes e tradição do povo nordestino. Já estou doida para assistir e viajar nesta aventura, e vocês???

 

A releitura vai trazer figurinos fluidos e sofisticados, remetendo ao luxo que o espetáculo exige. No repertório, 19 músicas, que serão cantadas e acompanhadas de uma orquestra – tudo ao vivo, envolvidas em diversas coreografias elaboradas. Apresentação tem duração de 2h, a classificação é livre.

 

O musical tem a direção geral dos produtores Ana Letícia Lopes e Gabriel Lopes. Direção artística de Emmanuel Matheus, direção coreográfica de Stepson Smith. Valdetaim do Monte e Hugo Leonardo, assinam a direção musical. O pernambucano Israel de França, regente da orquestra Sinfonieta de Granada, na Espanha, vai reger a orquestra durante as apresentações.

 

“Estamos oportunizando os artistas local e valorizando o talento de cada participante. O elenco reúne 39 artistas, entre bailarinos, cantores e atores. Victor Leal, viverá Aladim, Camila Bastos, dará vida a princesa Jasmine, o gênio será interpretado por Kleber Valentim”, detalha a diretora geral do musical e atriz, Ana Letícia Lopes.

 

SERVIÇO:

Aladim: o musical Recife - ”O tapete de Aladim já tem data para voar no Recife”

Local: Teatro Guararapes (Avenida Professor Andrade Bezerra, s/n, Salgadinho, Olinda)

Quando: 12 e 13 de outubro de 2017

Horário das sessões: Às 16h e às 20h.

Ingressos:

Plateia VIP: R$ 165,00 e R$ 82,50 (meia).

Plateia A: R$145,00, meia R$72,50,

Plateia B custa R$120,00, meia R$ 60,00.

Balcão variam entre R$ 100,00 (inteira) e R$50,00 (meia).

Os bilhetes já estão disponíveis na internet, na bilheteria do Teatro Guararapes, ou nas lojas do Ticket Folia (Shopping Recife e Guararapes), nos shoppings Boa Vista, Rio Mar e Tacaruna, as lojas do Ticket funcionam na loja Riachuelo.

Mais informações: (81) 3132-4477

Classificação Indicativa: Livre

 

Circo Imperial da China

Foto: Divulgação

 

E na próxima semana o Circo Imperial da China estará aqui em Recife com todos os seus encantos, no espetáculo As Aventuras dos Guardiões dos Unicórnios”.

 

Usando a imaginação, o Circo Imperial da China não mede esforços quando se trata de impressionar os fãs com movimentos de tirar o fôlego: antes de realizar uma apresentação profissional, todos os artistas passam por dez anos de treinamento. Em “As Aventuras dos Guardiões dos Unicórnios”, não há truques e nada é falso. O que existe é a combinação de habilidades autênticas com o melhor de todas as modalidades acrobáticas num espetáculo que une sincronia, desempenho de excelência e riqueza de detalhes. Somados a isso, imponentes figurinos e um show de iluminação fazem do Circo Imperial da China um dos melhores circos do mundo.

A arte circense é a forma de entretenimento favorita entre o público oriental. Com mais de 2 mil anos de existência na China, ela invoca uma identidade nacional e faz parte do cotidiano dos povos chineses. Por isso, muito dos artistas que se apresentam neste espetáculo são verdadeiros popstars na Ásia.

 

Os mais habilidosos acrobatas, dançarinos e contorcionistas da China chegarão ao Brasil com espetáculo inédito, criado especialmente para turnê no País. Em celebração aos 25 anos do Circo Imperial da China, o grupo desafia as leis da gravidade em “As Aventuras dos Guardiões dos Unicórnios“, show que conta uma história emocionante, ambientada no mundo encantado desses animais mitológicos. Recife recebe a trupe, dona da técnica perfeita da arte circense ao longo de 2 mil anos, para três apresentações no Teatro Guararapes: 23 de setembro (às 17h30 e 20h) e dia 24 (às 19h). E nesta turnê, que começou em agosto, o espetáculo também passará por: Goiânia, Brasília, Curitiba, Londrina, Sorocaba, Joinville, Florianópolis, Salvador, Natal e Fortaleza. Esta será a quinta vez da companhia no Brasil; a segunda no Recife. A produção local é da Art Rec Produções.

 


SERVIÇO

Circo Imperial da China em “As Aventuras dos Guardiões dos Unicórnios”

Dia 23 de setembro 2017 (sábado), às 17h30 e 20h

Dia 24 de setembro 2017 (domingo), às 19h
Teatro Guararapes – Centro de Convenções de Pernambuco

Informações: (81) 3182.8020

Duração: 70 minutos

Classificação: Livre

Ingressos:

Plateia Especial: R$ 124,00 (inteira) e R$ 62,00 (meia)

Plateia: R$ 104,00 (inteira) e R$ 52,00 (meia)

Balcão: R$ 84,00 (inteira) e R$ 42,00 (meia)

“Ingresso Família”. Comprando três bilhetes para qualquer sessão e qualquer setor, todos pagam meia-entrada.

* À venda na bilheteria do teatro, lojas Ticketfolia e  www.eventim.com.br