Lá vem chegando o verão!

Para comemorar o dia do médico (18/10), segue mais uma homenagem ao pediatra Dr. Fernando Azevedo.

 

Desta vez postarei algumas dicas dele sobre cuidados com o sol…

 

 

“Entramos em Outubro e as praias estão ai a nossa disposição. Aliás, uma coisa interessante nas minhas pesquisas: preferência total da criançada por piscinas. Dá quase 100%. Como no meu tempo só tinham duas piscinas em Recife, uma no Português e outra na Escola de Aprendizes Marinheiros nossa geração usou foi o mar e ainda os rios límpidos e com peixinhos. Era onde aprendíamos a nadar.

 

Nessa época de calor a exposição ao sol deve ser controlada para evitar internações e insolações comuns nas crianças maiores.

 

Nos bebês e crianças pequenas que usam o sol por pouco tempo é dispensável o protetor solar. Deve-se usar o beneficio dos raios solares matinais ou vespertinos justamente para o aproveitamento da vitamina D necessária para ossos fortes.

 

Na meninada maior, vale à pena usar e existem muitas marcas no mercado todas com boa reputação. Seu uso deve ser renovado se a exposição for maior.

 

Não é fácil tirar menino de piscina e praia, mas ofereça  líquidos com mais frequência, hidrate bem e faça uma alimentação mais leve com frutas, massas, saladas.

 

Os sintomas de internação ou insolação são dor de cabeça, vômitos, febre, calafrios afora o desconforto na pele. Nesses casos o tratamento é justamente “resfriar” o corpo, não expondo mais ao sol, usando compressas frias na cabeça, dando banhos e às vezes são necessários remédios contra os vômitos e hidratação venosa se  eles persistirem.

 

Portanto para não voltar do programa mais cedo evite isso, pois desidratação é doença séria, traz um rápido distúrbio metabólico pelo mau funcionamento dos rins e pode ser grave.”

 

Por Fernando Azevedo

 

 

E então anotaram as dicas do médico? Só reforçando:

 

Dica 1) Muito líquido ao longo do dia e alimentação leve e saudável, mesmo não estando exposto diretamente ao sol

 

Dica 2) Sempre que possível utilize chapéu

 

Dica 3) O protetor solar é de extrema importância, mesmo para os que utilizam roupa com proteção solar.

 

Boa diversão a todos, mas cuidado com o sol!

Feliz Dia do Médico!

Muitos provavelmente não sabem, mas no dia 18 de outubro é comemorado o “dia do médico”!

 

Neste dia homenagearei dois médicos que me acompanham, representando todos os outros. São eles: Dra. Claudeci Gomes, minha ginecologista e obstetra, que esteve especialmente ao meu lado durante 9 meses e trouxe ao mundo o meu maior presente e Dr. Fernando Azevedo, que cuida da minha filha com tanta dedicação e alto astral, até mesmo quando eu interrompo as férias dele com um e-mail pedindo socorro (kkk).

 

A estes profissionais que cuidam de nós sempre com tanto carinho e dedicação, a nossa singela homenagem:

 

 

Sesi Bonecos do Mundo!

Complementando a informação que eu havia passado no post Show para os pequenos! O evento que teremos no início de Novembro será o Sesi Bonecos para o mundo 2012, que terá diversas atrações, todas elas envolvendo o universo do teatro de bonecos.

 

 

O evento terá início no dia 06/11/12, quando ocorrerá sua abertura, apenas para convidados!

 

Nos dias 07, 08 e 09 de novembro terão apresentações no palco do Teatro Santa Isabel, assim como os demais eventos serão com entrada gratuita, mas este em especial terá limite de público.

 

Serão destinadas ao público em geral, 420 vagas por espetáculo, o restante será destinado aos trabalhadores da indústria, que deverão fazer previamente suas reservas. Quanto ao público geral, o convite será distribuído no teatro mesmo.

 

 

Os dois últimos dias serão abertos para o grande público, no Parque 13 de Maio, com atrações a partir das 16:30h. Segue abaixo  programação destes dias, com descrição dos espetáculos, horários e local das apresentações.

 

 

Agora é só ver o que mais lhe interessa, montar a sua programação e esperar o espetáculo começar!

A Casa Mágica

Olá pessoal,

 

Como amanhã dia 18 de outubro é o dia do médico, vou postar algumas coisitas com a colaboração do pediatra da minha pequena, que além de ser um ótimo profissional na área médica ele ainda é um artista, então pensem que ele realmente é uma pessoa iluminada. Afinal uma pessoa que é pediatra e artista, tem que ter o espírito elevado e merece ainda mais a nossa admiração, respeito e todas as homenagens… Para os que ainda não sabem de quem estou falando: é do Dr. Fernando Azevedo! Vou começar pela área artística e compartilhar com vocês uma indicação de literatura infanto-juvenil feita por ele.

 

Então vamos começar a história…

 

Em agosto fui a um evento literário no Museu do Estado. Era o lançamento da nova coleção dos livros infanto-juvenil, premiados no concurso da Cepe. Quando cheguei fiquei bem triste, pois eles haviam preparado uma grande festa, com recreação, contação de estórias dentre outras atrações, mas o público era bem pequeno… Mas o tempo passou e o público começou a chegar, ainda bem! Não gosto quando os eventos culturais são pouco prestigiados. Temos que incentivar nossos pequenos a se enfronharem cada vez mais com este universo de livros, músicas, peças teatrais… Enfim são coisas, que ao meu ver só engrandecem a pessoa.

 

Quando o evento ia começar após algum atraso, caiu a maior chuva, mas para a minha alegria quase ninguém foi embora. No meio desta chuva, avistei o pediatra e artista Dr. Fernando Azevedo. Não consegui falar com ele, por causa do volume de pessoas… Mas uns dias depois me deparei com um post em seu Blog – pediatria e arte, sobre este evento. E aqui estou, compartilhando o texto dele com vocês.

 

“No sábado 25/08/12 fui ao museu do estado para assistir o lançamento pela Cepe de premiados livros infanto juvenis. Ganhei meu dia. Apesar da chuva intensa uma multidão compareceu e era uma alegria para as crianças assistirem uma “contadora de estórias” interagindo com elas, participando com a família daquele evento que só o bom e o bem pode produzir nas suas cabecinhas. É fundamental desenvolver na criança o interesse pela leitura. Veja bem, estudar não é ler, mas ler é estudar. O estudo pela obrigatoriedade de conhecimentos muitas vezes que não perduram, é diferente da leitura que por ser voluntária e prazerosa torna-se ao final um estudo.

 

Li o livro premiado de Maria Amélia Almeida, A CASA MÁGICA, onde se percebe a importância do afeto na vida familiar, na disciplina de vida que é um investimento no prazer eterno de existir. Maria Amélia impregnou-se de coisas boas e inesquecíveis de sua infância, e transporta para o livro todo o lirismo dos cheiros de bolos que se sente ao folhear as páginas, da educação primorosa que recebeu e que se transformou em bônus, em poupança para a garantia de um futuro solidário que repassa como Professora para essas gerações que acompanhou e que ainda cuida. O amor por uma boneca que é um ser vivo, permanece por uma existência. Não se compara ao amor por um personagem temporário de TV. Seu relato talvez represente uma advertência à quase inexistência hoje dos laços familiares entre pais, filhos, avós e netos que são o alicerce sólido para uma construção de valores sociais da educação, respeito, solidariedade, valores importantes para a vida digna e desprendida de desejos materiais exagerados. Na vida basta uma boneca amada, ela não nos abandonará.”

 

Fica a Dica de uma boa leitura para os pequenos!

 

Dica 1) Não sei se este livro está a venda em todas as livrarias, mas ele poderá ser encontrado na livraria da Cepe, no Museu do Estado e na Loja Doce de Ler, no Shopping Etc.

 

Loja doce de Ler – Shopping ETC

 

Ficha Técnica:

 

Resumo:

A casa mágica, da pernambucana Maria Amélia de Almeida, veterana na literatura infantojuvenil, compartilha com as crianças de hoje as experiências de um mundo antigo, através da sua memória afetiva que resgata brincadeiras, sentimentos, festas em família, e até os cheiros do cotidiano. O ilustrador Márcio Monteiro retrata com delicadeza esses sentimentos, fazendo o leitor dividir com a menina da história as suas tristezas e alegrias.
Escrito por: Maria Amélia de Almeida
Ilustrado por: Márcio Monteiro
Editado pela: Cepe – Companhia Editora de Pernambuco
Jardim Suspenso com garrafa Pet!

Oi Pessoal,

 

Neste feriado a escola da minha filha mandou uma “tarefinha de casa” para ser feita por toda a família… Eles mandaram uma mudinha de planta junto com um cartão. Neste cartão vinha o passo-a-passo para fazermos um vaso de garrafa Pet e depois deveríamos colocar a planta neste vaso e devolver para a escola, que lá eles iriam montar um jardim suspenso.

 

Adorei a iniciativa e mais ainda a idéia, por isso estou aqui para compartilhá-la com vocês.

 

 

Então vamos ao material necessário:

- Garrafa PET de 2 litros, com tampa – vazia e limpa
- Tesoura com ponta fina
- Corda de varal, cordoalha, barbante ou arame
- Para os que optarem por cordoalhas ou arames, serão necessárias duas arruelas
- Terra
- Muda de planta

 

Como Fazer:

Créditos: rosenbaum.com.br

 

Primeiro corte a garrafa PET, como está mostrando na imagem abaixo.

 

Depois, para fixar as garrafas, é preciso fazer dois furos no fundo da garrafa e dois na parte superior da garrafa. Dá pra aprenderdireitinho. É só analisar bem a foto acima e fazer.

 

Além dos furinhos que você fará para passar a corda, é preciso também de um pequeno furo no fundo da garrafa. Isso é para que água usada para regar a muda possa escoar.

 

Depois disto, você irá passar a corda por um furo e depois puxe pelo outro.

 

Para fazer com que as garrafas não escorreguem pela corda, barbante, ou cordoalha você pode usar estas dicas abaixo:

 

Dica 1) Para quem for usar corda de varal ou barbante:

 

Créditos: rosenbaum.com.br

 

Dica 2) Para quem for usar cordoalha ou arame:

 

Créditos: rosenbaum.com.br

 

Depois, basta esticar e fixar a corda na parede.

 

Para compor a parede, você coloca quantas garrafas quiser, mas sempre deixando um espaço entre elas, para que a planta possa crescer e aparecer.

 

E então gostaram da dica? Quem tiver gostado pode curtir outras dicas no post: “Há flores em tudo o que vejo” e depois ir providenciar o material para no final de semana reunir a família para “trabalhar” e se divertir bastante!