Uma hitória sem pé nem cabeça

Que tal uma leitura diferente? Este livro inicialmente chamou a minha atenção só pelo fato de ter sido escrito e ilustrado por duas pessoas que fazem um lindo trabalho, Luciano Pontes (que é escritor, ator (da Cia Meias Palavras) e palhaço do programa Doutores da Alegria, preciso dizer mais alguma coisa?) e André Neves (ilustrador e escritor premiado, suas histórias me tocam profundamente e o mais importante nos levam a reflexões e seus desenhos possuem um traço e personalidade que já é referência marcante aqui em casa)! Mas é claro que isto não é bastante para que o livro seja bom!

 

Uma história sem pé nem cabeça é um livro leve e divertido, que faz com que possamos colocar as crianças para refletirem sobre o ato de escrever… “Para que serve uma história?” para muitas coisas… É uma forma de tornar o ato de escrever simples e acessível para todos, afinal você não precisa escrever dentro de nenhum “molde preestabelecido” você pode escrever simplesmente “uma história sem pé nem cabeça” e ela ser muito boa! E quando a ilustração casa perfeitamente, e texto e imagem se completam, se confundem? A sintonia é tanta que parece que foi feito tudo junto e misturado, sem pé nem cabeça, mas com muito coração e sentido. Muito bom!!!!

 

Não vou falar mais nada, quero que vocês leiam, se encantem e espalhem leitura pelo mundo!!!!  Mas como não consigo ficar quieta vou terminar com um trechinho do livro:

 

“Existe história para tudo no mundo. Há as histórias celestiais, siderais e terrenas. Histórias que saem da cabeça, do pé, da boca e do coração.”

 

 

Sinopse:

Uma história sem pé nem cabeça não tem nada de ‘sem pé nem cabeça’. É uma narrativa muito clara, lúdica, poética, sobre a arte de escrever uma história. Rompe com os paradigmas que estabelecem que uma história deve ter começo, meio e fim; que deve começar com ‘Era uma vez’; que deve ter uma função específica. As histórias simplesmente existem e servem pra encantar, acalentar, ensinar e, sobretudo, pra ‘levar e elevar o leitor’, nas palavras do autor. O texto é enriquecido pela ilustração, que o complementa com perfeição. Luciano Pontes (que mora em Pernambuco) e André Neves (que mora em Porto Alegre) são grandes amigos. Apesar da distância, os dois fizeram juntos este livro, que reflete a sintonia e afinidade entre eles. Quem sai ganhando é o leitor, sendo premiado com um texto inteligente e uma ilustração criativa.

 

Ficha Técnica:

 

Livro: Uma hitória sem pé nem cabeça

Autor: Luciano Pontes

Ilustração: André Neves

Editora: Paulinas

Indicado: para crianças a partir de 6 anos

O que os olhos não veem

Em época de eleição encontrei, por acaso no acervo da Biketeca, um livro que pode ser lido com os pequenos e através de sua história explicar um pouco sobre alguns valores importantes na política. Mas dependendo do ponto de vista podemos também abordar o tema: “tamanho não é documento”. Quero que vocês leiam, mas para tentar explicar um pouco vou detalhar um pouco este livro…

 

A história gira em torno de um Rei que está com uma doença gravíssima, ele só consegue ver e ouvir as pessoas grandes e a doença logo se espalhou e todo o seu conselho e assessores  também adoeceram e estavam sofrendo do mesmo mal. E por conta disso o povo que era composto por pessoas pequenas, foi ficando excluído e deixado de lado. Mas diante de tanta indignação o povo se uniu e perceberam que sozinhos poderiam não ser ouvidos, mas juntos eram fortes! uma boa lição de que a união faz a força. E que unido o povo tem um grande poder!

 

E podemos ainda olhar pelo lado daquelas crianças que não gostam de se relacionar com os mais novos, os “pirralhos” e “bobinhos” e através da história mostramos que tamanho não é tão importante quando estamos sós. Então é isso, espero que leiam, gostem e discutam com seus filhos!

 

 

Sinopse:

Os súditos nunca são vistos pelos gigantes que mandam e desmandam naquele reino. Mas, um dia, os oprimidos se unem e, usando de muita perspicácia, obrigam o rei a enxergá-los e a ajudá-los. Firmando-se no ditado popular “O que os olhos não veem o coração não sente”, a história questiona o autoritarismo e mostra o que acontece quando os governantes não trabalham com e para o povo.

 

Democracia e liberdade são bens difíceis de conquistar, mas talvez sejam ainda mais difíceis de manter. Pois sempre haverá sapos querendo fingir-se de reis , ou governantes autoritários que ignoram as verdadeiras necessidades do seu povo. E isso é assunto para criança? A maneira como as histórias desta série têm sido recebidas por mais de uma geração provam que sim!

 

Ficha Técnica:

Livro: O que os olhos não veem

Autora: Ruth Rocha

Ilustração: Carlos Brito

Editora: Salamandra

Indicado: para crianças a partir de 6 anos

Aperte Aqui

Quando conheci este livro, através de uma amiga fiquei, super curiosa com a descrição dela e quando fui vendo o livro, já junto com minha filha foi uma diversão e demos muitas risadas juntas. É um livro de fácil leitura, pouco texto por folha e todo em letra bastão, ideal para as crianças que estão começando a ler!!! Super interativo, ele vai dando vários comandos “que você deve fazer” e a medida que vai virando as páginas surpresas divertidas vão acontecendo, “como num passe de mágica”… Diversão garantida!!!

 

 

Sinopse:

Você nunca viu um livro assim! Faça o que ele pede e tenha muitas surpresas.

 

Ficha Técnica:

 

Livro: Aperte Aqui

Autor: Hervé Tullet

Ilustradora: Hervé Tullet

Editora: Ática

Indicado: para crianças a partir de 2 anos

Terapia do Conto

Esta semana a Dica de Livro infantil está super especial: Terapia do Conto – para curar o coração, é um lindo livro, que comprei bem despretensiosamente e logo na primeira leitura vi que valeu a aquisição. Neste livro encontram-se várias histórias que irão ajudar em algum momento na educação dos nossos pequenos, ou pelo menos a maioria deles. Os temas abordam assuntos como ciúmes entre irmãos, quer seja na chegada de um irmãozinho como também o ciúmes do irmão mais novo pelo mais velho; medo; adoção; e quando o assunto é divórcio, como fica a criança? Ele também aborda este tema e mais outros, sempre de forma leve e com lindas ilustrações.

 

 

Sinopse:

A ideia é que este livro ajude a despertar o curador de seus filhos e alunos para que possam viajar no mundo mágico da imaginação, a terra do faz de conta, onde tudo é possível! Conheça a família dos passarinhos, que ganha um novo membro quando a mamãe passarinho ouve um choro de criança. E Alexandre, o elefante que queria ser elegante. Ah, tem também a história de Clara, a avestruz que tinha duas casas. E muito mais!

 

Ficha Técnica:

 

Livro: Terapia do Conto – para curar o coração

Autor: Paula Furtado

Ilustradora: Carol Juste

Editora: Girassol

Indicado: para crianças de 5 a 8 anos, mas lendo com o acompanhamento de um adulto pode ser lido antes.

Peppa Pig: Minha Mamãe

 

A Dica de hoje é um livro em homenagem ao dia das mães: Peppa Pig, Minha mamãe! Neste livro Peppa, a porquinha mais famosa do momento faz uma apresentação da mãe dela, mostrando as coisas mais legais que a mãe dela faz e tudo o que ela mais ama na Mamãe Pig.

 

Como atividade eu sugiro vocês fazerem com os pequenos livros de apresentação da família, que tal? Peça para o pequeno desenhar ou escrever (vale falar e você escrever)  características e momentos importantes com cada membro da família. Tempos depois pode fazer um novo e será divertido até ver como vai mudar a visão dele em relação às pessoas. E depois você encaderna como sendo o Livro da família! Que tal? Será pelo menos divertido ver estes livros no futuro…

 

Feliz Dia das Mães para todas nós que não temos a paciência da Mamãe Pig, mas temos todo o seu amor!

 

 

Sinopse:

Meu nome é Peppa. Este livro é para minha mamãe. Minha mamãe é inteligente e sabe fazer muitas coisas. (Como, por exemplo, pular nas poças de lama comigo e com o George).

 

Ficha Técnica:

Livro: Peppa Pig: minha mamãe

Autor: Mark Beker, Neville Astley (tradutor: Lenice Bueno)

Editora: Salamandra

Idade:  1 a 7 anos ou mais, vai depender da criança