Turma da Mônica está chegando…

Acredito que a maioria de vocês já esteja sabendo que neste final de semana terão, aqui em Recife, apresentações da Turma da Mônica, não é?! Mas para os que não sabem ou os que sabem apenas isso, aqui vão mais detalhes:

 

 

A Turma da Mônica saiu dos quadrinhos e estão em turnê pelos palcos de todo o país, e desta vez eles virão até Recife, para a nossa alegria. Digo nossa, pois estes personagens também fazem parte da minha infância… E não poderia ser diferente, a baixinha gorducha e dentuça completou 50 anos!

 

Quem for ao teatro irá se divertir com uma historinha divertida e muito educativa também…Tudo começa quando Franjinha inventa uma poção para deixar tudo o que está sujo, limpo e perfumado. Mas, acontece que a Turminha aparece e é claro que criaram a maior confusão…

 

Com criação e produção dos Estúdios Maurício de Souza, o espetáculo “Turma da Mônica – Um plano para salvar o Planeta” com certeza irá encantar a todos! Nele poderemos ver de pertinho alguns personagens muito queridos, como: Mônica, Magali, Cebolinha, Cascão, Chico Bento, Franjinha e a participação super especial da Dorinha,uma personagem deficiente visual.

 

 

Serviços:

Espetáculo: Turma da Mônica – Um plano para salvar o Planeta

Local: Teatro da UFPE

Data: 03/05/13 – apresentação exclusiva para as escolas; 04 e 05/05/13 – para o público em geral.

Horário: 03/05/13 às 16:30h; 04 e 05/05/13 às 17:00h

Ingressos: 03/05/13 – Preço Único: R$30,00; 04 e 05/05/13 – Platéia: R$100,00 (inteira) e R$50,00 (meia) – Balcão: R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia).

Locais de Venda: Bilheteria do Teatro, Lojas Esposende (Shoppings Recife, Tacaruna e Rio Mar) e no site www.ingressorapido.com.br

 

OBS: E o melhor de tudo: teremos sorteio de um par de ingressos (1 adulto e 1 meia) para a apresentação da sexta feira!!! Confiram em nossa fanpage e participem!!

Le Petit: Grandezas do Ser

E neste final de Semana tem mais Estreia em nossos Teatros…  Desta vez é o Espetáculo Le Petit: Grandezas do Ser!

 

 

Nesta montagem a Cia Circo Godot de Teatro apresenta um universo fabular em que a corrida contra o relógio, a fidelidade a um amigo doente e o medo da solidão são os princípios para ações que fundam uma narrativa lúdica e poética. A peça acontece como um filme mudo, sem o uso da palavra, com uma trilha sonora minimalista percorrendo o trabalho do começo ao fim, e propõe uma diversidade de imagens, sonoridades e situações.

 

Em cena, o ator italiano Damiano Massaccesi e três manipuladores. Mesmo sem ter uma única palavra pronunciada, o espetáculo diz muito ao público: sobre o viver, morrer e aprender a ser verdadeiramente companheiro do outro. Para fazer prevalecer uma atmosfera alegre e lúdica, Le Petit lança mão de todo um arsenal de ações, como malabares, equilibrismos, mágicas, acrobacias e brincadeiras.

 

Contemplado com o Prêmio FUNARTE Myriam Munis de Teatro, este espetáculo é o terceiro trabalho da Cia de Circo Godot de Teatro. A peça estreou em grande estilo, integrando a programação da 3ª Mostra Marco Camarotti. Após essa curta temporada realizada em Recife, a peça segurá em turnê pela Itália, você não pode perder…

 

Serviços:

Espetáculo: Le Petit: Grandezas do Ser

Local: Teatro Hemílio Borba Filho (Rua do Apolo, 121 – Recife)

Data: Sábados e Domingos de Abril/2013

Horário: 16:00h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Informações: 81. 3424-5429

OBS1: Indicado para Crianças a partir de 8 anos

OBS2: No os dias 11, 18 e 25 de abril haverá apresentações gratuitas e com audiodescrição para escolas da rede pública. O agendamento deve ser feito pelo telefone 81. 9783-3240.

 

Ficha Técnica:

Direção: Quiercles Santana

Dramaturgista: Ana Paula Sá

Ator: Damiano Massaccesi (Ator)

Manipuladores: Andrezza Alves, Flávia Fernanda, Rafaela Fagundes

Audiodescrição: Andreza Nóbrega e Liliana Tavares

Atirador Crítico de Sandálias: André Casaca e Dante Leonel

Direção Musical: Kleber Santana

Direção de Arte: Ana Paula Sá, Andrezza Alves, Quiercles Santana

Iluminação: Luciana Raposo

Preparação de Clown: Andre Casaca

Preparação de Capoeira: Mestre Dendê

Preparação de Yoga: Swami Munindra Mohan

Programação Visual: Claudio Lira

Residência Artística e Pedagógica: Espaço Fiandeiros e SESC /PE

Assessoria de Imprensa: Moretti Cultura e Comunicação

Produção: Andrezza Alves

Realização: Companhia Circo Godot de Teatro

Estreia no Teatro: Era Uma Vez!

Neste mês de abril poderemos conferir um espetáculo que reúne três clássicos fabulosos que ainda conta com a narração do duende da floresta que ajudará as crianças a desvendar todos os mistérios.

 

 

Os clássicos citados no Espetáculo são:

 

Dona Baratinha que sempre gosta de tudo muito limpinho e arrumadinho, em uma das faxinas na sua casinha achou uma moeda e pensou que, estando rica, poderia se casar. Então, se arrumou e foi para a janela procurar um noivo. Muitos candidatos apareceram; o cachorro, o gato, o pato, mas o ratinho foi o escolhido. A noiva chegou na igreja, mas o ratinho não apareceu. Ela acabou desistindo do casamento. O noivo? De tão guloso, tinha caído na panela de feijão. Muita diversão está garantida com esta festa de casamento que acabará em muita diversão.

 

Uma menina chamada Chapeuzinho Vermelho foi visitar sua avó que morava distante e estava doente. Sua mãe queria notícias da velha senhora e mandou a filha fazer-lhe uma visita, levando alguns doces. O caminho era longo e passava por uma floresta. Matreiro o Lobo-Mau, dizendo ser o guarda da floresta abordou a menina no caminho, fingindo ser amigo, pois sua intenção era comer a neta e a avó. Ao chegar à casa da avó Chapeuzinho Vermelho foi tomada de surpresa, pois achou-a um tanto diferente de como a conhecia. O Lobo-Mau já tinha comido a velhinha e vestido sua roupa, metendo-se em sua cama esperava para dar o bote final na menina. Vamos ter momentos de ternura, medo, alegria e muita diversão ao embarcar nesta aventura.

 

 João e Maria, filhos de um pobre lenhador, que em acordo com a esposa, decide largá-los na floresta porque a familia não tem mais condições de mantê-los. No caminho pela floresta João e Maria espalham migalhas de pão. As migalhas, acabam sendo comidas pelos pássaros e com isso acabam perdidos na floresta, onde as crianças encontram uma casa feita de doces e, com fome, começam a comer as guloseimas. São então recolhidos pela dona da casa que se revela uma bruxa. Ela planejava engordar as crianças para depois comer de sua carne. Enquanto João se alimentava e aos poucos engordava, Maria trabalhava na casa para depois ser a próxima. Porém, espertas, as crianças descobrem o plano da bruxa e a enganam jogando-a dentro do próprio forno, muito mistério envolve este conto.

 

 

Ficha Técnica:

Direção e adaptação: Hugo Raffael

Coreografias: Rodrigo Motta

Cenógrafia: Silva Filho

Fotografias: André Couto

Realização: RS produções

 

Serviços:

Espetáculo: Era uma vez

Data: domingos de abril (07 a 28/04/2013)

Hora: 11:00h

Local: Teatro Valdemar de Oliveira

Ingressos: R$: 50,00 (inteira) / R$:25,00 (meia)

Informações: 81. 3222-1200/ 8786-5971

Toy Story – no Teatro

Neste mês de Março os personagens do Toy Story chegarão em Recife para fazer duas apresentações no Teatro Guararapes. Você não pode perder!

 

 

É uma peça que promete mexer com a sua estrutura. Toy Story no Teatro com muita música, dança e aventuras vai deixar você e seus filhos encantados.

 

Serviços:

Espetáculo: Toy Story (adaptação dos filmes)

Local: Teatro Guararapes (Centro de Convenções)

Data: 17/03/13 (domingo)

Horário: 15:00h e 17:30h

Valor: Platéia – R$60,00 (inteira) e R$30,oo (meia)/ Balcão – R$50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Vendas: Ingresso Rápido, Lojas Esposende e na Bilheteria do Teatro

Informações: 81. 3435-1116

Janeiro de Grandes Espetáculos – 2013

O Janeiro de Grandes Espetáculos – Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco é um dos maiores eventos das artes cênicas em terras pernambucanas e do Brasil, em pleno mês de férias. A 19ª edição acontecerá de 08 a 27 de janeiro de 2013, não só na capital, Recife, mas também em Olinda e com extensões a dois outros municípios do interior do estado, Caruaru e Arcoverde.

 

O evento é uma realização da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), com programação distribuída em 118 sessões de espetáculos locais, nacionais e internacionais para adultos, crianças e na linguagem do teatro de rua, incluindo shows musicais, além de lançamentos de livros, seminário, debates, mesa redonda, palestras, sarau das artes, workshops, leituras dramatizadas, festas, entrega de prêmios e oficinas.

 

 

PROGRAMAÇÃO PARA O PÚBLICO INFANTIL:

 

1) Tranquilli!!! – Teatro C’art – Castelfiorentino/Itália

Data: 12 e 13 de janeiro (sábado e domingo),

Horário: 17:00h (Sábado) e 19:00h (domingo)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 1:15h | Indicação: livre

Ingresso: R$20,0(inteira) 0 e R$10,00 (meia)
Idioma: não verbal

 

Sinopse:

Direcionado a todas as idades, o espetáculo parte do conceito universal de tranquilidade para fazer rir e refletir sobre o ser humano que vive em função de uma sociedade estressante. Através de um personagem cômico, a obra rompe com o cotidiano frenético revelando seus momentos românticos e poéticos, extraídos do amor pela vida. Paulistano radicado na Itália desde 1995, e com estudos sobre a comicidade não verbal, André Casaca já foi levou este trabalho solo para vários países.

 

Direção e atuação: André Casaca. Assistente de direção: Fabrizio Neri e Teresa Bruno. Efeitos de vídeo: Julio Frediani. Equipamento cênico: Silvano Costagli.

 

2) De Artista e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco – Associação de Teatro de Olinda/ATO – Olinda/PE

Data: 12 de janeiro (sábado)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda/PE).
Duração: 35min | Indicação: livre.
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

A dificuldade de sobrevivência de uma família faz com que a mesma arquitete planos pra ganhar dinheiro, não se importando com os bons costumes, a ética ou a moral. Daí, seus membros inventam loucuras para usufruir de uma aposentadoria e descambam até mesmo para o comércio da religião. O espetáculo deixa como reflexão que não vale a pena usar métodos escusos para se dar bem na vida, e também alerta sobre os direitos dos cidadãos.

 

Texto: Rosário Mendonça. Direção: Coletiva. Elenco: Paula Alves, Sandra Santana, Emerson Diniz, Flávio Henrique, Ivo Rodrigues, Ronaldo Quirino e Alessandro Silva.

 

3) Bolero de 4 – João Rafael e Luiz de Abreu – Salvador/BA

Data: 12 e 13 de janeiro (sábado e domingo)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda) – sábado e Parque Dona Lindu (pátio externo) – domingo
Duração: 16min | Indicação: livre.
Ingresso: GRATUITO

 

Sinopse: Um diálogo entre os princípios da dança contemporânea e as técnicas esportivas de bicicleta BMX para além do acrobático. Esta mistura estética desloca o esporte para o ambiente artístico e vice versa, criando outros significados onde o dançarino/performer pode expressar sentimentos, construir discursos e criar uma linguagem própria. Numa dança circular e crescente, assim como a música utilizada, Bolero de Ravel, de Maurice Ravel, o ciclista retrata de forma poética a história, o relacionamento e a cumplicidade com sua parceira de cena.

 

Concepção e direção: Luiz de Abreu. Intérprete criador: João Rafael. Produção: Jacqueline de Castro. Assistente de produção: Laura Collor.

 

4) Cantarim de Cantará – Dramart Produções – Recife/PE

Data: 13 de janeiro (domingo)

Horário: 17:00h

Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)

Duração: 1:05h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Com trilha sonora ao vivo, este musical infantil de amor à Natureza acompanha a saga de uma frágil Pomba Rolinha que, ao perder sua casa por conta de uma ventania forte, acaba sendo enganada e aprisionada pelo Senhor Urubu Carcará, que lhe prometeu um apartamento de pássaro, com vista para o mar, para a montanha, para onde a vista puder alcançar… Neste drama, ela vai descobrir o valor de poder cantar e voar com liberdade, longe de gaiolas trancadas e junto à passarinhada.

 

Texto: Sylvia Orthof. Direção geral: Margarida Meira e Williams Sant’Anna. Diretora de produção: Socorro Rapôso. Produtor executivo: Deyvson Cavalcanti. Assistente de produção executiva: Daniella Barros. Direção musical: Fábio Andrade. Preparação vocal: Margarida Meira e Fábio Andrade. Coreografia: Black Escobar. Figurino e adereços: Sérgio Ricardo. Cenografia: Silva Filho. Iluminação: Luciana Raposo. Contrarregras: Giane Almeida e Jailson Carlos. Camareira: Giane Almeida. Músicos: Ricardo Teixeira, Fábio Andrade, Valdetaim, Marcos Monte e Natalício. Elenco: Cristina Siqueira, Deyvson Cavalcanti, Sóstenes Vidal, Amom de Assis, Ewerson Luiz, Nazaré Lemos, Nina Melo, Ingrid Almeida, Henrique Lira, Kadydja Erlen e João Neto.

 

5) Luiz Lua Gonzaga – Grupo Magiluth – Recife/PE

Data: 13 de janeiro (domingo)

Horário: 16:30h

Local: Pátio do Mosteiro de São Bento (Olinda/PE)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

Com presença intensa da musicalidade, o espetáculo é antes de tudo uma celebração e tem como mote um conjunto de pessoas que espera a volta da chuva, pelo retorno de um rei e divaga poeticamente sobre questões do ser e viver no Nordeste. Luiz Lua Gonzaga não é uma história com começo, meio e fim, mas uma série de situações poéticas em homenagem ao Rei do Baião, sem pretender-se a realizar uma biografia dele e, sim, ativar questões que estão na sua obra e na memória popular do nordestino.

 

Dramaturgia: Giordano Castro. Direção e iluminação: Pedro Vilela. Direção de arte: Guilherme Luigi e Pedro Toscano. Figurino em couro: Hermeson Souza. Confecção de bonecos: Lucas Torres. Contrarregra: Thiago Liberdade. Produção executiva: Mariana Rusu. Músicos: João Tragtenberg, Pedro Cardoso e Pedro Vilela. Elenco: Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Pedro Wagner e Mário Sergio Cabral.

 

6) Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona – Cia. 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança – Recife/PE

Data: 19 de janeiro (sábado)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 45min | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Nesta farra teatral-circense, a história da dupla cômica Risada e Risadinha, que atua no Circo Brasil. O local passa por uma grande crise financeira e, um dia, acaba pegando fogo. Sem ter onde morar e trabalhar, os dois resolvem juntar o que sobrou e passam a apresentar suas palhaçadas nas ruas e praças, na tentativa de reerguer o circo. Em cena desde 2007 e recheada de reprises e entradas de tradicionais circos brasileiros, a montagem foi concebida a partir da pesquisa “Palhaços Brasileiros – A Formação do Palhaço no Brasil”.

 

Dramaturgia, encenação e preparação de palhaços: Alexsandro Silva. Direção de arte: Eri Moreira e Alexsandro Silva. Pesquisa e concepção de maquiagem: A Cia. Concepção e execução de iluminação: Cindy Fragoso. Confecção de cenário: Seu Jairo. Confecção de figurinos: Maria Lima. Técnicas: Jerlâne Silva. Produção executiva e preparação corporal: Arnaldo Rodrigues. Assistência de produção: Cyndi Fragoso. Sonoplastia ao vivo: Flávio Santana e Davison Weslley. Produtores e atores-palhaços: Alexsandro Silva e Arnaldo Rodrigues.

 

7) Besteiras (As Aventuras de um Giullare Moderno) – Cia. Circo Godot de Teatro – Filottrano/Itália e Recife/PE/Brasil

Data: 19 de janeiro (sábado)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda/PE)
Duração: 50min | Indicação: livre
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

Um trovador popular moderno ganha a vida recreando o público com jogos de mão, equilibrismo e mímica. Como no período medieval, andando de vila em vila, por feiras e castelos, ele traz em suas malas espetáculos, números circenses e histórias variadas. Cantando e tocando instrumentos musicais, oferece com muita graça a poesia do artista da estrada viva ao longo de séculos.

 

Intérprete criador, ideia original e sonoplastia: Damiano Massaccesi. Encenação: Damiano Massaccesi e Quiercles Santana. Assistência de direção: Andrêzza Alves. Direção de arte: O grupo. Produção executiva: Andrêzza Alves e Ana Paula Sá.

 

8) Seu Rei Mandou… – Cia. Meias Palavras – Recife/PE

Data: 20 de janeiro (domingo)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 40min | Indicação: a partir dos 06 anos
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Inspirado pela tradição oral, o espetáculo narra, com música ao vivo, muito humor e poesia, a trajetória de tirania, bravura, esperteza e bonanças de três reis através das histórias “A Lavadeira Real”, “O Rato Que Roeu a Roupa do Rei” e “O Rei Chinês Reinaldo Reis”. Todas recontadas e criadas pelo escritor, ator, palhaço, bonequeiro e contador de histórias Luciano Pontes, pesquisador deste ofício desde 2005, acompanhado pela flauta e tambor do músico Gustavo Vilar.

 

Criação, adaptação, concepção, figurinos, produção executiva e intérprete: Luciano Pontes. Pesquisa musical, composição e arranjos: Gustavo Vilar e Luciano Pontes. Costureira: Xuxu. Sapatos: Jailson Marcos. Iluminação: Luciana Raposo. Músico: Gustavo Vilar.

 

9) As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças – Cia. Animée – Recife/PE

Data: 26 de janeiro (sábado)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 50min | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00.

 

Sinopse:

As Levianas é uma banda de palhaças que canta e toca ao vivo um repertório especialmente para a criançada. Entremeado de gags, atrapalhadas e algumas interações, Aurhelia, Baju, Mary En e Tan Tan, as quatro palhaças, aos poucos subvertem a ordem no sentido de que a boa desordem é sempre bem vinda! Com canções como “Biquini de Bolinhas Amarelinho”, “La Vaca Lola”, “O Sapo” e parte do repertório do desenho animado “Alvin e os Esquilos”, o quarteto constrói o show a partir do humor leve e irreverente.

 

Direção, pesquisa musical, figurinos, maquiagem e encenação: Cia Animée. Co-direção: Hilary Chaplain (EUA). Assessoria artística e de criação: Enne Marx. Iluminação: Saulo Uchôa. Técnico de som: Getúlio Chaves. Atrizes palhaças: Enne Marx, Juliana de Almeida, Nara Menezes e Tâmara Floriano.

 

10) A Fantástica História do Rei Leão Com o Palhaço Chocolate – Gugga Macel & Companhia do Riso e Chocolate Produções – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 10:00h

Local: Teatro Boa Vista (Colégio Salesiano)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 40,00 e R$ 20,00

 

Sinopse:

Com participação do Palhaço Chocolate, o espetáculo musical conta as aventuras do nascimento do pequeno Leãozinho, familiarizando-se com a selva e as surpresas que a vida lhe reserva, como enfrentar a inveja do tio e hienas inimigas. Com a ajuda do pai, ele vai aprender valores – como ter respeito pelo ciclo da vida e pela natureza – e lições sobre coragem, bravura, ternura e humanidade. Tudo para, um dia, ser um bom rei. Os personagens são bonecos humanoides (leões e leoas, hienas, pássaros, zebras, girafas, antílopes e elefante).

 

Adaptação teatral: Gugga Macel. Direção, cenários e figurinos: Roberto Costa. Coreografias: Clóvis Bézer Iluminação: Triana Cavalcanti. Elenco: Ulisses Dornelas, Clóvis Bézer, Ruanita Barbosa, Hemerson Moura, Tâmara Dornelas, Pablo Souza, Luciano Lucas, Petrus Poyreh, Zanel Reis, Mônica Vilarim, Eddy Santos, Augusto Neves, Marília Santana e vozes adicionais de Tatto Medinni, Flávio Andrade e Priscila Cheron.

 

11) Os Três Porquinhos – Pedro Portugal e Paulo de Castro Produções – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 17:00h

Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Em cartaz há 20 anos ininterruptamente, este divertido musical infantil mostra as aventuras de três porquinhos, Prático, Cícera (sim, há uma porquinha!) e Heitor, às voltas com um terrível e faminto Lobo Mau, mestre em disfarces. Numa floresta onde fantasia e realidade confundem-se, enquanto Prático, o mais sensato dos três, constrói sua casa com tijolos e cimento, seus irmãos, Cícera e Heitor, de tanta preguiça, levantam casas de palha e madeira. A trama mostra que viver sem pensar no futuro pode trazer desconforto e vários problemas.

 

Texto: Reginaldo Silva. Direção e cenário: Cleusson Vieira. Músicas: Allan Sales. Figurino: Henrique Celibi. Diretor técnico: Claudiney Castro. Elenco: Mário Miranda, Maria de Oliveira e Cleusson Vieira.

 

12) Babau ou A Vida Desembestada do Homem Que Tentou Engabelar a Morte – Mão Molenga Teatro de Bonecos – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 16h:00

Local: Teatro Hermilo Borba Filho
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Espetáculo de teatro de bonecos e formas animadas para todas as idades, que ilustra o processo de criação dos mamulengueiros de Pernambuco, mostrando suas técnicas, a importância e a graça da arte do mamulengo e a difícil realidade na qual os mestres populares estão inseridos. No enredo, o Babau é um boneco que passa de geração em geração pelas mãos dos brincantes, personagem satírico que consegue enganar a morte numa situação inversa a de seus manipuladores, muitos dos quais morrem esquecidos e miseráveis.

 

Texto: Carla Denise. Direção cênica e direção de arte: Marcondes Lima. Bonecos: Atelier do Mão Molenga e Oficina do Mestre Zé Lopes. Músicas: André Freitas. Iluminação: Sávio Uchôa. Execução de luz: Pedro Vilela. Execução de som: José Neto. Elenco: Marcondes Lima, Fábio caio, Carla Denise, Fátima Caio e Andrêzza Alves.

 

 

CENTRAL DE VENDAS DE INGRESSOS:

Fone: 81. 8512-1258
Bilheteria no Teatro de Santa Isabel
Período: 09 a 27/01/13
Horário: das 9:00h às 16:00h

Vendas antecipadas para os espetáculos que acontecerão nos teatros Marco Camarotti, Hermilo Borba Filho, Luiz Mendonça, Barreto Júnior, Apolo, Arraial e Capiba.

Para programação no Teatro de Santa Isabel, vendas antecipadas, a partir das 9:00h, na bilheteria do teatro.

Para os teatros Valdemar de Oliveira, Boa Vista, Rui Limeira Rosal e Geraldo Barros, vendas somente no local 2 horas antes da apresentação.