Na Mancha ninhguém me pega

Crédito das Fotos: Gustavo Bettini /Divulgação

Crianças não brincam de brincar, brincam de verdade” Mário Quintana

 

A Em Cena Arte e Cidadania estreia esta semana, no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro, o espetáculo “Na Mancha Ninguém Me Pega“, uma releitura da primeira apresentação feita pelo grupo em 2002. Quinze anos depois, e o tema central continua cada dia mais necessário: as brincadeiras infantis são colocadas em palco de forma envolvente e divertida. Na Mancha Ninguém Me Pega provoca o entusiasmo pelo universo do brincar, pela liberdade e alegria que as crianças precisam ter.
As 19 bailarinas são crianças e adolescentes que fazem parte da Associação Em Cena Arte e Cidadania, no bairro dos Coelhos. Na apresentação, parlendas, charadas e brincadeiras de rua se entrelaçam aos movimentos da dança. Para a releitura, o espetáculo, que tem duração de 50 minutos, ganhou novos cenário, figurino, plano de luz e trilha sonora.
Batatinha 1 2 3, passa anel, cabra-cega, estrelinha, adoleta, guerreou, estátua, boca de forno, esconde-esconde, pega-pega, lagarta pintada, amarelinha, cama de gato, roda, bambolê, são algumas das brincadeiras que o espetáculo traz em cena, com direção e coreografia de Maria Paula Costa Rêgo, figurino e cenário criados por Walther Homes, trilha sonora de Berna Vieira, Gabriel Melo e Irandê Naguê.
Para promover a inclusão social, duas apresentações do espetáculo serão feitas com tradução em libras. No sábado (26/11), as 16h e no domingo (27/11), as 10h.
Na Mancha Ninguém Me Pega tem incentivo do Funcultura PE (Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura), e a associação Em Cena Arte e Cidadania tem apoio de pessoas físicas, empresas, e do Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente.
A Em Cena Arte e Cidadania é uma associação civil sem fins lucrativos, com sede no bairro dos Coelhos, em Recife, e que desde 1998 atua no ensino de dança para crianças e adolescentes. Entre os espetáculos já montados estão Na Mancha Ninguém Me Pega (2002-2004), Estações: Uma História de Amor Impossível (2003), O Quebra Nozes no reino do meio dia (2005)-2008), Amanhã é Depois, hoje é brinquedo (2011-2012) e Disse Me Dança (2013, 2014,2015).
Serviço:

Local: Teatro Marco Camarotti (Sesc Santo Amaro, na Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife)
Programação:

19/11 – sábado | 16h
20/11 – domingo | 10h e 16h

26/11 – sábado | 16h
27/11 – domingo | 10h e 16h

04/12 – domingo | 10h e 16h

Informações: 81. 3216-1728
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00  (meia)
Apresentações com Tradução em Libras (26/11, as 16h), e 27/11 (as 10h).
Os ingressos estão à venda no site https://www.eventic.com.br/na-mancha-ninguem-me-pega (cartão) e na bilheteria do Teatro, uma hora antes do espetáculo (pagamento em dinheiro).
Ficha Técnica

Realização: Em Cena Arte e Cidadania

Direção e coreografia: Maria Paula Costa Rêgo

Assistentes de Direção e Ensaios: Mieja Chang e Ketully Leal
Elenco: Alana Luiza, Ana Clara Kirsten, Andreline Evangelista, Anna Terra, Dênia Delany, Eduarda Lima, Emilly Flávia, Emylin Lopes, Geovana Nascimento, Gersanita Gomes, Jamilly Rayssa, Ketully Leal, Lara Rafaelly, Miriam Santana, Naise Nascimento, Rebecka Helena, Rebeka Thamilis, Suely Vicente e Thâmara Lima.
Cenário e Figurino: Walther Holmes
Trilha sonora: Berna Vieira, Gabriel Melo e Irandê Naguê
Operação de som: Marcelo Nascimento
Iluminação: Luciana Raposo

CONTATO:
Betânia Gonçalves – coordenadora da Associação Em Cena Arte e Cidadania – (81)99601.4500 / 8688.4500
A Bela e A Fera

Sou suspeita para falar, pois esta história é a minha preferida, de todas as princesas e as produções do diretor Billy Bond são sempre um arraso, então já estou ansiosa para assistir!!!!

 

Uma das mais fascinantes histórias de amor da literatura infantil chega ao Nordeste. O musical “A Bela e a Fera”, inspirado no conto original de Jeanne Marie Leprince e com direção nacional do italiano Billy Bond, apresenta-se em três sessões no Teatro RioMar Recife, nos dias 21 e 22 de maio. Antes, o espetáculo passa por Fortaleza, dias 07 e 08, no Teatro RioMar Fortaleza, e Natal, 14 e 15, no Teatro Riachuelo. A realização é da Black & Red Produções, Opus Promoções e Ministério da Cultura. Os ingressos já estão à venda a partir de R$ 25 (serviço abaixo).

 

Desde sua estreia, em 2009, o musical já emocionou quase um milhão de espectadores no Brasil, Argentina, Chile e Peru. Com diálogos e trilha cantados em português, a montagem apresenta uma superprodução com efeitos de iluminação, recursos de gelo seco, levitações, ilusionismo e uma infinidade de equipamentos que fazem a plateia ter a sensação de integrar a peça. São 200 profissionais envolvidos, quatro cenários principais e mais de 180 figurinos.

 

Billy Bond, um dos maiores diretores de musicais em atividade no Brasil, responsável por produções como After de Luge, Rent, Mágico de Oz, Lês Miserables, O Beijo da Mulher Aranha, Pinocchio, Branca de Neve, Natal Mágico e Cinderella, entre muitas outras montagens, procura estimular os jovens e crianças a refletir. Assim como Madame Jeanne, que se preocupava com a essência do ser humano e queria que os jovens aprendessem a ouvir seus corações.

FICHA TÉCNICA

Direção geral e adaptação de texto: Billy Bond

Direção de dramaturgia: Marcio Yacoff

Arranjos e direção musical: Vila/Bond

Adereços e próteses: Gilbert Becoust

Diretor vocal: Santiago Lemmos

Coreografia: Nancy Guedes

Cenográfica: Paul Veskasky Cyrus Oficinas

Figurinos: Isabela Teles

Make up artist: Beto França

Som: Jefferson Silva

Luz: Sandro Moreira

Direção técnica: Angelo Meirelhes

Direção geral de produção: Andrea Oliveira

 

MINISTÉRIO DA CULTURA apresenta A BELA E A FERA

Lei Federal de Incentivo à Cultura
Realização: Black & Red Produções, Opus Promoções e Ministério da Cultura, Governo Federal – Brasil Pátria Educadora

SERVIÇO
“A Bela e a Fera”
Dia 21 de maio (sábado), às 15h e 18h

Dia 22 de maio (domingo), às 15h
Teatro RioMar Recife
: Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping

Duração: 1h40 minutos
Classificação livre

INGRESSOS
Balcão Nobre: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Plateia Alta: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
Plateia Baixa: R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia)

 

Canais de vendas oficiais:
Bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, e domingos e feriados, das 14h às 20h)
Vendas online: www.ingressorapido.com.br

Televendas: 4003-1212

- 50% de desconto na compra de até 02 ingressos por assinante titular do Jornal do Commercio, mediante apresentação da carteira do JC Clube e documento de identificação com foto. Desconto válido apenas para vendas na bilheteria do teatro;

- 50% de desconto para titulares do Cartão Alelo Cultura, na compra de um ingresso, pago com o Cartão Alelo Cultura (vale-cultura), adquirido somente na bilheteria do Teatro RioMar Recife – limitado a 100 ingressos.

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais em Pernambuco:

- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

- PROFESSORES E SERVIDORES DO SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Estadual de Educação, Carteira Profissional, documento de comprovação de filiação à instituição representativa de professores ou servidores de instituições de ensino. Estão aptos ao benefício os servidores lotados na Secretaria de Educação, Universidade de Pernambuco – UPE, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – FUNDARPE, Conservatório Pernambuco de Música e os servidores lotados nos centros profissionalizantes SECTMA – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

Seu Rei Mandou…

O espetáculo Seu Rei Mandou estreia, neste final de semana, mais uma temporada no Teatro Marco Camarotti, aqui em Recife: IMPERDÍVEL!!!!!!! Sou suspeita para falar, pois adoro o trabalho de Luciano, mas acho que realmente vale a pena ir assistir e comprar os livros, que são lindos! #JaFui e #VouDenovo. É um espetáculo leve e divertidíssimo, que consegue entreter os públicos adulto e infantil!

 

Foto: Lana Pinho

 

A peça é reflexo da ampla pesquisa que Luciano Pontes desenvolve há anos sobre tradição oral, narração e contação. Com histórias que tratam do universo fabuloso dos reis, através de releituras cômicas e poéticas, ora críticas, mas sempre lúdicas, Seu Rei Mandou recupera o prazer em ouvir histórias e devolve ao público o rico imaginário dos contos populares. O espetáculo promove um diálogo entre a contação de histórias, a música e o teatro de formas animadas, para falar da trajetória de tirania, bravura, esperteza e bonanças de três reis. Três contos são levados ao palco: A Lavadeira Real, O Rato que roeu a Roupa do Rei de Roma e O Rei chinês Reinaldo Reis.

 

O espetáculo Seu Rei Mandou, da Cia Meias Palavras, faz nova temporada a partir deste sábado (16) até o dia 28 de maio, no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro. As apresentações são aos sábados e domingos, sempre às 16h, com ingressos custando R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). Há quatro anos no repertório da companhia, a montagem tem texto, direção, figurinos e atuação de Luciano Pontes, acompanhado no palco pelo músico Gustavo Vilar.

 

Uma das novidades dessa temporada, que conta com o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), é que as crianças (e também os pais) poderão não só assistir ao espetáculo, mas ainda ler os contos que deram origem à peça. O livro Seu Rei Mandou, lançado em outubro do ano passado, poderá ser adquirido no teatro, ao preço popular de R$ 20,00. O título, que marcou a estreia do selo editorial Edições Meias Palavras, foi escrito e ilustrado por Luciano Pontes. O projeto gráfico é uma parceria entre o dramaturgo e a designer Hana Luzia.

 

Durante a temporada, a Cia Meias Palavras realiza também o Espaço Itinerante de Leitura nos Teatros, um projeto de incentivo à leitura. No foyer do teatro, antes de cada sessão, o grupo instala um espaço para leitura partilhada de livros que serviram de inspiração para suas criações ou que tenham uma ligação temática com o enredo apresentado nos espetáculos da companhia. O acervo sobre histórias de reis reúne 27 títulos, composto para o espetáculo Seu Rei Mandou. O projeto conta ainda com mais de 30 livros sobre oralidade, causos, cordéis e contos populares, utilizados para o espetáculo As Travessuras de Mané Gostoso.

 

Sobre a Cia Meias Palavras

 A Cia Meias Palavras surgiu em 2012, por iniciativa de Luciano Pontes, com a intenção de pesquisar e criar espetáculos a partir da tradição oral, dos contos populares e das linguagens teatrais. Em sua trajetória, a Companhia montou os espetáculos Seu Rei Mandou e As Travessuras de Mané Gostoso, desenvolvendo ainda o projeto Espaço Itinerante de Leitura nos teatros que receberam as peças.

Em 2015, a companhia realizou o Projeto Pense no Drama, com oficinas, conversas e leituras sobre a dramaturgia para crianças. Há ainda o projeto Histórias de Porta em Porta, com sessões de histórias autorais contadas de casa em casa, em comunidades.

No ano passado, a Companhia decidiu investir na literatura e na dramaturgia, lançando o selo editorial Edições Meias Palavras, com a publicação dos contos que deram origem ao espetáculo Seu Rei Mandou.

 

Foto: Lana Pinho

 

Sobre Luciano Pontes

Ator, escritor, ilustrador, dramaturgo e palhaço do Programa Doutores da Alegria no Recife. Possui formação livre em teatro e dança. Atuou no Mamulengo Só-Riso durante oito anos. Criador da Cia Meias Palavras, escreveu os livros infantojuvenis: Ouvindo as Conchas do mar, uma história sem pé nem cabeça, O carrossel do tempo, Disse me disse e Belizbel, todos pela Editora Paulinas, além dos títulos Deslembra, pela Editora Larousse Lafonte, e Em Briga de irmãos quem dá opinião?, pela editora FTD. Para teatro, escreveu os textos Seu Rei Mandou…, publicado pelo selo editorial Edições Meias Palavras, e As Travessuras de Mané Gostoso.

Quem conhece vira fã, sou suspeita para falar kkkkk

 

Serviço:

 Seu Rei Mandou

Quando:De 16 de abril a 28 de maio, aos sábados e domingos, às 16h

Onde: Teatro Marco Camarotti – SESC Santo Amaro (Rua Treze de Maio, 455,Santo Amaro)

Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

Informações: 81. 3216-1728

 

Ficha técnica Seu Rei Mandou:

 Criação, adaptação e concepção: Luciano Pontes

Intérprete: Luciano Pontes

Músico: Gustavo Vilar

Pesquisa musical, composição e arranjos: Gustavo Vilar e Luciano Pontes

Figurinos: Luciano Pontes

Iluminação: Luciana Raposo

Produção: Cia Meias Palavras

12º Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco

 

E julho chegando significa que vai começar também mais uma edição do Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco!!!!

 

De 04 de julho a 02 de agosto, teremos espetáculos sempre aos sábados e domingos espalhados em vários teatros.Os espetáculos são sempre às 16:30h e os ingressos custam R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) Informações: 3088-6650

 

 

Festival Palco Giratório

 

Neste último sábado começou a 8ª edição do Festival Palco Giratório que acontece até 31 de maio, em seis teatros da capital pernambucana. Este ano, o evento traz para a cidade 36 espetáculos de 15 estados, além de atividades formativas. Promovido pelo Sesc, a edição de 2014 apresenta como um dos destaques da programação os espetáculos para a infância e juventude – com oito apresentações entre musicais, teatro de objetos, teatro de bonecos e comédias.

 

17/05/14

Louça Cinderella – 16:00h e 17:00h – Teatro Capiba (Sesc Casa Amarela)

 

18/05/14

Xirê das Águas – 16:00h e 17:00h – Teatro Capiba (Sesc Casa Amarela)

 

Xirê das Águas

 

Cordelina – 20:00h – Teatro Marco Camarotti (Sesc Santo Amaro)

 

 

24/05/14

O segredo da arca de Trancoso – 17:00h – Esplanada do Parque Dona Lindu

 

 

25/05/14

Como a Lua – 16:00h – Teatro Barreto Junior (Pina)

 

 

31/05/14

Trueque – 16:00h – Teatro Marco Camarotti (Sesc Santo Amaro)

 

Confiram a programação completa aqui!

 

Serviços:

 

Evento: 8ª edição do Festival Palco Giratório

Data: 08 até 31 de maio de 2014

Horário: Ver Programação

Ingresso: R$14,00 (inteira) e R$7,00 (meia entrada)

OBS: Além das bilheterias dos teatros, quem quiser antecipar a compra pode utilizar o site www.ingressorapido.com.br ou ir até um dos pontos de venda no Shopping Rio Mar e no Teatro Marco Camarotti, do Sesc Santo Amaro.

Informações: