Casa Caramujo

Crédito: Guga Melgar

 

A CAIXA Cultural Recife apresenta, entre os dias 5 e 13 de janeiro de 2019, aos sábados e domingos, o espetáculo infantil Casa Caramujo, da CiaTeatro Epigenia, com texto e direção de Gustavo Paso. O espetáculo marca o retorno da companhia ao universo da criança na comemoração dos seus 18 anos de atividade, um caminho marcado pelo reconhecimento de público e crítica.

 

Na temporada de estreia no Rio de Janeiro, em 2017, Casa Caramujo foi vencedor do Prêmio CBTIJ de Melhor Trabalho de Formas Animadas e de Melhor Ator. O intérprete Marcio Nascimento recebeu ainda esse mesmo reconhecimento nos prêmios Zilka Salaberry e Botequim Cultural. Em São Paulo, onde cumpriu temporada recente, o espetáculo ganhou 4 estrelas da revista Veja e foi destaque no jornal Folha de São Paulo.

 

Casa Caramujo experimenta múltiplas técnicas de teatro de animação (manipulação direta, luva, mímica, teatro negro), abordando de maneira lúdica um dos temas mais delicados para se tratar com crianças e adolescentes: a morte. A peça coloca as crianças em contato com os fatos irreversíveis, no mergulho do desconhecido. O texto foi inspirado por uma narrativa de tradição oral escocesa do século XI e aborda o ciclo da vida, fazendo uma contextualização com simbologias que explicam que a continuidade depende necessariamente do convívio com a morte.

 

O enredo apresenta um menino que, ao perceber que poderá perder sua mãe doente, enfrenta a “morte” e consegue aprisioná-la dentro de uma casa de caramujo. Aos poucos, no entanto, o menino e todos os moradores do lugar começam a se deparar com uma realidade difícil: eles não conseguem mais colher frutos, legumes, verduras e nem mesmo pescar, já que a morte foi aprisionada e deixou de agir. Assim, ninguém consegue se alimentar, e o ciclo da vida é quebrado. O menino precisa então mergulhar no fundo das águas e, com a ajuda do Caramujo, resgatar a sua casa e a dona morte.

 

No elenco da montagem estão Luciana Fávero, Marcio Nascimento, Iuri Saraiva, Felipe Frazão e Gustavo Paso. O trabalho de formas animadas é assinado por Gustavo Paso e Eduardo Andrade; os figurinos são de Luciana Falcon; a iluminação é de Paulo Cesar Medeiros; o cenário de Gustavo Paso e Luciana Falcon; e a direção musical de Andre Poyart.

 

Serviço:

Espetáculo infantil Casa Caramujo, com a CiaTeatro Epigenia

Local: CAIXA Cultural Recife –Av. Alfredo Lisboa – Praça do Marco Zero, Bairro do Recife

Data: 5 a 13 de janeiro de 2019 (sábados e domingos)

Horários: sábados (05/01 e 12/01), às 16h e às 18h; domingos (06/01 e 13/01), às 11h

Informações: (81) 3425-1915

Ingressos: R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia-entrada).

Bilheteria: Aberta às 9h do dia 4 de janeiro (sexta-feira) para sessões dos dias 5 e 6; e às 9h do dia 11 de janeiro (sexta-feira) para sessões de 12 e 13

Duração: 60 minutos

Classificação: Indicado para maiores de 6 anos

Capacidade: 80 lugares

Acesso para pessoas com deficiência

Um menino num rio chamado tempo

 

Começa nesta semana, uma curta temporada do espetáculo teatral: “Um menino num rio chamado tempo“. O espetáculo traz na poética do teatro de formas animadas, um menino que parte num rio em busca de seu crescimento. Sonhos, desejos, medos, afetos e a morte são fatores que vão sendo expostos no percurso do rio até chegar às franjas do mar numa grande aventura poética. Atores transformam-se em músicos e menestréis para contar a história de um menino que flui como um rio e se transforma em algo maior, o mar.

 

SINOPSE
                Um menino num rio chamado tempo, é um espetáculo infantil, o qual traz o homem inserido dentro do espaço “tempo”. A morte, a vida, os sonhos, os desejos, a estrada que o homem percorre desde seu nascimento até o findar de sua vida.
 
    A poética consiste em trazer o tempo como um rio, fluído e efêmero. O rio simbolicamente a estrada, o percurso da vida, e o mar o ponto final ou o início de algo maior. O espetáculo utiliza o teatro de formas animadas para contar a história a partir de músicas e poesias, buscando dialogar com a criança, além de despertar sua curiosidade através das simbologias contida na narrativa do enredo.

 

SERVIÇO:

ESPETÁCULO: Um menino num rio chamado tempo.
GÊNERO: Infantil e de formas animadas
DURAÇÃO: 40 min.

INGRESSOS: R$ 20,00 e R$ 10,00.
DIAS:  14 e 21/10/18 ( domingos)
HORÁRIO: 16h.

LOCAL: Teatro Joaquim Cardozo. ( Estacionamento gratuito)

FICHA TÉCNICA:
DIREÇÃO: Miro Ribeiro
DIREÇÃO MUSICAL: Cynthya Dias / Miro Ribeiro
ILUMINAÇÃO: João Victor
ATORES/CONTADORES: Bruna Luíza Barros/ Cynthya Dias/ Miro Ribeiro
ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO: Patrícia Santos/ Narelly Valença
PRODUÇÃO: Grupo Longânime; NUPETI (Núcleo de Pesquisa em Teatro para Infância- UFPE).

Pintando o 7 : Bichos Vermelhos

Foto: divulgação

Neste último final de semana das férias terá o encerramento do Projeto Pintando o 7, programação especial na Caixa Cultural Recife, com a apresentação do espetáculo de teatro de bonecos Bichos Vermelhos, inspirado no livro homônimo da escritora pernambucana Lina Rosa, e dirigido por Adriana Telg. Com duração de 50 minutos, a peça será encenada no sábado e no domingo, pela Cia Pia Fraus, de São Paulo, o espetáculo destaca, com humor e poesia, a preservação da natureza e o risco da extinção de alguns animais da fauna brasileira, que fazem parte de uma lista vermelha divulgada pela União Internacional para a Conservação da Natureza -UICN-. O tamanduá-bandeira, a codorna-buraqueira e o macaco-prego-galego ganharam versões em bonecos, confeccionados por Dino Sato. No espetáculo, três atores manipulam mais de 20 bonecos, com o objetivo de conscientizar o público, de maneira lúdica e suave, sobre a atenção e o cuidado com a natureza e com o meio ambiente que todas as pessoas devem ter.

 

Em 35 anos, a companhia Pia Fraus, que significa, no latim “uma mentira contada com boas intenções”, produziu dezenas de espetáculos, fez turnê em 24 países e participou dos principais festivais nacionais e internacionais de teatro. A companhia, formada por especialistas em teatro, dança, teatro de bonecos e de máscaras, circo e artes plásticas, tem como características marcantes o trabalho com a não-linearidade, o pouco uso da palavra, a força nas imagens e a relação entre o boneco e o ator. A dramaturgia do grupo é assinada por Beto Andreetta, um dos fundadores da companhia.

 

O projeto Pintando o 7 é uma realização da {Fervo} Projetos Culturais, sob a curadoria de Iris Macedo, e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal. Todos os espetáculos são de classificação livre e têm os preços acessíveis e fixos de R$ 10, o ingresso inteiro, e de R$ 5, a meia-entrada. Vale ressaltar que os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria da CAIXA Cultural Recife, sempre a partir das quintas-feiras da semana em que o espetáculo acontece. Clientes e funcionários da Caixa Econômica Federal possuem desconto de 50% no valor dos ingressos.

 

O último workshop da temporada é o de Criação de Bonecos, que acontece no dia 29 de julho, das 15 às 17h, para crianças de 4 a 11 anos e adultos, na sala de oficina 1. Comandado por Beto Andreetta, a oficina tem o objetivo de apresentar formas simples e criativas para adultos e crianças que queiram confeccionar bonecos, a partir de materiais recicláveis, respeitando o meio ambiente e ajudando a ampliar a consciência ecológica e sustentável dos participantes.

 

Serviços:

Atração: Espetáculo Bichos Vermelhos
Quando: sábado (28/07/18) - às 16h e às 18h, e no domingo (29/07/18) às 11h.
WorkShop: 29/07/18, das 15 às 17h, para crianças de 4 a 11 anos e adultos, na sala de oficina 1
Local: Caixa Cultural Recife, Marco Zero – Recife – PE
Ingressos: Espetáculo – R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)
XV Festival de Teatro para crianças

Férias de julho aqui em Recife significa Festival de Teatro para crianças de Pernambuco!!!! E este ano ele está debutando, completando 15 anos de muito sucesso, e claro que eu não poderia deixar de trazer a programação e os detalhes para vocês.

 

E para descentralizar o festival e facilitar o acesso de todos, os espetáculos serão apresentados em 4 teatros: no Teatro de Santa Isabel ; no Teatro Luiz Mendonça – Parque Dona Lindu , no Teatro Barreto Junior e no mais novo espaço cultural do Estado: Teatro Experimental Roberto Costa que fica no Paulista North Way Shopping . Os ingressos serão vendidos pelo preço popular de R$30,00 (inteira) e R$15,00 (criança a partir de 02 anos, estudante e boa idade mediante a apresentação da carteira).

 

Programação

 

30/06 e 01/07/18

Teatro de Santa Isabel – “Os Saltimbancos”

07 e 08/07/18

Teatro de Santa Isabel – As travessuras de mané gostoso

Teatro Luiz Mendonça  - Rapunzel ,um conto enrolado

Teatro Barreto Junior – Era uma vez na Terra Encantada / Violetas da Aurora: o encontro
Teatro Experimental Roberto Costa – O Pequeno Príncipe

14/07/18

Teatro de Santa Isabel – Pinóquio e suas desventuras
Teatro Luiz Mendonça  - Alice no País das Maravilhas
Teatro Barreto Junior – Pocket show: para criança meter o nariz

Teatro Experimental Roberto Costa – Violetas da Aurora: o encontro

21 e 22/07/18

Teatro de Santa Isabel – A Bela e a Fera

Teatro Luiz Mendonça  - Chapeuzinho Vermelho

Teatro Barreto Junior – Assim me contaram, assim vou contando

Teatro Experimental Roberto Costa – Era uma vez no fundo do mar

28 e 29/07/18

Teatro Luiz Mendonça – Aladim, o musical Recife

Teatro Barreto Junior – O segredo da arca de Trancoso

Teatro Experimental Roberto Costa – Alice no país das maravilhas

 

Serviço:
Data: de 30 de junho a 29 de julho de 2018
Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada)
Horário: 16:30h.

Local:

Teatro de Santa Isabel (Praça da República – Santo Antônio – Recife)

Teatro Luiz Mendonça (Av. Boa Viagem – Boa Viagem – Recife)

Teatro Barreto Junior (rua Est. Jeremias Bastos – Pina – Recife).

Teatro Experimental Roberto Costa (Paulista North Way Shopping – Rodovia PE-15 – Centro – Paulista)

Era uma vez no fundo do mar

Neste mês de junho tem estreia infantil da CIA de Teatro Garagem, no Teatro Arraial Ariano Suassuna: Era uma vez no fundo do mar… O espetáculo conta a história de Kiko, um menino que é levado para uma pequena cidade no fundo do mar, se aventurando num universo desconhecido onde só ele pode ajudar seus novos amigos a se livrarem de uma grande ameaça, a poluição.

 

Serviços:

Espetáculo: Era uma vez no fundo do mar

Local: Teatro Arraial Ariano Suassuna (R. da Aurora, 457 – Boa Vista, Recife)

Data: 03, 10, 17 e 24/06/18 e 01, 08 e 15/07/18 (domingos)

Horário: 16:00h

Valor: R$20,00 (inteira) / R$10,00 (meia) a venda no local

Informações: 3184-3057