Janeiro de Grandes Espetáculos 2021

O tradicional festival de teatro que acontece todo começo de ano em Recife, o Janeiro de Grandes espetáculos, virá este ano, num formato especial, terão algumas apresentações presenciais, mas a maioria dos espetáculos serão transmitidos de forma online, é o “novo normal” chegando aos palcos também, será o Janeiro de Grandes Espetáculos Conecta.

 

Hoje 07 d janeiro de 2021 será a abertura, transmitida através do canal do espetáculo no YouTube e da TV Pernambuco, a partir das 19:30h. Gravada no Teatro de Santa Isabel, a cerimônia de abertura irá apresentar as novidades desta nova edição e como de costume, homenagear alguns artistas. E a partir do dia 08 ao dia 29/01/21 haverão várias atividades para todas as idades.

Abaixo relacionarei apenas as atrações voltadas para o público infantil, mas vocês podem conferir também a programação completa no site deles.

 

10/01/21

Espetáculo: Enquanto Godot Não Vem…

Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)

Horário: 19:30h

Duração: 40min

Ingresso: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) – venda online e na bilheteria do teatro no dia do espetáculo

Sinopse:

Misto de palhaço e mágico, o personagem parece uma figura vinda de um cordel que apresenta seu universo de encantamento através das surpresas que vão saindo da sua mala. Trilhas sonoras tipicamente nordestinas animam este encontro, com sotaque matuto. A diversão é garantida para todas as idades.

11/01/21

Espetáculo: Re-Te-Tei

Local: Online

Horário: 16h

Duração: 45min

Ingresso: R$20,00 + R$2,50 (taxa) venda online

Sinopse

Espetáculo de mamulengos que narra uma brincadeira de rua de Chico Catolé, menino brincalhão e mentiroso, criado pelas trigêmeas cantadoras de samba de coco, no Sertão pernambucano. Depois de contar muita mentira e criar uma confusão danada, ele se encontra com a lenda mais temida daquele lugar, o Papa- Figo.

OBS: Este evento acontecerá via Youtube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento.

16/01/21

Espetáculo: Debaixo D’Água

Local: Teatro de Santa Isabel

Horário: 16h

Duração: 50min

Ingresso: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) – venda online e na bilheteria do teatro no dia do espetáculo

Sinopse:

As peripécias de quatro brincantes que dão vida a objetos inanimados. Baldes, garrafas e sacolas viram animais aquáticos e outros despropósitos, em um jogo onde o mais importante é estar junto. Aqui, dança-se a água, sua importância e sua falta, dança-se com suas histórias e seus problemas para que o olhar da criança se atente para suas belezas.

17/01/21

Espetáculo: O espelho da Lua

Local: Teatro do Parque

Horário: 16h

Duração: 50min

Ingresso: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) – a venda no site ou na bilheteria no dia do espetáculo

Sinopse:

Naiá sonha ser estrela e viver a eternidade ao lado do seu amado Araúna – A Lua. Para isso, lança-se numa jornada deparando-se com Atiê, guerreiro, por ela apaixonado, que confundirá seus caminhos para conquistar o amor da jovem indígena.

17/01/21

Espetáculo: O Matuto

Local: Online

Horário: 18h

Duração: 50min

Ingresso: R$20,00 (inteira) – venda online

Sinopse:

Misto de palhaço e mágico, o personagem parece uma figura vinda de um cordel que apresenta seu universo de encantamento através das surpresas que vão saindo da sua mala. Trilhas sonoras tipicamente nordestinas animam este encontro, com sotaque matuto. A diversão é garantida para todas as idades.

OBS: Este evento acontecerá via Youtube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento.

18/01/21

Espetáculo: Salve o Marmulengo

Local: Online

Horário: 16h

Duração: 60min

Ingresso: R$20,00 + R$2,50 (taxa) venda online

Sinopse:

O afilhado do professor Tiridá, James, joga tudo que é lixo na rua. O Mamulengo, em uma viagem lúdica, com objetos reciclados, narra como esse lixo chega ao mar e a destruição que ele causa.

OBS: Este evento acontecerá via Youtube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento.

19/01/21

Espetáculo: Memórias de Emília

Local: Online

Horário: 16h

Duração: 60min

Ingresso: R$20,00 + R$2,50 (taxa) venda online

Sinopse:

As cenas da peça são episódicas e as aventuras situadas inicialmente no Sítio do Pica Pau Amarelo. Lugar onde emergem personagens e histórias que se misturam num mundo encantado e cheio de mistérios.

OBS: Este evento acontecerá via Youtube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento.

Janeiro de Grandes espetáculos 2020

Como sempre o mês de janeiro tem seus palcos repletos de atrações, no festival Janeiro de Grandes espetáculos, então confiram a programação e bom espetáculo! Serão apresentações em vários teatros, por toda a cidade.

 

Domingo 12/01 – 10h

Lelê e Linguiça (Showlândia Produções Artísticas)
Teatro Boa Vista – Recife

Ingressos: R$ 50. Meia: R$ 25
Sinopse: Lelê tem um cãozinho de estimação muito inteligente, Linguiça. Para proteger a amiga humana e assegurar suas brincadeiras, ele frustra os planos do cachorro Trovão; de Vitor, seu vizinho travesso; e das pombas, que tentam armar estratégias orquestradas.

 

Domingo 12/01 – 11h

Haru – A Primavera do Aprendiz (Rapha Santacruz Produções Artísticas)

Teatro Apolo – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20
Sinopse: Jovem mágico busca reconhecimento e orientação de um sábio mestre para aperfeiçoar seus dons ilusionistas. Sem perceber, cada ação que se desenrola é uma lição e um teste de magia que põem à prova sua vocação.

 

Domingo 12/01 – 17h

Chapeuzinho Vermelho em Uma Aventura na Floresta (Roberto Costa Produções)

Teatro Luiz Mendonça – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20
Sinopse: Laura desobedece a mãe e vai pelo caminho da floresta rumo a casa de sua avó. Encontra o Lobo Mau e faz amizade com Mestre Porcão e e Sr. Macaco. Adaptado do conto original dos irmãos Grimm.

Domingo 19/01 – 10h

Lelê e Linguiça

Teatro Boa Vista – Recife

Ingressos: R$ 50. Meia: R$ 25

 

Domingo 19/01 – 11h e 16h (sessão das 16h com audiodescrição)

Doutores da Alegria em Cenas Curtas

Teatro Marco Camarotti – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20

Sinopse: A arte do palhaço no universo da saúde. A peça reúne números de palhaços – algumas inspiradas em situações e histórias que aconteceram nos hospitais, outras nas pesquisas de linguagem dos artistas. Muita bobice e risada, com trilha sonora ao vivo, para crianças e adultos de todas as idades.

 

Domingo 19/01 – 16h30

A Batalha da Vírgula Contra o Ponto Final (Cia Omoiós de Teatro)

Teatro de Santa Isabel – Recife

Ingressos: R$ 20. Meia: R$ 10

Sinopse: Por não ter feito as tarefas escolares, uma garota ficou na sala de aula, de castigo, escrevendo uma redação. Ela não sabe usar a pontuação, então os sinais ortográficos surgem a sua frente. Mas um conflito se estabelece entre aqueles pontos que querem ocupar a última frase do texto da menina.

 

Domingo 19/01 – 17h

Simba – O Rei da Floresta (Helena Siqueira Produções)

Teatro Luiz Mendonça – Recife

Ingressos: R$ 50. Meia: R$ 25

Sinopse: Ao nascer, Simba, filho do rei Mufasa e da rainha Sarabi, recebe a bênção do sábio macaco Rafiki. Ao crescer, é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono.

 

Terça-Feira 21/01 – 15h e 18h (sessão das 18h com audiodescrição)

Proscenium! 2.0 Teatro Jogo (Pontes Culturais)

Teatro de Santa Isabel – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20

Classificação 12 anos

Sinopse: Fantasmas tentam evitar a destruição da casa de espetáculos onde moram. Trata-se de uma experiência imersiva e sensorial pelas dependências do Teatro de Santa Isabel, unindo o poder do fazer teatral às narrativas de jogos de RPG.

 

Sábado 25/01 – 16h

Céu Estrelado (Grupo Teatral Pedra Polida)

Teatro Apolo – Recife

Ingressos: R$ 20. Meia: R$ 10

Sinopse: Três crianças e seus objetos precisam viver suspensos por causa do movimento das águas. Elas tentam chegar ao céu para pedir às estrelas que fiquem todas as noites lá no alto e que não deixem a chuva cair. O enredo evidencia o transtorno de uma comunidade diante do medo, tristeza, angústia e desolação causados pelas enchentes que carregam os sonhos.

 

Domingo 26/01 – 10h

Lelê e Linguiça

Teatro Boa Vista – Recife

Ingressos: R$ 50. Meia: R$ 25. À venda no local.

 

Domingo 26/01 – 16h

O Segredo da Arca de Trancoso

Teatro Barreto Júnior – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20

Sinopse: Um menino recebe a missão de entregar um antigo baú a seu dono. Mas atenção: ele não pode abrir a arca em nenhuma hipótese.

 

Domingo 26/01 – 16h

Os Três Porquinhos (Pedro Portugal Produções)

Quintal do Museu do Cangaço – Serra Talhada

Ingressos: R$ 20. Meia: R$ 10

Sinopse: O clássico conto dos porquinhos Prático, Cícero e Heitor, que, depois de construir suas casas, precisam se proteger de um faminto Lobo Mau.

 

Domingo 26/01 – 16h

A Batalha da Vírgula Contra o Ponto Final

Cine Teatro Samuel Campelo – Jaboatão dos Guararapes

Ingressos: R$ 10. Meia: R$ 5

 

Domingo 26/01 – 17h

O Rei Leão (Lalu Academia de Artes)

Teatro Luiz Mendonça – Recife

Ingressos: R$ 30. Meia: R$ 15

Sinopse: A história do pequeno leão que precisa enfrentar obstáculos para se tornar o rei da floresta. Com determinação e sem esquecer suas raízes, ele se envolve em muitas aventuras ao lado de grandes amigos.

Terça-Feira 28/01 – 15h e 18h

Proscenium! 2.0 Teatro Jogo

Teatro de Santa Isabel – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20

Classificação 12 anos

Sinopse: Fantasmas tentam evitar a destruição da casa de espetáculos onde moram. Trata-se de uma experiência imersiva e sensorial pelas dependências do Teatro de Santa Isabel, unindo o poder do fazer teatral às narrativas de jogos de RPG.

 

Sábado 01/02 – 16h

Canções, Cancionetas e Caçarolas (Cia 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança)

Teatro Barreto Júnior – Recife

Ingressos: R$ 40. Meia: R$ 20

Sinopse: Quatro palhaços-cantores e um divertido repertório de canções, cançonetas, caçarolas e palhaçadas. Dunga, Joe, Risadinha e Sem Nome convidam o público a cantar antigas canções de palhaços, relembram cantigas de roda, fazem divertidas paródias e apresentam números cômicos.

 

Domingo 02/02 – 11h

Ayô – Histórias de Griô (Coletivo Tear)

Teatro Reinaldo de Oliveira – Garanhuns

Ingressos: R$ 20. Meia: R$ 10

Sinopse: Uma aventura lúdica, musical e visual cheia de momentos mágicos, divertidos e imagéticos, que traçam uma viagem por costumes, lendas e cores da cultura africana. Um espetáculo que transporta todos para um outro mundo e, ao mesmo tempo, traz esse mundo para dentro de nós.

 

Domingo 02/02 – 16h

Imaginário Lambe-Lambe (Nupeti – Núcleo de Pesquisa em Teatro para Infância)
Teatro Marco Camarotti – Recife

Ingressos: R$ 20. Meia: R$ 10

Sinopse: Duas abuelitas, grandes avós de profundo amor, sentam para um chá, entrelaçam uma rede, constroem afetos e lembram-se do tempo que já foi; questionam o tempo que não é. A poética provoca as crianças a pensarem sobre seus medos, afetos e saudades.

24º Janeiro de grandes espetáculos

E como sempre Janeiro vem recheado de espetáculos teatrais para entreter as famílias que estiverem aqui em Recife, principalmente o público infantojuvenil, com o 24º Janeiro de grandes espetáculos. Serão oito espetáculos divididos entre os principais equipamentos culturais do Recife, a grade privilegia a produção teatral pernambucana.

 

Do Vestido Ao Nariz”, (Cia. 2 em Cena), “Vento Forte Para Água e Sabão” (Cia. Fiandeiros de Teatro) – premiado na categoria ‘Melhor Espetáculo Infantil’ na edição passada do festival, “A Bela e a Fera” (Roberto Costa Produções), “Carol Levy em Contos de Casa” (Onomatopéia Ideias Sonoras), “O Mágico de Oz” (Companhia do Sol), “Histórias Por um Fio” (Cia. Fiandeiros de Teatro) e “Era Uma Vez na Terra” (Luau Produções Artísticas e Serviços) integram a programação local. O destaque nacional vai para “Fiu-Fiu: Um encontro entre pássaros”. O Grupo Tibanaré, do Mato Grosso, traz um espetáculo que une palhaçaria, teatro e dança.

 

Pegando o embalo do mês de férias, confira aqui a programação oficial completa destinada à infância e juventude:

Foto: Divulgação (Paulo Teixeira)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Do Vestido ao Nariz  -  Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. 2 em Cena (Recife/PE)

 

Bilac, Carambola e Pixuruca são três palhaças que se encontram um circo abandonado e resolvem torná-lo sua nova casa, apresentando ali números de palhaçaria. O espetáculo discute, de maneira cômica e poética, o espaço feminino no picadeiro tradicional, levando, assim, a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea.

 

Foto: Divulgação (Morgana Narjara)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Vento Forte Para Água e Sabão – Teatro Barreto Jr

 

R$30 (inteira)/R$15 (meia) – Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)
O texto narra a história de amizade entre uma bolha de sabão, chamada Bolonhesa, e Arlindo, uma rajada de vento. No meio de toda trajetória, questões como vida e morte são abordadas através da metáfora da bolha de sabão, cuja própria existência é extremamente rápida e passageira.

 

Foto: Divulgação (Dodi Fontes)

14/01/18 (Dom) e 28/01/18 (Dom), 10h – A Bela e A Fera – Teatro Boa Vista
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Roberto Costa Produções (Paulista/PE)

 

A peça é uma releitura do clássico A Bela e A Fera, dos estúdios Walt Disney. O pai de Bela vira prisioneiro da Fera e ela decide, então, entregar-se ao estranho ser em troca da liberdade do pai. No castelo, Bela descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para desfazer um feitiço e voltar à forma humana.

 

Foto: Divulgação (Cordel)

17/01/18 (Qua), 19h30 – Fiu Fiu – Um encontro entre pássaros – Espaço Cênicas

R$30 (inteira)/R$ 15 (meia)  – Grupo Tibanaré (Cuiabá/MT)

 

Fiu Fiu é um dos destaques nacionais na programação oficial de Teatro para infância e Juventude. O espetáculo, que une teatro, palhaçaria e dança, é um voar leve sobre um campo de possibilidades entre Passarinhar e Passarinhou.

 

Foto: Divulgação (Andréa Rego Barros)

21//01/18 (Dom), 17h – Carol Levy em Contos de Casa – Teatro de Santa Isabel
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Onomatopéia Ideias Sonoras (Recife/PE)

 

Carol é cantora e contadora de histórias. No show interativo, as crianças participam com a artista durante toda a apresentação, que traz desde músicas e histórias a peripécias na cozinha. O espetáculo vai receber os recursos de audiodescrição e libras.

 

Foto: Divulgação (Beatriz Chaves)

21/01/18 (Dom), 10h – O Mágico de Oz – Teatro Boa Vista
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Companhia do Sol (Recife/PE)


A montagem foi criada a partir do famoso filme de 1939. Na história, Dorothy é levada por um furacão a uma terra mágica e conta com a ajuda de três amigos. A produção teatral utiliza um conjunto de cenários, figurinos e adereços para apresentar um espetáculo dinâmico, musical e tecnológico.

 

Foto: Divulgação (Rogério Alves)

27/01/18 (Sab), 11h e 16h30 – Histórias por um Fio – Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)

 

Personagens lendários extraídos de contos da tradição oral ibérica, indígena e africana se encontram numa dramaturgia que cruzou e uniu os três povos através da figura de Mavutsinim. Na cena, uma rede de possibilidades diversas, de culturas tão diferentes, que consolidam e germinam sementes das raízes plurais da identidade brasileira.

 

Foto: Divulgação (Dálviton Anélio)

28/01/18 (Dom), 16h30 – Era Uma Vez na Terra – Teatro Luiz Mendonça

R$30 (inteira)/R$15 (meia) -  Lua Produções Artísticas e Serviços (Recife/PE)

 

Para impedir a construção de um complexo industrial numa reserva ambiental, o Dr. Chucrutz viaja no tempo e traz para o presente uma índia do século 19 e um homem do futuro. Juntos, os dois viajantes resolvem convencer o homem sobre a importância de preservar o meio ambiente.

 

SERVIÇO

24º Janeiro de Grandes Espetáculos | Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco

De 10 a 28 de janeiro, nos principais teatros do Recife

Ingressos

Já à venda no site e na Central de Ingressos no Teatro de Santa Isabel (de terça a domingo, das 9h às 16h, para os espetáculos em cartaz nos teatros de Santa Isabel, Apolo, Hermilo Borba Filho, Marco Camarotti, Luiz Mendonça, Arraial Ariano Suassuna e Barreto Júnior).

Janeiro de Grandes espetáculos 2015

 

Mais um janeiro chegou com grandes espetáculos, é que o festival Janeiro de Grandes Espetáculos começa dia 14/01/15 e vai até o dia 01/02/15!!!! E nós, é claro que trouxemos toda a programação para vocês. Confiram e já agendem os preferidos para não perder nada!!! É teatro para toda a família!!

 

Programação Infantil em Recife:

 

 

A ENERGIA DE UM POLEGAR, com a Cia. do Sol (Recife/PE)

Dia: 17 e 18 de janeiro de 2015 (sábado e domingo)

Local: Teatro Valdemar de Oliveira

Hora: 16:30h,

Ingresso: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)

 

Nessa mistura de teatro, TV, cinema e show, Polegar é um garoto órfão que parte em busca de reencontrar sua família e descobrir seu nome verdadeiro. No caminho, dá de cara com o mal humorado Rey e os dois, numa aventura quase mágica, vão parar no espaço sideral, conhecendo personagens estelares incríveis como uma Estrela desejosa que vive a pedir coisas ao cosmos. Os figurinos usam tecnologia LED e a cenografia é cheia de recursos visuais.

 

 

AS TRAVESSURAS DE MANÉ GOSTOSO, com a Cia. Meias Palavras (Recife/PE).

Dia: 18 de janeiro de 2015 (domingo)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)

Hora: 10:30h e 16:30h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Indicação: a partir de 6 anos.

 

Uma brincadeira inspirada na oralidade e nos contos populares que mistura música ao vivo, bonecos e atores para contar as estripulias de um dos brinquedos da nossa herança cultural: Mané Gostoso. Nesta história ele é um mutreteiro, inventador de causos, que vive tranquilo sua vidinha na cidade de Boitibóia até a chegada de um Forasteiro que o desafia. Nessa disputa pelo amor e a sobrevivência até os atores jogam com o público na escolha de quem viverá o papel do Mané Gostoso. Criando, a cada dia, um espetáculo diferente cheio de surpresas, humor e poesia. Essa travessura teatral é resultado da pesquisa continuada da Cia Meias Palavras na oralidade, na literatura e nas linguagens teatrais.

 

 

MANÉ GOSTOSO, com o Centro de Criação Galpão das Artes (Limoeiro/PE)

Dia: 24 de janeiro de 2015 (sábado)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)

Hora: 16:30h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

*No hall do teatro, com a exposição “Mané Gostoso e o Vai e Vem do Lúdico”, de brinquedos populares.

 

A história gira em torno de um dono de circo chamado seu Neco, que ao lado de sua esposa, dona Lucrécia, promovia a alegria da criançada. Até que um homem de aparência bizarra rouba a maior atração do circo: o Mané Gostoso. Seu Neco, então, vai à delegacia chorando de desgosto pelo súbito desaparecimento. A sorte é que crianças juntam-se ao delegado na busca do tão querido brinquedo.

 

 

TRUEQUE, com a Cia. Animée/As Levianas (Recife/PE)

Dia: 25 de janeiro de 2015 (domingo)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)

Hora: 16:30h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

 

No divertido enredo, quando as palhaças Tan Tan e Mary En chegam para o “Trueque” (palavra em espanhol que significa “troca”), muita coisa acontece. Ambas atuam em hospitais e daí nasceu o desejo de trazer para o teatro um pouco do que a memória corporal e afetiva guardam, momentos de graça e beleza como suporte dramatúrgico. A música é uma ferramenta para compartilhar de forma lúdica e divertida cenas inspiradas nesta experiência.

 

 

O CIRCO DE LAMPEZÃO E MARIA BOTINA, com a Caravana Tapioca (Recife/PE)

Dia: 30 de janeiro de 2015 (sexta)

Local: Shopping RioMar

Hora: 17:00h

Ingresso: gratuito

 

Os palhaços Cavaco e Nina contam a história de um casal anônimo do sertão: Maria Botina, que sonhava em ser levada por um cangaceiro; e Lampezão, que fingia ser valente para impressioná-la. Em meio a muitas trapalhadas nessa conquista, os dois tocam música ao vivo, fazem malabarismo com baldes, mágica e número com chicotes, entre outras habilidades. Dedicado a toda a família, este encantador espetáculo de circo-teatro mescla técnicas circenses com uma dramaturgia épica e atual, permeando as diversidades culturais do sertão e agreste brasileiro.

 

 

COMO A LUA, com a Mambembe Produções Artísticas (Recife/PE)

Dia: 31 de janeiro de 2015 (sábado)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)

Hora: 16:30h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Indicação: a partir de 5 anos.

 

Oito atores em cena interpretam, cantam e tocam ao vivo nesta obra que, em meio a brincadeiras de crianças, trata de temas delicados como o amor não correspondido entre o índio Payá, que não é bravo guerreiro nem bom caçador, e a índia Colón (já que o Deus do Amor, Rudá, quis brincar com o coração do indiozinho), abordando ainda a descoberta da sexualidade, a perda e a morte, mas também a capacidade de mudar. Tudo isso com trilha sonora ao vivo, muito bom humor e poesia. “Tudo que nasce, morre. E tudo que morre, torna a nascer. Como a lua”.

 

 

AS LEVIANINHAS EM POCKET SHOW PARA CRIANÇAS, com a Cia. Animée (Recife/PE)

Dia: 31 de janeiro de 2015 (sábado)

Local: Shopping RioMar

Hora: 17h

Ingresso: gratuito

 

A banda de palhaças As Levianas canta e toca ao vivo um repertório especialmente para as crianças. Com canções como La Vaca Lola, O Sapo Não Lava o Pé e o repertório de Alvin e os Esquilos, as quatro palhaças constroem o show a partir do humor leve e irreverente. Entremeado de gags, trapalhadas e interações, Aurhelia, Baju, Mary En e Tan Tan entram no palco e aos poucos subvertem a ordem no sentido de que a boa desordem é sempre bem vinda!

 

 

KALABAZI, com a Companhia Tita8lou (Genebra/Suíça)

Dia: 30 de janeiro (sexta) e 01 de fevereiro de 2015 (domingo)

Local: Shopping RioMar (30/01) e Pátio do Parque Dona Lindu (01/02)

Hora: 19:00h (30/01) e 16:00h (01/02)

Ingresso: gratuito

 

Através da poesia do humor, eis a história de uma jovem mulher quer se casar, mas não com qualquer João Ninguém! Ela, então, organiza um concurso de amor para encontrar, no público, a pessoa perfeita. Dois felizes candidatos passarão por provas depois dela seduzi-los executando acrobacias na sua bicicleta amarela. A última prova, a secreta, será a decisiva. O espetáculo já foi presentado em 24 países e traduzido para oito idiomas e 23 dialetos. A Companhia Tita8lou desenvolve espetáculos de teatro, clown e circo pelo mundo inteiro, seja em teatros, na rua, em lonas e ou em cabarets.

 

 

HARU – A PRIMAVERA DO APRENDIZ, com a Rapha Santacruz Produções Artísticas (Recife/PE)

Dia: 01 de fevereiro de 2015 (domingo)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)

Hora: 16:30h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

 

Em uma barraca de feira livre, um jovem mágico busca orientação de um mestre. Descortinando um universo de mistérios e sem que ele perceba, cada ação que se desenrola é uma lição e um teste de magia ao mesmo tempo. Sem uso de texto falado, o espetáculo propõe um diálogo poético onde teatro e ilusionismo tecem uma trama lúdica. Nesse aprendizado que vai além das palavras, a ilusão é a verdade absoluta.

 

 

OS TRÊS PORQUINHOS, com Pedro Portugal e Paulo de Castro Produções Artísticas (Recife/PE)

Dia: 01 de fevereiro de 2015 (domingo)

Local: Teatro de Santa Isabel

Hora: 17:00h

Ingresso: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)

 

Em cartaz desde 1992 ininterruptamente, este divertido musical infantil mostra as aventuras de três porquinhos, Prático, Cícera (sim, há uma porquinha!) e Heitor, às voltas com um terrível e faminto Lobo Mau, mestre em disfarces. Numa floresta onde fantasia e realidade confundem-se, enquanto Prático, o mais sensato dos três, constrói sua casa com tijolos e cimento, seus irmãos, Cícera e Heitor, de tanta preguiça, levantam casas de palha e madeira. A trama mostra que viver sem pensar no futuro pode trazer desconforto e vários problemas.

Janeiro de Grandes Espetáculos – 2013

O Janeiro de Grandes Espetáculos – Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco é um dos maiores eventos das artes cênicas em terras pernambucanas e do Brasil, em pleno mês de férias. A 19ª edição acontecerá de 08 a 27 de janeiro de 2013, não só na capital, Recife, mas também em Olinda e com extensões a dois outros municípios do interior do estado, Caruaru e Arcoverde.

 

O evento é uma realização da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), com programação distribuída em 118 sessões de espetáculos locais, nacionais e internacionais para adultos, crianças e na linguagem do teatro de rua, incluindo shows musicais, além de lançamentos de livros, seminário, debates, mesa redonda, palestras, sarau das artes, workshops, leituras dramatizadas, festas, entrega de prêmios e oficinas.

 

 

PROGRAMAÇÃO PARA O PÚBLICO INFANTIL:

 

1) Tranquilli!!! – Teatro C’art – Castelfiorentino/Itália

Data: 12 e 13 de janeiro (sábado e domingo),

Horário: 17:00h (Sábado) e 19:00h (domingo)

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 1:15h | Indicação: livre

Ingresso: R$20,0(inteira) 0 e R$10,00 (meia)
Idioma: não verbal

 

Sinopse:

Direcionado a todas as idades, o espetáculo parte do conceito universal de tranquilidade para fazer rir e refletir sobre o ser humano que vive em função de uma sociedade estressante. Através de um personagem cômico, a obra rompe com o cotidiano frenético revelando seus momentos românticos e poéticos, extraídos do amor pela vida. Paulistano radicado na Itália desde 1995, e com estudos sobre a comicidade não verbal, André Casaca já foi levou este trabalho solo para vários países.

 

Direção e atuação: André Casaca. Assistente de direção: Fabrizio Neri e Teresa Bruno. Efeitos de vídeo: Julio Frediani. Equipamento cênico: Silvano Costagli.

 

2) De Artista e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco – Associação de Teatro de Olinda/ATO – Olinda/PE

Data: 12 de janeiro (sábado)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda/PE).
Duração: 35min | Indicação: livre.
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

A dificuldade de sobrevivência de uma família faz com que a mesma arquitete planos pra ganhar dinheiro, não se importando com os bons costumes, a ética ou a moral. Daí, seus membros inventam loucuras para usufruir de uma aposentadoria e descambam até mesmo para o comércio da religião. O espetáculo deixa como reflexão que não vale a pena usar métodos escusos para se dar bem na vida, e também alerta sobre os direitos dos cidadãos.

 

Texto: Rosário Mendonça. Direção: Coletiva. Elenco: Paula Alves, Sandra Santana, Emerson Diniz, Flávio Henrique, Ivo Rodrigues, Ronaldo Quirino e Alessandro Silva.

 

3) Bolero de 4 – João Rafael e Luiz de Abreu – Salvador/BA

Data: 12 e 13 de janeiro (sábado e domingo)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda) – sábado e Parque Dona Lindu (pátio externo) – domingo
Duração: 16min | Indicação: livre.
Ingresso: GRATUITO

 

Sinopse: Um diálogo entre os princípios da dança contemporânea e as técnicas esportivas de bicicleta BMX para além do acrobático. Esta mistura estética desloca o esporte para o ambiente artístico e vice versa, criando outros significados onde o dançarino/performer pode expressar sentimentos, construir discursos e criar uma linguagem própria. Numa dança circular e crescente, assim como a música utilizada, Bolero de Ravel, de Maurice Ravel, o ciclista retrata de forma poética a história, o relacionamento e a cumplicidade com sua parceira de cena.

 

Concepção e direção: Luiz de Abreu. Intérprete criador: João Rafael. Produção: Jacqueline de Castro. Assistente de produção: Laura Collor.

 

4) Cantarim de Cantará – Dramart Produções – Recife/PE

Data: 13 de janeiro (domingo)

Horário: 17:00h

Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)

Duração: 1:05h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Com trilha sonora ao vivo, este musical infantil de amor à Natureza acompanha a saga de uma frágil Pomba Rolinha que, ao perder sua casa por conta de uma ventania forte, acaba sendo enganada e aprisionada pelo Senhor Urubu Carcará, que lhe prometeu um apartamento de pássaro, com vista para o mar, para a montanha, para onde a vista puder alcançar… Neste drama, ela vai descobrir o valor de poder cantar e voar com liberdade, longe de gaiolas trancadas e junto à passarinhada.

 

Texto: Sylvia Orthof. Direção geral: Margarida Meira e Williams Sant’Anna. Diretora de produção: Socorro Rapôso. Produtor executivo: Deyvson Cavalcanti. Assistente de produção executiva: Daniella Barros. Direção musical: Fábio Andrade. Preparação vocal: Margarida Meira e Fábio Andrade. Coreografia: Black Escobar. Figurino e adereços: Sérgio Ricardo. Cenografia: Silva Filho. Iluminação: Luciana Raposo. Contrarregras: Giane Almeida e Jailson Carlos. Camareira: Giane Almeida. Músicos: Ricardo Teixeira, Fábio Andrade, Valdetaim, Marcos Monte e Natalício. Elenco: Cristina Siqueira, Deyvson Cavalcanti, Sóstenes Vidal, Amom de Assis, Ewerson Luiz, Nazaré Lemos, Nina Melo, Ingrid Almeida, Henrique Lira, Kadydja Erlen e João Neto.

 

5) Luiz Lua Gonzaga – Grupo Magiluth – Recife/PE

Data: 13 de janeiro (domingo)

Horário: 16:30h

Local: Pátio do Mosteiro de São Bento (Olinda/PE)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

Com presença intensa da musicalidade, o espetáculo é antes de tudo uma celebração e tem como mote um conjunto de pessoas que espera a volta da chuva, pelo retorno de um rei e divaga poeticamente sobre questões do ser e viver no Nordeste. Luiz Lua Gonzaga não é uma história com começo, meio e fim, mas uma série de situações poéticas em homenagem ao Rei do Baião, sem pretender-se a realizar uma biografia dele e, sim, ativar questões que estão na sua obra e na memória popular do nordestino.

 

Dramaturgia: Giordano Castro. Direção e iluminação: Pedro Vilela. Direção de arte: Guilherme Luigi e Pedro Toscano. Figurino em couro: Hermeson Souza. Confecção de bonecos: Lucas Torres. Contrarregra: Thiago Liberdade. Produção executiva: Mariana Rusu. Músicos: João Tragtenberg, Pedro Cardoso e Pedro Vilela. Elenco: Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Pedro Wagner e Mário Sergio Cabral.

 

6) Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona – Cia. 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança – Recife/PE

Data: 19 de janeiro (sábado)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 45min | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Nesta farra teatral-circense, a história da dupla cômica Risada e Risadinha, que atua no Circo Brasil. O local passa por uma grande crise financeira e, um dia, acaba pegando fogo. Sem ter onde morar e trabalhar, os dois resolvem juntar o que sobrou e passam a apresentar suas palhaçadas nas ruas e praças, na tentativa de reerguer o circo. Em cena desde 2007 e recheada de reprises e entradas de tradicionais circos brasileiros, a montagem foi concebida a partir da pesquisa “Palhaços Brasileiros – A Formação do Palhaço no Brasil”.

 

Dramaturgia, encenação e preparação de palhaços: Alexsandro Silva. Direção de arte: Eri Moreira e Alexsandro Silva. Pesquisa e concepção de maquiagem: A Cia. Concepção e execução de iluminação: Cindy Fragoso. Confecção de cenário: Seu Jairo. Confecção de figurinos: Maria Lima. Técnicas: Jerlâne Silva. Produção executiva e preparação corporal: Arnaldo Rodrigues. Assistência de produção: Cyndi Fragoso. Sonoplastia ao vivo: Flávio Santana e Davison Weslley. Produtores e atores-palhaços: Alexsandro Silva e Arnaldo Rodrigues.

 

7) Besteiras (As Aventuras de um Giullare Moderno) – Cia. Circo Godot de Teatro – Filottrano/Itália e Recife/PE/Brasil

Data: 19 de janeiro (sábado)

Horário: 16:30h

Local: Alto da Sé (Olinda/PE)
Duração: 50min | Indicação: livre
Ingresso: Gratuito

 

Sinopse:

Um trovador popular moderno ganha a vida recreando o público com jogos de mão, equilibrismo e mímica. Como no período medieval, andando de vila em vila, por feiras e castelos, ele traz em suas malas espetáculos, números circenses e histórias variadas. Cantando e tocando instrumentos musicais, oferece com muita graça a poesia do artista da estrada viva ao longo de séculos.

 

Intérprete criador, ideia original e sonoplastia: Damiano Massaccesi. Encenação: Damiano Massaccesi e Quiercles Santana. Assistência de direção: Andrêzza Alves. Direção de arte: O grupo. Produção executiva: Andrêzza Alves e Ana Paula Sá.

 

8) Seu Rei Mandou… – Cia. Meias Palavras – Recife/PE

Data: 20 de janeiro (domingo)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 40min | Indicação: a partir dos 06 anos
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Inspirado pela tradição oral, o espetáculo narra, com música ao vivo, muito humor e poesia, a trajetória de tirania, bravura, esperteza e bonanças de três reis através das histórias “A Lavadeira Real”, “O Rato Que Roeu a Roupa do Rei” e “O Rei Chinês Reinaldo Reis”. Todas recontadas e criadas pelo escritor, ator, palhaço, bonequeiro e contador de histórias Luciano Pontes, pesquisador deste ofício desde 2005, acompanhado pela flauta e tambor do músico Gustavo Vilar.

 

Criação, adaptação, concepção, figurinos, produção executiva e intérprete: Luciano Pontes. Pesquisa musical, composição e arranjos: Gustavo Vilar e Luciano Pontes. Costureira: Xuxu. Sapatos: Jailson Marcos. Iluminação: Luciana Raposo. Músico: Gustavo Vilar.

 

9) As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças – Cia. Animée – Recife/PE

Data: 26 de janeiro (sábado)

Horário: 16:00h

Local: Teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro)
Duração: 50min | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00.

 

Sinopse:

As Levianas é uma banda de palhaças que canta e toca ao vivo um repertório especialmente para a criançada. Entremeado de gags, atrapalhadas e algumas interações, Aurhelia, Baju, Mary En e Tan Tan, as quatro palhaças, aos poucos subvertem a ordem no sentido de que a boa desordem é sempre bem vinda! Com canções como “Biquini de Bolinhas Amarelinho”, “La Vaca Lola”, “O Sapo” e parte do repertório do desenho animado “Alvin e os Esquilos”, o quarteto constrói o show a partir do humor leve e irreverente.

 

Direção, pesquisa musical, figurinos, maquiagem e encenação: Cia Animée. Co-direção: Hilary Chaplain (EUA). Assessoria artística e de criação: Enne Marx. Iluminação: Saulo Uchôa. Técnico de som: Getúlio Chaves. Atrizes palhaças: Enne Marx, Juliana de Almeida, Nara Menezes e Tâmara Floriano.

 

10) A Fantástica História do Rei Leão Com o Palhaço Chocolate – Gugga Macel & Companhia do Riso e Chocolate Produções – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 10:00h

Local: Teatro Boa Vista (Colégio Salesiano)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 40,00 e R$ 20,00

 

Sinopse:

Com participação do Palhaço Chocolate, o espetáculo musical conta as aventuras do nascimento do pequeno Leãozinho, familiarizando-se com a selva e as surpresas que a vida lhe reserva, como enfrentar a inveja do tio e hienas inimigas. Com a ajuda do pai, ele vai aprender valores – como ter respeito pelo ciclo da vida e pela natureza – e lições sobre coragem, bravura, ternura e humanidade. Tudo para, um dia, ser um bom rei. Os personagens são bonecos humanoides (leões e leoas, hienas, pássaros, zebras, girafas, antílopes e elefante).

 

Adaptação teatral: Gugga Macel. Direção, cenários e figurinos: Roberto Costa. Coreografias: Clóvis Bézer Iluminação: Triana Cavalcanti. Elenco: Ulisses Dornelas, Clóvis Bézer, Ruanita Barbosa, Hemerson Moura, Tâmara Dornelas, Pablo Souza, Luciano Lucas, Petrus Poyreh, Zanel Reis, Mônica Vilarim, Eddy Santos, Augusto Neves, Marília Santana e vozes adicionais de Tatto Medinni, Flávio Andrade e Priscila Cheron.

 

11) Os Três Porquinhos – Pedro Portugal e Paulo de Castro Produções – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 17:00h

Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Em cartaz há 20 anos ininterruptamente, este divertido musical infantil mostra as aventuras de três porquinhos, Prático, Cícera (sim, há uma porquinha!) e Heitor, às voltas com um terrível e faminto Lobo Mau, mestre em disfarces. Numa floresta onde fantasia e realidade confundem-se, enquanto Prático, o mais sensato dos três, constrói sua casa com tijolos e cimento, seus irmãos, Cícera e Heitor, de tanta preguiça, levantam casas de palha e madeira. A trama mostra que viver sem pensar no futuro pode trazer desconforto e vários problemas.

 

Texto: Reginaldo Silva. Direção e cenário: Cleusson Vieira. Músicas: Allan Sales. Figurino: Henrique Celibi. Diretor técnico: Claudiney Castro. Elenco: Mário Miranda, Maria de Oliveira e Cleusson Vieira.

 

12) Babau ou A Vida Desembestada do Homem Que Tentou Engabelar a Morte – Mão Molenga Teatro de Bonecos – Recife/PE

Data: 27 de janeiro (domingo)

Horário: 16h:00

Local: Teatro Hermilo Borba Filho
Duração: 1h | Indicação: livre
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00

 

Sinopse:

Espetáculo de teatro de bonecos e formas animadas para todas as idades, que ilustra o processo de criação dos mamulengueiros de Pernambuco, mostrando suas técnicas, a importância e a graça da arte do mamulengo e a difícil realidade na qual os mestres populares estão inseridos. No enredo, o Babau é um boneco que passa de geração em geração pelas mãos dos brincantes, personagem satírico que consegue enganar a morte numa situação inversa a de seus manipuladores, muitos dos quais morrem esquecidos e miseráveis.

 

Texto: Carla Denise. Direção cênica e direção de arte: Marcondes Lima. Bonecos: Atelier do Mão Molenga e Oficina do Mestre Zé Lopes. Músicas: André Freitas. Iluminação: Sávio Uchôa. Execução de luz: Pedro Vilela. Execução de som: José Neto. Elenco: Marcondes Lima, Fábio caio, Carla Denise, Fátima Caio e Andrêzza Alves.

 

 

CENTRAL DE VENDAS DE INGRESSOS:

Fone: 81. 8512-1258
Bilheteria no Teatro de Santa Isabel
Período: 09 a 27/01/13
Horário: das 9:00h às 16:00h

Vendas antecipadas para os espetáculos que acontecerão nos teatros Marco Camarotti, Hermilo Borba Filho, Luiz Mendonça, Barreto Júnior, Apolo, Arraial e Capiba.

Para programação no Teatro de Santa Isabel, vendas antecipadas, a partir das 9:00h, na bilheteria do teatro.

Para os teatros Valdemar de Oliveira, Boa Vista, Rui Limeira Rosal e Geraldo Barros, vendas somente no local 2 horas antes da apresentação.