24º Janeiro de grandes espetáculos

E como sempre Janeiro vem recheado de espetáculos teatrais para entreter as famílias que estiverem aqui em Recife, principalmente o público infantojuvenil, com o 24º Janeiro de grandes espetáculos. Serão oito espetáculos divididos entre os principais equipamentos culturais do Recife, a grade privilegia a produção teatral pernambucana.

 

Do Vestido Ao Nariz”, (Cia. 2 em Cena), “Vento Forte Para Água e Sabão” (Cia. Fiandeiros de Teatro) – premiado na categoria ‘Melhor Espetáculo Infantil’ na edição passada do festival, “A Bela e a Fera” (Roberto Costa Produções), “Carol Levy em Contos de Casa” (Onomatopéia Ideias Sonoras), “O Mágico de Oz” (Companhia do Sol), “Histórias Por um Fio” (Cia. Fiandeiros de Teatro) e “Era Uma Vez na Terra” (Luau Produções Artísticas e Serviços) integram a programação local. O destaque nacional vai para “Fiu-Fiu: Um encontro entre pássaros”. O Grupo Tibanaré, do Mato Grosso, traz um espetáculo que une palhaçaria, teatro e dança.

 

Pegando o embalo do mês de férias, confira aqui a programação oficial completa destinada à infância e juventude:

Foto: Divulgação (Paulo Teixeira)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Do Vestido ao Nariz  -  Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. 2 em Cena (Recife/PE)

 

Bilac, Carambola e Pixuruca são três palhaças que se encontram um circo abandonado e resolvem torná-lo sua nova casa, apresentando ali números de palhaçaria. O espetáculo discute, de maneira cômica e poética, o espaço feminino no picadeiro tradicional, levando, assim, a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea.

 

Foto: Divulgação (Morgana Narjara)

14/01/18 (Dom), 16h30 – Vento Forte Para Água e Sabão – Teatro Barreto Jr

 

R$30 (inteira)/R$15 (meia) – Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)
O texto narra a história de amizade entre uma bolha de sabão, chamada Bolonhesa, e Arlindo, uma rajada de vento. No meio de toda trajetória, questões como vida e morte são abordadas através da metáfora da bolha de sabão, cuja própria existência é extremamente rápida e passageira.

 

Foto: Divulgação (Dodi Fontes)

14/01/18 (Dom) e 28/01/18 (Dom), 10h – A Bela e A Fera – Teatro Boa Vista
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Roberto Costa Produções (Paulista/PE)

 

A peça é uma releitura do clássico A Bela e A Fera, dos estúdios Walt Disney. O pai de Bela vira prisioneiro da Fera e ela decide, então, entregar-se ao estranho ser em troca da liberdade do pai. No castelo, Bela descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para desfazer um feitiço e voltar à forma humana.

 

Foto: Divulgação (Cordel)

17/01/18 (Qua), 19h30 – Fiu Fiu – Um encontro entre pássaros – Espaço Cênicas

R$30 (inteira)/R$ 15 (meia)  – Grupo Tibanaré (Cuiabá/MT)

 

Fiu Fiu é um dos destaques nacionais na programação oficial de Teatro para infância e Juventude. O espetáculo, que une teatro, palhaçaria e dança, é um voar leve sobre um campo de possibilidades entre Passarinhar e Passarinhou.

 

Foto: Divulgação (Andréa Rego Barros)

21//01/18 (Dom), 17h – Carol Levy em Contos de Casa – Teatro de Santa Isabel
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Onomatopéia Ideias Sonoras (Recife/PE)

 

Carol é cantora e contadora de histórias. No show interativo, as crianças participam com a artista durante toda a apresentação, que traz desde músicas e histórias a peripécias na cozinha. O espetáculo vai receber os recursos de audiodescrição e libras.

 

Foto: Divulgação (Beatriz Chaves)

21/01/18 (Dom), 10h – O Mágico de Oz – Teatro Boa Vista
R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia) –
Companhia do Sol (Recife/PE)


A montagem foi criada a partir do famoso filme de 1939. Na história, Dorothy é levada por um furacão a uma terra mágica e conta com a ajuda de três amigos. A produção teatral utiliza um conjunto de cenários, figurinos e adereços para apresentar um espetáculo dinâmico, musical e tecnológico.

 

Foto: Divulgação (Rogério Alves)

27/01/18 (Sab), 11h e 16h30 – Histórias por um Fio – Teatro Hermilo Borba Filho
R$30 (inteira)/R$15 (meia) –
Cia. Fiandeiros de Teatro (Recife/PE)

 

Personagens lendários extraídos de contos da tradição oral ibérica, indígena e africana se encontram numa dramaturgia que cruzou e uniu os três povos através da figura de Mavutsinim. Na cena, uma rede de possibilidades diversas, de culturas tão diferentes, que consolidam e germinam sementes das raízes plurais da identidade brasileira.

 

Foto: Divulgação (Dálviton Anélio)

28/01/18 (Dom), 16h30 – Era Uma Vez na Terra – Teatro Luiz Mendonça

R$30 (inteira)/R$15 (meia) -  Lua Produções Artísticas e Serviços (Recife/PE)

 

Para impedir a construção de um complexo industrial numa reserva ambiental, o Dr. Chucrutz viaja no tempo e traz para o presente uma índia do século 19 e um homem do futuro. Juntos, os dois viajantes resolvem convencer o homem sobre a importância de preservar o meio ambiente.

 

SERVIÇO

24º Janeiro de Grandes Espetáculos | Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco

De 10 a 28 de janeiro, nos principais teatros do Recife

Ingressos

Já à venda no site e na Central de Ingressos no Teatro de Santa Isabel (de terça a domingo, das 9h às 16h, para os espetáculos em cartaz nos teatros de Santa Isabel, Apolo, Hermilo Borba Filho, Marco Camarotti, Luiz Mendonça, Arraial Ariano Suassuna e Barreto Júnior).

Faça Seu Comentário