Circo da Turma da Mônica em “Brasilis”

crédito: Rodolfo Magalhães (Divulgação)

 

Circo da Turma da Mônica traz “Brasilis” para quatro sessões no Teatro RioMar
Maior espetáculo musical da Mauricio de Sousa Produções estará em cartaz de 6 a 8 de setembro. Fafy Siqueira e Paula Lima se juntam a artistas circenses e à turminha para falar sobre riquezas e diversidade do Brasil

 

A nova aventura da Turma da Mônica já está invadindo os palcos do País, iniciou em 29 de junho, por São Paulo. A Mauricio de Sousa Produções iniciou a turnê do espetáculo “Brasilis”, sua maior superprodução musical em 60 anos de história. Enaltecendo as riquezas e a diversidade cultural brasileira, a nova montagem do Circo da Turma da Mônica levará o público a uma viagem pelas raízes do nosso país.
Já é noite na Vila Abobrinha. Sob o céu estrelado e aos sons da natureza, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão brincam na casa do Chico Bento e falam sobre as diferenças entre a cidade e a roça. É quando surge a seguinte pergunta: o que é diversidade cultural? Para responder, Vó Dita, com toda sua experiência e sabedoria, contará as mais lindas histórias sobre nossas principais origens: indígenas, negros e europeus. Por meio de uma grande aventura imaginária, a Turma da Mônica vai se encantar com as riquezas da história e da cultura brasileira e ainda se encontrará com queridos amigos, como Milena, Papa-Capim e Jurema.

 

Com cenários grandiosos, muita tecnologia, efeitos especiais e um elenco afiado de bailarinos e artistas circenses, a Turma envolverá o público nesta aventura, sob a direção de Mauro Sousa. A premiada atriz, diretora, cantora e compositora Fafy Siqueira interpretará a personagem “Vó Dita”, inspirada na avó de Mauricio de Sousa e a avó de Chico Bento nos quadrinhos. Paula Lima, que participa ao vivo dos espetáculos, não poderá estar presente aqui em Recife. Quem assina a trilha sonora é o Olodum, que, no momento em que comemora 40 anos, empresta as inconfundíveis batidas de sua percussão, no melhor estilo samba-reggae, para embalar “Brasilis”.

 

TURNÊ – Em 2019, a Mauricio de Sousa Produções completa 60 anos de realizações. Como parte das comemorações, o cartunista e empresário Mauricio de Sousa traz para a cena cultural a superprodução que contempla nossas raízes, mostrando a diversidade e a inclusão que sempre estiveram presentes no universo de suas criações. Em parceria com a Opus Promoções, a turnê terá duração de seis meses e percorrerá dez cidades das cinco macrorregiões do País, totalizando mais de 80 apresentações. Após a temporada em São Paulo, que vai de 29 de junho a 4 de agosto, “Brasilis” segue para Belém (16 a 18/8), Fortaleza (23 a 25/8), Natal (30 e 31/8), Recife (6 a 8/9), Brasília (14 e 15/9), Curitiba (21 e 22/9), Belo Horizonte (28 e 29/9), Rio de Janeiro (5 a 27 de outubro) e Porto Alegre (1º a 3 de novembro).

 

A estreia do Circo da Turma da Mônica com o espetáculo “O Primeiro Circo do Novo Mundo” (2018) foi sucesso de crítica e público. A superprodução, assinada por Mauro Sousa, com supervisão de Mauricio de Sousa e participação especial de Dedé Santana como mestre de cerimônia, foi assistida por mais de 53 mil pessoas nas cidades pelas quais a montagem passou, incluindo o Recife. Ao longo de seis meses, a turnê percorreu as cinco regiões do Brasil, totalizou 67 apresentações e obteve a significativa marca de 89% de ocupação total nos teatros.

 

crédito: Rodolfo Magalhães (Divulgação)

 

SERVIÇO

Circo da Turma da Mônica em “Brasilis”

Dia 6 de setembro (sexta), às 16h e 19h30

Dia 7 de setembro (sábado), às 17h e 20h

Dia 8 de setembro (domingo), às 19h30

Teatro RioMar: Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping

www.teatroriomarrecife.com.br

Duração: 85 minutos

Recomendação: livre

 

Ingressos:

Dia 6, sexta-feira:

Plateia Premium: R$ 140 e R$ 70 (meia)

Plateia Alta: R$ 120 e R$ 60 (meia)

Balcão: R$ 75 e R$ 37,50 (meia)

 

Dias 7 e 8, sábado e domingo:

Plateia Premium: R$ 160 e R$ 80 (meia)

Plateia Alta: R$ 140 e R$ 70 (meia)

Balcão: R$ 75 e R$ 37,50 (meia)

 

Canais de vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, domingos e feriados, das 14h às 20h) e www.uhuu.com.

Clássicos Encantados In Concert

O mundo mágico das histórias infantis chega ao Recife no show “Clássicos Encantados In Concert“, dia 6 de julho, às 18h, no Teatro Guararapes. As mais conhecidas canções que embalam os príncipes e as princesas da Disney são cantadas ao vivo pelos personagens dos contos, acompanhados por banda e orquestra, sob regência do maestro Vitor de Souza. Os ingressos já estão à venda (serviço abaixo).

 

Quando Dorothy, de “O Mágico de Oz”, abre seu livro mágico, a criançada é transportada para um mundo encantado, onde a música embala os sonhos. Os protagonistas de “Cinderella”, “A Pequena Sereia”, “O Rei Leão”, “A Bela e a Fera”, “Aladdin”, “Rapunzel”, “Moana” e “Frozen”, todos estes da Disney, ganham vida em um musical que vai emocionar pais e filhos. O requinte ganha contornos também nos figurinos, que conta com mais de cem peças.

 

Com direção de Bruno Rizzo, que já trouxe ao Recife montagens como “Queen Experience In Concert” em abril passado, o espetáculo tem no elenco Flavia Mengar (como Bela e Elsa), Beatriz Castro (Ariel e Anna), Thays Parente (Jasmine e Moana), Marjory Climaco (Rapunzel), Renato Milan (Príncipe Encantado e Hans), Tiago Prado (Rafiki e Flynn), Natalia Smirnova (Cinderella), Amanda Iansen (Dorothy) e Cezar Rocafi (Sebastião e Gênio). Os bailarinos Filipe Santos e Julia Tiemi completam o time.

SERVIÇO
Clássicos Encantados In Concert

Dia: 6 de julho de 2019 (sábado),

Horário: 18:00h
Local:Teatro Guararapes – Centro de Convenções de Pernambuco

Informações: (81) 3182.8020
Classificação: livre
Duração: 1h
Ingressos:
Plateia Especial: R$ 124 e R$ 62 (meia)
Plateia: R$ 104 e R$ 52 (meia)
Balcão: R$ 84 e R$ 42 (meia)
* À venda na bilheteria do teatro (segunda a sábado, das 9h às 17h), lojas Ticketfolia (shoppings Plaza, Recife, Tacaruna, RioMar, Boa Vista) e no site do Eventim

O Segredo da Arca de Trancoso


O segredo da arca de Trancoso faz sua estreia da temporada em Recife neste fim de semana no teatro Barreto Junior

A Cênicas Cia de Repertório estreia a primeira temporada do espetáculo O Segredo da Arca de Trancoso, neste sábado 13 de abril até 26 de maio  de 2019, sábados e domingos às 16:30h no Teatro Barreto Júnior. É o novo espetáculo para infância e juventude da Cia e tem texto do pernambucano Luiz Felipe Botelho e direção de Antônio Rodrigues. No elenco estão: Sônia Carvalho, Junnior Albuquerque, Manu Costa, Barbara Brendel, Carol Rodrigues, Roberto Sterenberg, Fabi Santos, Antônio Rodrigues, Igor Andrade e Marcos Zé.

 

A peça apresenta uma trama repleta de fantasia e reviravoltas e conta a história de um Menino que recebe uma tarefa muito perigosa das mãos da feiticeira K’Temeré, ele tem a missão de entregar uma arca, espécie de antigo baú, ao seu dono no final de sua jornada. A única condição é que o Menino não abra a arca em nenhuma hipótese. O Menino fica encarregado de levá-la até seu dono, que ele não sabe quem é, em um lugar distante, que ele não sabe chegar. Numa sucessão de surpresas pelo caminho, cruza com alguns personagens inusitados que vão transformando a sua história interferindo diretamente na conclusão da sua missão de entregar a arca.

Ele encontra pessoas simples com boas ou más intenções, animais falantes e criaturas fantásticas que surgem no seu caminho tentando tomar posse da arca. Ao ser aberta, revela em seu interior um conteúdo diferente para cada pessoa. A uns, premia; a outros, castiga. O que demonstra ser aquele estranho objeto muito mais poderoso do que se pode imaginar.

Sobre Trancoso e suas histórias
“Histórias de Trancoso” é uma expressão que se refere ao autor português Gonçalo Fernandes Trancoso, após publicar o livro “Contos e Histórias de Exemplo”, em Portugal no século XVI. Ele trouxe para o Brasil um estilo próprio de narrativa que inclui personagens fantásticos, animais falantes, mistérios e reviravoltas, numa dinâmica que se aproxima muito da contação oral. Podemos perceber que as histórias que se apoiam nessa tradição oral não têm simplesmente a função de divertir e distrair as crianças, mas tem também a dimensão pedagógica e psicológica de esclarecer e integrar os sentimentos, e de elaborar conscientemente os sonhos e as fantasias infantis.

 

As crianças hoje começam desde cedo, mesmo que inconscientemente, um processo de autonomia perante o mundo que está em sua volta. A jornada do Menino/Rapaz é uma viagem fantástica por essa construção da autonomia, um ritual de transição entre o menino criança e o rapaz adulto.

 

As regiões brasileiras contam com imenso acervo de lendas, costumes, causos, folclores, histórias populares, de Trancoso. Essa tradição é repassada pelas gerações que cresceram ouvindo esses mitos. Difundidos e recontados no boca a boca das conversas noturnas após o café e antes do sono. Não tardou, e a expressão “História de Trancoso” passou a designar quaisquer contos nos quais se transcendiam os limites do possível, envolvendo personagens sobrenaturais e situações em que a fantasia se mistura com a realidade.

 

Serviço:

Espetáculo: O SEGREDO DA ARCA DE TRANCOSO

Data: Sábados e Domingos às 16h30 – De 13 de abril à 26 de maio de 2019.

Local:  Teatro Barreto Júnior (Rua Estudante Jeremias Bastos S/N – Bairro do Pina – Recife – PE)

Valor:  R$30,00 (inteira) R$15,00 (meia entrada – Crianças a partir de 02 anos, estudantes, professores e boa idade  mediante apresentação de carteira). Vendas uma hora antes nos dias de apresentação na bilheteria do Teatro Barreto Júnior ou vendas antecipadas pela plataforma Sympla no link

Informações: 081. 3302-5914 / 99609-3838

Casa Caramujo

Crédito: Guga Melgar

 

A CAIXA Cultural Recife apresenta, entre os dias 5 e 13 de janeiro de 2019, aos sábados e domingos, o espetáculo infantil Casa Caramujo, da CiaTeatro Epigenia, com texto e direção de Gustavo Paso. O espetáculo marca o retorno da companhia ao universo da criança na comemoração dos seus 18 anos de atividade, um caminho marcado pelo reconhecimento de público e crítica.

 

Na temporada de estreia no Rio de Janeiro, em 2017, Casa Caramujo foi vencedor do Prêmio CBTIJ de Melhor Trabalho de Formas Animadas e de Melhor Ator. O intérprete Marcio Nascimento recebeu ainda esse mesmo reconhecimento nos prêmios Zilka Salaberry e Botequim Cultural. Em São Paulo, onde cumpriu temporada recente, o espetáculo ganhou 4 estrelas da revista Veja e foi destaque no jornal Folha de São Paulo.

 

Casa Caramujo experimenta múltiplas técnicas de teatro de animação (manipulação direta, luva, mímica, teatro negro), abordando de maneira lúdica um dos temas mais delicados para se tratar com crianças e adolescentes: a morte. A peça coloca as crianças em contato com os fatos irreversíveis, no mergulho do desconhecido. O texto foi inspirado por uma narrativa de tradição oral escocesa do século XI e aborda o ciclo da vida, fazendo uma contextualização com simbologias que explicam que a continuidade depende necessariamente do convívio com a morte.

 

O enredo apresenta um menino que, ao perceber que poderá perder sua mãe doente, enfrenta a “morte” e consegue aprisioná-la dentro de uma casa de caramujo. Aos poucos, no entanto, o menino e todos os moradores do lugar começam a se deparar com uma realidade difícil: eles não conseguem mais colher frutos, legumes, verduras e nem mesmo pescar, já que a morte foi aprisionada e deixou de agir. Assim, ninguém consegue se alimentar, e o ciclo da vida é quebrado. O menino precisa então mergulhar no fundo das águas e, com a ajuda do Caramujo, resgatar a sua casa e a dona morte.

 

No elenco da montagem estão Luciana Fávero, Marcio Nascimento, Iuri Saraiva, Felipe Frazão e Gustavo Paso. O trabalho de formas animadas é assinado por Gustavo Paso e Eduardo Andrade; os figurinos são de Luciana Falcon; a iluminação é de Paulo Cesar Medeiros; o cenário de Gustavo Paso e Luciana Falcon; e a direção musical de Andre Poyart.

 

Serviço:

Espetáculo infantil Casa Caramujo, com a CiaTeatro Epigenia

Local: CAIXA Cultural Recife –Av. Alfredo Lisboa – Praça do Marco Zero, Bairro do Recife

Data: 5 a 13 de janeiro de 2019 (sábados e domingos)

Horários: sábados (05/01 e 12/01), às 16h e às 18h; domingos (06/01 e 13/01), às 11h

Informações: (81) 3425-1915

Ingressos: R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia-entrada).

Bilheteria: Aberta às 9h do dia 4 de janeiro (sexta-feira) para sessões dos dias 5 e 6; e às 9h do dia 11 de janeiro (sexta-feira) para sessões de 12 e 13

Duração: 60 minutos

Classificação: Indicado para maiores de 6 anos

Capacidade: 80 lugares

Acesso para pessoas com deficiência

Musical “A Giola”

O espetáculo infantojuvenil “A Gaiola” faz duas apresentações no Recife

A peça é uma adaptação da obra de Adriana Falcão e conta uma história de amor e separação entre uma menina e um passarinho.

 

Idealizado e dirigido por Duda Maia, o premiado espetáculo musical infantojuvenil “A Gaiola“, é sucesso de público e de crítica. É uma adaptação do livro homônimo escrito por Adriana Falcão e indicado ao Prêmio Jabuti em 2014. A dramaturgia do espetáculo foi criada pela própria autora em parceria com o ator e dramaturgo Eduardo Rios. A peça tem direção musical de Ricco Viana, assistência de direção de Fábio Enriquez, figurino de Flávio Souza e cenário do artista plástico João Modé.

 

Encenada pelos atores-cantores, Carol Futuro e Pablo Áscoli, o espetáculo conta a história de amor, amizade e liberdade entre uma menina e um passarinho. No palco, as personagens iniciam uma história de amor quando o passarinho cai ferido na varanda da casa da garota, que se dedica a cuidar dele. À medida que vão convivendo, eles se apaixonam. O passarinho fica curado, mas, na hora da despedida, ele pede para que a menina o aprisione em uma gaiola. Um dia, a menina flagra o passarinho na gaiola, encantado com o mundo lá fora. A partir daí eles aprendem que a tentativa de prender o amor pode ser inútil.

 

O musical “A Gaiola” deu início à trilogia “Três Histórias de Amor para Criança”, em 2016. No início deste ano, Duda Maia estreou o segundo espetáculo musical da trilogia, “Contos Partidos de Amor”. Entre 2016 e 2017, “A Gaiola” fez turnê por Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, além de apresentações São José da Barra e Uberlândia, em Minas Gerais. O espetáculo também fez turnê internacional na África e em Portugal. A peça foi a grande vencedora dos principais prêmios de teatro infantojuvenil de 2016: Prêmio de Teatro CBTIJ (sete categorias), 5º Prêmio Botequim Cultural (cinco categorias) e Prêmio Zilka Sallaberry (três categorias).

 

FICHA TÉCNICA:

 

Baseado no livro homônimo de Adriana Falcão

Adaptação e letras: Eduardo Rios e Adriana Falcão

Direção e Roteiro: Duda Maia

Diretor Assistente: Fábio Enriquez

Elenco: Carol Futuro e Pablo Áscoli

Direção musical e trilha original: Ricco Viana

Design de som: Vitor Osório

Cenário: João Modé

Iluminação: Renato Machado

Figurino: Flávio Souza

Coreografia Aérea: Leonardo Senna

Identidade Visual: Leonardo Miranda

Idealização: Camaleão Produções Culturais

Produção: Palavra Z Produções Culturais

Direção de Produção: Bruno Mariozz

Produção Local: Fervo Projetos

 

SERVIÇOS:

A Gaiola

Data: 24 e 25/11/18

Local: Teatro Santa Isabel

Hora: 16:30h

Ingresso: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia-entrada)