O Segredo da Arca de Trancoso


O segredo da arca de Trancoso faz sua estreia da temporada em Recife neste fim de semana no teatro Barreto Junior

A Cênicas Cia de Repertório estreia a primeira temporada do espetáculo O Segredo da Arca de Trancoso, neste sábado 13 de abril até 26 de maio  de 2019, sábados e domingos às 16:30h no Teatro Barreto Júnior. É o novo espetáculo para infância e juventude da Cia e tem texto do pernambucano Luiz Felipe Botelho e direção de Antônio Rodrigues. No elenco estão: Sônia Carvalho, Junnior Albuquerque, Manu Costa, Barbara Brendel, Carol Rodrigues, Roberto Sterenberg, Fabi Santos, Antônio Rodrigues, Igor Andrade e Marcos Zé.

 

A peça apresenta uma trama repleta de fantasia e reviravoltas e conta a história de um Menino que recebe uma tarefa muito perigosa das mãos da feiticeira K’Temeré, ele tem a missão de entregar uma arca, espécie de antigo baú, ao seu dono no final de sua jornada. A única condição é que o Menino não abra a arca em nenhuma hipótese. O Menino fica encarregado de levá-la até seu dono, que ele não sabe quem é, em um lugar distante, que ele não sabe chegar. Numa sucessão de surpresas pelo caminho, cruza com alguns personagens inusitados que vão transformando a sua história interferindo diretamente na conclusão da sua missão de entregar a arca.

Ele encontra pessoas simples com boas ou más intenções, animais falantes e criaturas fantásticas que surgem no seu caminho tentando tomar posse da arca. Ao ser aberta, revela em seu interior um conteúdo diferente para cada pessoa. A uns, premia; a outros, castiga. O que demonstra ser aquele estranho objeto muito mais poderoso do que se pode imaginar.

Sobre Trancoso e suas histórias
“Histórias de Trancoso” é uma expressão que se refere ao autor português Gonçalo Fernandes Trancoso, após publicar o livro “Contos e Histórias de Exemplo”, em Portugal no século XVI. Ele trouxe para o Brasil um estilo próprio de narrativa que inclui personagens fantásticos, animais falantes, mistérios e reviravoltas, numa dinâmica que se aproxima muito da contação oral. Podemos perceber que as histórias que se apoiam nessa tradição oral não têm simplesmente a função de divertir e distrair as crianças, mas tem também a dimensão pedagógica e psicológica de esclarecer e integrar os sentimentos, e de elaborar conscientemente os sonhos e as fantasias infantis.

 

As crianças hoje começam desde cedo, mesmo que inconscientemente, um processo de autonomia perante o mundo que está em sua volta. A jornada do Menino/Rapaz é uma viagem fantástica por essa construção da autonomia, um ritual de transição entre o menino criança e o rapaz adulto.

 

As regiões brasileiras contam com imenso acervo de lendas, costumes, causos, folclores, histórias populares, de Trancoso. Essa tradição é repassada pelas gerações que cresceram ouvindo esses mitos. Difundidos e recontados no boca a boca das conversas noturnas após o café e antes do sono. Não tardou, e a expressão “História de Trancoso” passou a designar quaisquer contos nos quais se transcendiam os limites do possível, envolvendo personagens sobrenaturais e situações em que a fantasia se mistura com a realidade.

 

Serviço:

Espetáculo: O SEGREDO DA ARCA DE TRANCOSO

Data: Sábados e Domingos às 16h30 – De 13 de abril à 26 de maio de 2019.

Local:  Teatro Barreto Júnior (Rua Estudante Jeremias Bastos S/N – Bairro do Pina – Recife – PE)

Valor:  R$30,00 (inteira) R$15,00 (meia entrada – Crianças a partir de 02 anos, estudantes, professores e boa idade  mediante apresentação de carteira). Vendas uma hora antes nos dias de apresentação na bilheteria do Teatro Barreto Júnior ou vendas antecipadas pela plataforma Sympla no link

Informações: 081. 3302-5914 / 99609-3838

Festival de Teatro

Esta semana começa o 16º Festival Recife do Teatro Nacional, será uma semana repleta de bons espetáculos teatrais para a família! Serão 18 espetáculos espalhados pela cidade, em teatros e espaços públicos. As apresentações em espaços abertos serão gratuitas!

 

Confiram a programação, a sinopse e se organizem para prestigiar o evento!

 

 

SINOPSE DOS ESPETÁCULOS:

 

1 – Os Gigantes da Montanha (Grupo Galpão/MG) – A fábula “Os Gigantes da Montanha” narra a chegada de uma companhia teatral decadente a uma vila mágica, povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone. Escrita por Luigi Pirandello, a peça é uma alegoria sobre o valor do teatro (e, por extensão, da poesia e da arte) e sua capacidade de comunicação com o mundo moderno, cada vez mais pragmático e empenhado nos afazeres materiais.
Local: Sítio TrindadeDuração: 1:20hGRATUITO

 

2 – De Íris ao Arco-Íris (Produtores Independentes/PE) – A montagem conta a história da lagarta Íris, muito curiosa, que faz de tudo para chegar ao Reino Encantado. Nesse seu caminho, a personagem vai encontrar muitos obstáculos, mas não vai desistir. É uma história baseada na perseverança. O espetáculo foi pensado para contemplar também as crianças surdas, como se fosse cinema de animação: não há falas e o roteiro não necessariamente segue uma lógica linear. A trilha sonora composta pelo músico Júlio Morais, não tem como objetivo contar a história.
Local: Teatro Marco Camarotti (SESC Santo Amaro)Duração: 50 min.INGRESSOS: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)

 

3 – As Levianinhas em Pocket Show para Crianças (Cia Animée/PE) – O espetáculo da Cia Animé traz no elenco as atrizes-palhaças Enne Marx (Mary En), Juliana de Almeida (Baju), Nara Menezes (Aurhelia) e Tâmara Floriano (Tan Tan) com músicas para todas as idades e muitas trapalhadas garantindo boas risadas para o público. Além disso, a peça conta com o recurso de tradução em libras.
Local: Teatro Hermilo Borba FilhoDuração: 1:00 h – INGRESSOS: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)

 

4 – Luiz Lua Gonzaga (Grupo Magiluth/PE) -  Um projeto que tem apoio da Funarte. Osseis  meninos do Grupo Magiluth chamaram os músicos Pedro Cardoso e João Tragtenberg, este último um catarinense que viajou a Pernambuco para aprender a tocar sanfona com o Mestre Camarão. Pedro Vilela, diretor da montagem, prefere a palavra celebração a espetáculo. Um dos charmes é um boneco manipulado pelo elenco, criado pelo ator Lucas Torres para remeter à tradição das feiras populares. A obra não é um relato enciclopédico.
Local:Sítio Trindade, Bomba do Hemetério e CoqueDuração: 50 minutos – GRATUITO

 

5 – Acontecimento em Vila Feliz (Cia. Pierrot Lunar/MG) – Acontecimento em Vila Feliz revela uma fictícia vila mineira, que se vê às voltas com a suposta gravidez de uma de suas personagens mais ilustres e controversas: Helena, jovem bonita e sedutora, amada pelos homens da cidade e invejada pelas mulheres, casa-se com um forasteiro, gerando intrigas e maledicências por parte dos moradores, transformando sua vida num caos irreversível. Utilizando o recurso da ironia, Aníbal Machado compõe, a partir de um microuniverso, um painel da vida em sociedade, explorando as singularidades da cultura mineira, seus tipos, hábitos, costumes e comportamento.
Local: Sítio Trindade, Bomba do Hemetério e CoqueDuração: 55 minutosGRATUITO

 

6 – Cafuringa (Grupo Cafuringa/PE) – A peça homenageia o ventríloquo Rubens Martins, conhecido como Mestre Cafuringa. O artista, que comercializava garrafadas pelas ruas do Recife, ficou conhecido por divertir os transeuntes com seu boneco Joãozinho durante as décadas de 1980 e 1990. Em 2000, a Igreja e a Polícia Militar o expulsou do Pátio do Carmo, junto com os camelôs e prostitutas que ocupavam o local.
Local: Sítio Trindade, Bomba do Hemetério e Coque - Duração: 1:00h – GRATUITO

 

7 – O Menino da Gaiola (Bureau de Cultura e Turismo/PE) – O enredo de “O menino da gaiola” conta a história de Vito, um menino órfão de nove anos que, inspirado na criação de pássaros do seu tio Efúvio, resolve sair pelo mundo acompanhado apenas de uma gaiola e com uma pergunta na cabeça: “Você tem algum sonho preso?”. A partir daí ele começa a anotar os sonhos das pessoas que vai encontrando pelo caminho com o objetivo de “soltar” esses desejos para que “voem” pelo mundo. A avó do garoto, Dona Erundina, teme os perigos que Vito possa enfrentar ao desbravar o mundo.
Local: Teatro Barreto JuniorDuração: 50 minutos – INGRESSOS: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)

 

8 – Coisas do Mar (Grupo Teatral Ariano Suassuna/PE) - O Capitão navega com sua tripulação em alto mar, para procurar o tesouro perdido, porém a busca pelo tesouro é interrompida por situações inesperadas, que colocam o Capitão e todos os marujos em situações perigosas, em meio a tantos perigos o tão venerado e valente Capitão é devorado pelo mar e deixa seus piratas em apuros. A partir daí toda tripulação terá que aprender a viver sem seu grande líder.
Local: Teatro Apolo - Duração: 50 minutos – INGRESSOS: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)

 

 

SERVIÇO
Ingressos:
Teatros: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada). Os espetáculos de rua são gratuitos.
Endereços:
Teatro Barreto Júnior
Endereço: Rua Estudante Jeremias Bastos, s/n, Pina
Telefone: 81. 3355-6398 / 6399
Teatro Apolo
Endereço: Rua do Apolo, 121, Bairro do Recife
Telefone: (81) 3355-3320 / 3321
Teatro Hermilo Borba Filho
Endereço: Cais do Apolo, s/n, Bairro do Recife
Telefone: (81) 3355-3320 / 3321
Teatro Marco Camarotti – (SESC Santo Amaro)
Endereço: Rua do Pombal, s/nº, Santo Amaro
Telefone: (81) 3212-1728