Para criança meter o nariz

Nesta sexta feira tem lançamento do livro infantojuvenil “Pra criança meter o nariz: Três peças para infância e juventude“. Durante o evento terá musicas do livro (ao vivo), intervenções artísticas, venda do livro, autógrafos e bate papo com o autor Miro Ribeiro.

 

Com uma sociedade que vem modificando os hábitos culturais e a forma de pensar, podemos questionar qual o papel que é “servido” à criança dentro dessa nova realidade. As crianças são seres pensantes, inteligentes, podem e devem estar conscientes das mudanças sociais e das questões ligadas ao que é inerente ao existir: sentir. Partindo dessa premissa, “Para criança meter o nariz: Três peças para infância e juventude”, reúne três dramaturgias as quais abordam questões pouco discutidas com a criança, tais como o machismo, violência contra mulher, questões de gênero, ganância, preconceitos e morte. Os temas são abordados com muita sensibilidade, mostrando que é possível conversar com a criança sobre qualquer coisa, trabalhando o desenvolvimento de sua capacidade crítica e ampliando sua visão de mundo.

 

SERVIÇO:

Onde: Teatro Joaquim Cardozo- Recife-PE (próximo da casa de recepções Blue Angel e do Clube Internacional)

Quando: 13 de abril de 2018, às 19h30

Quanto: R$ 50,00 (Livro). Entrada gratuita para o evento.

Livros com praticidade no Varejão do Estudante

 

Final do ano chegou, as crianças estão entrando de férias e agora o que mais queremos é aproveitar ao máximo ao lado delas, não é mesmo? Mas para isso algumas coisas precisam ser feitas e providenciadas, pois o ano letivo acabou, mas já já se inicia o próximo, e tudo tem que estar devidamente organizado, para evitar dor de cabeça e gastos extras…

 

Uma destas tarefas que sempre tomam um tempo enorme é a compra do material escolar, pois temos que ficar indo de loja em loja para encontrar tudo, muita perda te tempo e de paciência… E  é pensando nisso que eu trouxe uma dica para facilitar parte deste processo: Vocês conhecem o site do Varejão do Estudante? É uma livraria que vende online para TODO o Brasil, onde basta colocarmos o nosso estado, a escola da criança e a série, que rapidamente já receberemos toda relação dos livros, com seus referidos preços. Praticidade total, pois compramos sem nem sair de casa e eles entregam tudo bem rapidinho!

 

E se não bastasse a praticidade da compra online, eles ainda têm uma ótima forma de pagamento. Quem comprar o material até o dia 21 de janeiro de 2018, poderá parcelar a compra em até 12 vezes sem juros (com parcelas mínimas de R$40,00, nos cartões de crédito Visa, Master, Elo e Diners e em 10 vezes no Hiper). E neste prazo, a pessoa que comprar acima de R$600,00 terá o frete gratuito (para quem mora em Recife ou Região Metropolitana).

 

Mas se você é o tipo de pessoa que gosta de ir na loja, ver e pegar o livro antes de comprar, o Varejão também tem loja física, que fica na Rua Manoel Borba (nº267/283), bairro da Boa Vista (por trás do Shopping Boa Vista, com amplo estacionamento). A forma de pagamento será igual para a loja virtual ou física, maiores informações vocês podem se informar através do telefone (81) 2123-5853.

A história de uma boca

A #DicaDeLivro hoje vai para ajudar as mamãe e papais na tarefa, muitas vezes difícil, de colocar as crianças para escovar os dentes e ensinar a importância dos cuidados que devemos ter com a nossa boca, e é o livro: A história de uma boca. Comprei este livro há algum tempo e desde então lemos com bastante frequência, e quando Manu não quer escovar os dentes já lembro dos bichinhos, que ela vai rapidinho kkkk E um detalhe bem legal é que a escritora é dentista, então os ensinamentos são todos bem corretos!

 

A história é longa e talvez os muito pequenos não se atenham aos detalhes, mas dá pra ir mostrando as ilustrações, que são bem legais, e ir prendendo assim a atenção deles. Mas Manu com 3 anos já conseguia escutar a história inteira e às vezes ainda pedia para repetir, logo em seguida.

 

Sinopse:

A história, escrita por uma dentista, tem como personagens os dentes de uma criança de 6 anos, que levam uma vida nada fácil, convivendo com a sujeira deixada pelos doces ingeridos em excesso, atacados constantemente pelos bichos da cárie. A única salvação para os pobres dentinhos é a visita ao dentista, que os cura com seus remédios, além de apresentar a escova e o fio dental ao pequeno dono da boca. Sobre o autor: Ana Valéria Fink nascida nos anos 60, paranaense, mora na Bahia, depois de ter vivido também em São Paulo e Santa Catarina. Formada em Odontologia, mãe de cinco filhos, poeta, contista e cronista, participou com poemas da antologia Novelo (Ponta Grossa: Centro de Publicações da Universidade Estadual de Ponta Grossa, 1995). Publicou Regando os jardins do Senhor e outras crônicas (Ibicaraí: Via Litterarum, 2015), coletânea de crônicas variadas.

 

Ficha Técnica:

Livro: A história de uma boca

Autor: Ana Valéria Fink

Ilustrador: Jarbas Domingos

Editora: Cepe Editora

Indicado: para crianças a partir de 3 anos

Como escolher livros infantis para seu filho?

Foto: Arquivo pessoal Dicas Miúdas

 

É com grande alegria que eu comunico a vocês que minhas queridas amigas e colaboradoras Luciana Hodges e Alena Nobre estão de volta ao Dicas Miúdas, com textos sempre muito interessantes para nos ajudar com nossos filhos! E começando esta “nova temporada” elas trouxeram um tema que eu particularmente adoro: Livros! Você estimula seus filhos a lerem? Eles possuem livros adequados a suas faixas de idade? Vejam algumas dicas de como escolher corretamente os livros, que elas trouxeram e eu aproveitei que estive na feira de livros Eu Amo Ler, que tem ótimos preços e uma boa variedade de livros, e trouxe umas opções para ilustrar a matéria, boa leitura!

 

Uma pequena biblioteca de livros infantis em casa é um incentivo para que os nossos filhos desenvolvam a leitura. A habilidade de ler é essencial tanto para a vida escolar, já que todas as matérias dependem de leitura e interpretação de texto, quanto para a vida pessoal de modo geral.

 

Ainda mais importante que isso, ter livros em casa incentiva os filhos a GOSTAR de ler. Como a leitura vai ser importante e inevitável ao longo da vida toda, o ideal é que esteja bem longe de ser algo desagradável, não é mesmo?
Resolvemos dar uma mãozinha pra ajudar vocês a escolherem, dentro de tanta variedade que existe no mercado, que tipo de livros dar de presente às suas crianças (olha o natal chegando, gente!). Sabemos que leitura é um gosto muito pessoal, então pensamos em sugerir alguns critérios que vão facilitar as suas escolhas.

 

Para crianças de todas as idades:

A regra básica é que a leitura seja fonte de prazer. Se os livros de casa forem vistos como uma extensão das obrigações escolares, muito provavelmente terão o efeito contrário ao que se propõe, e serão um desestímulo à leitura. Em casa você deve favorecer que a leitura seja associada à diversão, um entretenimento lúdico que é quase uma brincadeira!

 

Para os pequenos a sugestão são livros com fantoches, com botões musicais e que narram a história e livros resistentes, como os de banho, que são de plástico.

 

Para crianças de 0 a 3 anos:

Dê preferência a livros feitos com materiais mais duradouros e menos delicados. Nessa idade seu filho vai manuseá-los mais grosseiramente, jogar no chão, amassar, morder, sacudir, como faria com qualquer brinquedo. Faz parte do aprendizado dele e da exploração do mundo.

 

Os livros feitos para essa idade dão ênfase às ilustrações, e frequentemente são focados em conceitos que as crianças estão aprendendo, tais como cores, números, animais, alimentos, formas e texturas, etc.

 

Os livros mais interativos são bem interessantes nessa fase. A criança pode pressionar, abrir abas, apertar botões, tocar, etc. É um bom modo de manter a atenção delas de um jeito divertido.

 

Livros com personagens conhecidos, como os da Turma da Mônica podem aumentar o interesse da criança. Livros interativos com quebra cabeças. Livros com personagens conhecidos da TV e é claro que clássicos como Peter Pan e Pinóquio, dentre outros.

Para crianças de 4 a 7 anos:

Nessa idade não podem faltar os livrinhos com rimas. Eles são muito interessantes, pois ajudam no processo de alfabetização. As rimas ajudam a criança a refletir sobre os sons da fala, e a fazer a relação entre as letras e os sons. Essa habilidade de pensar sobre a estrutura sonora das palavras é essencial para que ela se alfabetize.

 

A criança nessa idade costuma ter seus filmes e programas de televisão favoritos. Em geral, há livros sobre os mesmos temas e personagens, que podem ser atraentes para eles.

Os contos de fadas e histórias tradicionais também começam a ser mais apreciados nessa idade.

 

Livros que tragam curiosidades sobre um tema específico, como é o caso dos dinossauros, que geralmente conquista todas as crianças, principalmente os meninos. Livros com perguntas curiosas e suas respectivas respostas. E livros com assuntos do cotidiano, como por exemplo lavar o cabelo, mas contado de forma diferente e divertida.

Para crianças maiores:

Crianças em torno dos 8 anos de idade já começam a ter suas preferências mais definidas. Podem participar no processo de escolha dos livros, selecionando assuntos, histórias, personagens, que mais lhes agradem.

 

O que não pode faltar numa biblioteca caseira bem “balanceada”:

 

  • · Livros que abordem valores importantes para a família. Cada uma tem os seus. Que valores você quer transmitir a seus filhos? Quais são aqueles que você prioriza? Bondade, Honestidade, Amizade, Tolerância, Perseverança, Respeito à diversidade? Procure livrinhos com histórias que falem sobre eles. Há muitas opções legais no mercado.

 

  • · Livros que tratem de assuntos comuns no dia a dia das crianças. Leve em consideração a fase do desenvolvimento. Por exemplo, há livros que falam sobre medo de dormir sozinho, sobre socialização, sobre virar irmão mais velho, sobre ir para a escola pela primeira vez, sobre mudar de escola, ou mudar de cidade… o que o seu filho está vivenciando ultimamente, ou está prestes a vivenciar? Com certeza há livrinhos falando sobre isso.

 

  • · Livros que falem de sentimentos. Ninguém nasce sabendo nomear o que está sentindo, e muito menos como lidar adequadamente com as emoções. Há livros sobre as emoções consideradas boas, e sobre aquelas que não gostamos de sentir, como medo, timidez, ciúmes. Ler pode ser bem menos ameaçador para a criança do que conversar sobre o assunto, de primeira. Aliás, o livro pode ser um bom começo para muitas conversas sobre o tema.

 

  • · Livros que estimulem a criatividade e a curiosidade. Muitos livros ensinam novas habilidades, como desenhar, cozinhar, fazer dobraduras, etc. Alguns são recheados de atividades para os pequenos. São livros ótimos de se ter à mão em viagens, consultórios médicos e tardes chuvosas, para distrair as crianças.

 

  • · Pra finalizar esse post, um toque muito especial: não podem faltar livros que pertenceram aos pais! Se você não tem a edição original do(s) livro(s) que costumava amar na infância, pode comprar um igual para seu filho. Afinal, o bom exemplo do hábito da leitura começa nesse compartilhar. Qual livro marcou a sua infância? Seus filhos vão adorar saber mais sobre você e seus gostos quando era criança! Vai render boas conversas e, de bônus, o fortalecimento do seu vínculo afetivo com ele.

Livros de atividades são bons para todos os momentos, principalmente quando vamos sair para um médico ou restaurante. Pode ser uma atividade artística, como ensinar a criar bonecos de massinha ou desenhar bonecos. Podem ter atividades educativas como aprender sobre assuntos diversos e até mesmo a escrever! E livros de colorir que sempre são muito bem aceitos, principalmente quando trás desenhos do interesse da criança.

Luciana Hodges é psicóloga, doutora e pós-doutora em psicologia cognitiva. Alena Nobre é pedagoga, mestre e doutora em psicologia cognitiva. Juntas, realizam projetos na área de educação e desenvolvimento infantil e também estão sempre trazendo ótimas dicas em suas redes sociais (Bases cognitivas, no facebook e no instagram @basescognitivas). contato: basescognitivas@gmail.com 

Pipo, o troca – chupetas

Foto Divulgação

 

Para os papais de filhos que amam uma chupeta eu trago hoje uma Dica de Livro que irá ajudar no processo de dar tchau a estas amiguinhas tão queridas dos pequenos e que muitas vezes não conseguem se desapegar delas!!!! O Livro “Pipo o troca – chupetas, de Tatiana Sotero traz uma história super atrativa e numa linguagem bem acessível para as crianças, que com certeza irão se identificar com a história e quem sabe você não terá uma ajuda para retirar a chupeta das crianças?!

 

É um livro recém nascido e que terá seu lançamento esta semana (22/10/16) às 10h na Vila 7 do Shopping RioMar, com contação de história feita pelo Tapete Voador e a presença da autora autografando os livros.

 

Sinopse:

Nanda completou três aninhos e negocia com a mãe a retirada de suas chupetas. É aí que conhece a história de Pipo, um garoto cuja missão é recolher as pepês das crianças grandes e não deixar que faltá-las para os bebezinhos. Ele é dono de uma máquina de troca-chupetas, capaz de transformar restos de pepês em brinquedos.

 

Ficha Técnica:

Livro: Pipo o troca – chupetas

Autor: Tatiana Sotero

Ilustrador: Jarbas Domingos

Editora: Cepe

Indicado: para crianças a partir de 2 anos