Vamos preparar uma festa?

Atendendo aos pedidos eu vou fazer uma coisa que ADORO: falar sobre festas!

 

 

Quando eu penso em festas lembro da minha época de criança, quando um bolo, cachorro quente, coxinha e brigadeiro, uma caixinha (recheada com bombons), um quebra panela e algumas brincadeiras infantis, muitas vezes sem recreador para coordenar fazia a nossa alegria e hoje é tudo tão diferente… Os tempos mudaram e até a festa mais simples hoje tem mais coisas do que as de antigamente, mas garanto que muitas vezes todo o glamour não é simplesmente para agradar o aniversariante e sim para alegrar e massagear o ego dos pais, que nunca tiveram nada parecido e hoje podem oferecer aos seus filhos e familiares uma festa mágica.

 

E como toda festa começa muito antes do grande dia, principalmente quando é para crianças e queremos fazer tudo para a alegria dos nossos pequenos. Mas não é tão simples assim, afinal de contas hoje as festas se transformaram em um mundo de encantos e magia, diante de tantas opções de itens as festas infantis deixaram de ser um encontro de crianças com bolo e brigadeiro, para se tornarem mega eventos, bem diferente da minha época de criança… E com todas as ofertas deste “mercado de festas” fica difícil controlar os gastos e decidir o quê e como fazer, foi pensando nisso que irei detalhar algumas etapas e tentar ajudar quem está começando ou ainda não está acostumado com tantas decisões para tomar, antes de comemorar!

 

Para começar vamos definir quais seriam as etapas para a preparação da festa:

1º) Definir a quantidade de convidados

Este item pode não parecer muito importante, mas será decisivo para você nortear todo o restante. É com esta informação que você poderá saber o tamanho necessário para o local da festa, poderá calcular gastos com comidas e bebidas, quantidade de lembrancinhas, caixinhas, guloseimas (se for fazer)…

 

2º) Definir data e hora

É importante saber a data e o horário da festa, pois muitas coisas podem variar em função destas informações. Principalmente em relação às comidas e bebidas. E até contratação de casa de festas ou prestadores de serviços terá, na maioria das vezes, o valor relacionado a estas informações.

 

3º) Definir o Local e Buffet

Depois de definidos os itens acima, o próximo passo será escolher o local da festa. Este é um item que muitas vezes deixa a dúvida no ar: o que vale mais a pena (custo X benefício) fazer a festa em casa ou numa casa de festas? Tudo isso vai ser muito relativo. Não dá para responder assim “de cara” sem saber todo o planejamento que está previsto para a festa. Dependendo do local você terá que organizar também o buffet (comes e bebes, garçons, louças…). Como podem ver este é um item bem importante e por isso vamos detalhar e conversar mais sobre ele em outro post.

 

4º) Definir a Decoração

Chegou a hora de definir o tema que norteará toda a decoração da festa, roupa do aniversariante… Este é um item que dependendo do que você optar fazer será mais simples ou poderá se subdividir em vários subitens (decoração, caixinhas, lembrancinhas, personalizados).  Podemos também encaixar dentro deste item um ponto muito importante em toda festa de aniversário: o  bolo! Afinal sem ele não tem parabéns e sem parabéns não tem graça! Este tema também é bem amplo e muito importante, então teremos um post exclusivo para ele.

 

5º) Batendo o martelo

Tudo mais ou menos definido é hora de “bater o martelo” e resolver o quê e como vai fazer, o quê e quem contratar (serviços e profissionais)… Realmente chegou a hora de sair do papel e cair em campo, pois muitos preparativos e decisões que só você pode tomar lhe aguardam!

 

E Boa Festa!

 

Na próxima semana teremos mais novidades e Dicas sobre este mesmo tema, então quem tiver alguma dúvida ou sugestão pode me enviar pela fanpage, da aba de CONTATO do blog ou através do e-mail (regina@dicasmiudas.com.br). E quem quiser enviar fotos sobre este tema (para o nosso mural ou até para ser utilizada em algum post) pode mandar para o mesmo e-mail, será um prazer e uma diversão… Inclusive se a foto for das antigas também está valendo para fazermos comparações…

Faça Seu Comentário

  1. Regina,

    Amei o post, até porque estou preparando uma festinha pros meninos. Vão fazer 2 anos em setembro, falta 5 meses. Até agora, fiz a lista de convidados. Reservei o salão de festa do prédio. Contratei a decoração com balões, piscina de bolas e algodão doce. Comprei as velas. Comecei a fazer o convite virtual. Por esses dias estarei comprando um painel pra parede com o tema – escolhi Patati Patatá – as sacolinhas (as mais simples, as de plástico) e os balões. Deixarei pra mais perto a compra de copos, talhares, guardanapos, refrigerantes e as guloseimas que vão alimentar as sacolinhas. Mas estou em dúvida com quanta antecedência se faz tudo isso, sabe, você poderia ajudar? Já tá na hora de contratar os doces, os salgados e o bolo?

    • Outra coisa, concordo com você que as festinhas do nosso tempo eram mais simples, baratas e muito divertidas. A de 1 ano dos meninos, fiz em casa, só com salgados, doces e 1 bolo, só pais, padrinhos e tios. Gastei 120 reais e eles se divertiram bastante. A de agora, vou caprichar mais, porque quero chamar meus amigos que têm filhos, mas mesmo assim não vou investir tanto, pois ainda são pequenos e só vão aproveitar mesmo com 4 anos. Tem festa por aí que tem tanta coisa, tanta informação, que fica difícil até usufruir de tudo. Acho que precisa saber dosar bem, sabe? Não é preciso pôr tudo que o mercado oferece para que as crianças se divirtam.

  2. Regina, o que esta acontecendo nos dias de hoje, é que muitos pais contratam profissionais para abrilhantar as festas nao so para ficar bonitas, mas para aparecer, as vezes esquecem que a festa é de criança para criança. Usar temas para tal é normal, mas acho que estão esquecendo de algumas simplicidade que fazem a diferença. Gostaria que você abordasse no tema sobre o primeiro aninho o que fazer e o que nao pode deixar de ser feito. Estou em duvida para o niver da minha baby, pois ainda nao sei do que realmente ela gosta. Parabéns. Deus te ilumine.

    • Oi Tamirys,

      Realmente há muita gente querendo vender produtos e serviços exageradamente e muitos pais que querem ostentar. Mas penso também que há muito de poder fazer o que você nunca teve e hoje pode oferecer para seus filhos e familiares. Além de mostrar para todos que você está “podendo” kkkk também tem o lado da satisfação pessoal.

      Quanto às suas solicitações irei responder todas, cada semana abordaremos um ou alguns temas diferentes.
      E muito obrigada pela participação!
      Beijos