O Baile do Menino Deus

Lembro da minha infância quando assisti ao espetáculo “O Baile do Menino Deus” com meu pai, no Teatro de Santa Isabel… Adorava, tínhamos o disco de vinil, eu sabia todas as músicas de cor. E ver que ainda hoje o espetáculo continua sendo exibido e atraindo muita gente me dá muita alegria…

 

Fotos: Gianny Melo

 

“A maior consagração é ter se tornado de domínio público com autores vivos”. É assim que o dramaturgo Ronaldo Correia de Brito festeja os 30 anos de sua obra mais conhecida, “Baile do Menino Deus”, composta em parceria com o escritor Assis Lima e o músico Antônio Madureira. Com sucesso impressionante desde o seu lançamento, em 1983, com encenação dirigida pelo próprio Ronaldo para a Companhia Práxis Dramática, a peça ganhou formato de grandiosa cantata natalina em 2004, na praça do Marco Zero, pela Relicário Produções, com a produtora Carla Valença à frente e direção do mesmo Ronaldo Correia de Brito. Desde então, há dez anos, vem atraindo famílias inteiras como o maior espetáculo do Natal apresentado pela Prefeitura do Recife e Governo do Estado de Pernambuco. A temporada desta 10ª edição será de 23 a 25 de dezembro, sempre às 20:00h, com entrada totalmente franca.

 

“Há pelo menos três gerações o Baile do Menino Deus é amado”, diz com orgulho Ronaldo Correia de Brito. “Mas, no fundo, ainda me impressiona que seja tão atual e toque tanto as pessoas. Certamente por ser uma grande celebração, um ritual de nascimento, ao nosso modo, do Menino Deus. É por ele que fazemos”, complementa. Nesta versão, a montagem transforma-se numa verdadeira ópera popular de rua, vista por mais de 60 mil pessoas a cada nova edição como principal atração cênica do Natal de milhares de famílias que frequentam a praça do Marco Zero. No enredo, dois Mateus, juntos a um grupo de crianças, tentam abrir uma porta para celebrar o nascimento do Menino Jesus, com o consentimento de Maria e José, em meio a aparição de personagens fantásticos como o Anjo Bom, o Jaraguá, a Burrinha Zabilin e a Ciganinha.

 

Com canções inesquecíveis como Romã, Romã, Cantiga Para Acalentar o Menino, Ciganinha, Beija-Flor e Borboleta e Jaraguá, a trilha sonora é totalmente acompanhada pelo público, que já conhece cada canção de cor e salteado. “A música dá toda a sustentação ao espetáculo, pela delicadeza contida. Ela realça a poesia do texto. Por isso continuo achando esta obra iluminada, sem data, para sempre, além de ser iniciática e metáfísica”, diz, sem modéstia, Ronaldo Correia de Brito. A renovação, de fato, é o que propõe o espetáculo, além de uma celebração do Natal com jeito bem brasileiro. E haja popularidade festiva!

 

“Senhores donos da casa, Jesus, José e Maria

O Baile aqui não termina, o Baile aqui principia

Do mesmo jeito que o sol se renova a cada dia

Da mesma forma que a lua quatro vezes se recria

Do mesmo tanto que a estrela repassa a rota e nos guia”.

 

Serviços:

 

Espetáculo: Baile do Menino Deus – Uma Brincadeira de Natal

Local: Praça do Marco Zero – Recife

Data: 23, 24 e 25 de dezembro de 2013

Hora: 20:00h

Ingresso: Gratuito

Informações: 81. 3222 0025 / 9292 1316

Faça Seu Comentário

  1. Eu qro esse livrooooooooooooooooo. Adoro ler livro para ralexar, mas jc3a1 tem um tempinho q a facul me tirou atc3a9 isso :S Qria poder viajar sem ser pra dentro de uam cc3a9lula. Qm sabe dessa vez eu num viajo pelo tempo?!