Museu faz oficinas inspiradas em Burle Marx

No mês de celebrar os 109 anos do paisagista e arquiteto Roberto Burle Marx, o Museu da Cidade do Recife promove oficinas inspiradas na poética do artista inserida nos jardins e canteiros projetados por ele na Cidade. Neste sábado (25/08/18), o arte-educador Emerson Pontes ministra aulas de colagem e de produção de objetos a partir da observação das obras do arquiteto.

 

Cada oficina tem 20 vagas e as inscrições, que devem ser feitas na hora da atividade, são gratuitas.

 

Oficina ‘Primeiras Ideias de Um Jardim’ – Recortes e colagens Os projetos de desenho orgânico do paisagista do final da década de 1930 são o ponto de partida para sucessivas colagens, explorando os campos bidimensional e tridimensional. Apresentação de simulacros, conversa informal e muita criatividade em pauta para entender o processo criativo do Mestre Burle Marx.

Hora: das 10h às 12h.

Público: crianças a partir de 12 anos.

 

Oficina ‘Minifloras Afetivas’ – Construção do objeto-verde No que os nossos resíduos podem se transformar? A imitação da natureza é o fio condutor da atividade de reprodução das espécies de plantas elencadas pelo paisagista em seus planos de jardins. A partir de um passo a passo, com apresentação de simulacros e esboços, com observação atenta aos materiais e descartes do nosso dia a dia, o artista promove sorrisos a partir da delicadeza de uma ‘falsa floresta’ com o público participante.

Hora: das 14h às 16h.

Público: a partir de 16 anos.

 

Serviço

Museu da Cidade do Recife

Endereço: Forte das Cinco Pontas, bairro de São José.

Visitação: de terça a domingo, das 9h às 17h

Quando: oficinas – 25/08/18

Quanto: entrada gratuita

Museu da Cidade do Recife – 3355-9540 / 9545 / 9547

www.museudacidadedorecife.org

Oficinas de Artes para Crianças

Foto: Divulgação

 

O Museu da Cidade do Recife preparou uma programação especial para celebrar a 11ª Primavera dos Museus, que acontece entre os dias 18 a 24 de setembro, com a participação de 900 museus do País. Promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), a semana tem o intuito de aproximar o público das instituições, fomentando atividades culturais e de lazer. A programação do MCR nesta edição faz uma homenagem ao religioso e cientista pernambucano Manoel Arruda da Câmara, considerado um dos grandes botânicos do fim do século 18.
Uma animação produzida pela videasta Lúcia Matos sobre o legado deixado por Arruda da Câmara, como os vários desenhos da fauna e da flora pernambucana, será exibido durante toda a semana no Museu. Crianças a partir dos 8 anos também poderão participar no dia 20 de setembro, das 15h às 17h, de uma oficina gratuita de aquarela onde os desenhos do botânico servirão de inspiração.
Além da oficina de aquarela, a programação infantil conta com a oficina de pintura soprada no dia 23 de setembro, das 10h às 12h, onde o tema trabalhado será a exposição “1817 – Revolução Republicana”. Após a visitação guiada pela exposição que marca o bicentenário da revolta, retratando os acontecimentos da época e sua relação com o presente, a garotada será convidada a soltar a imaginação com sopros e tintas.

BANDEIRAS – O público que visitar o Museu durante toda a semana poderá participar, ainda, independentemente da idade e do dia, da oficina “Nossas Bandeiras”. A oficina faz parte da exposição sobre 1817 e convida o visitante a criar e expor a sua própria bandeira – há papel e lápis de cor/cera para a empreitada e um varal para que a obra seja colocada. A ideia é que cada um faça sua bandeira e exponha seus ideais revolucionários.
O MCR vai promover, ainda, durante a 11ª Primavera dos Museus, oficinas gratuitas voltadas especialmente para alunos de escolas do Recife e por isso não entram na grade aberta ao público.

SERVIÇO: 
Museu da Cidade do Recife (Praça das Cinco Pontas, S/N Forte das Cinco Pontas – São José)
Informações: (81) 3355-6871

** Oficina de aquarela experimental para crianças
Dia 20 de setembro, das 15h às 17h
Crianças a partir dos 8 anos
** Oficina de Pintura Soprada
Dia 23 de setembro, das 10h às 12h
Crianças a partir dos 8 anos
** Oficina Nossas Bandeiras 
De 19 a 24 de setembro, das 9h às 17h, com opção de visita monitorada pela exposição “1817 – Revolução Republicana”
Para todas as idades
** As inscrições para participar das oficinas devem ser feitas pelo e-mail educativomcr@gmail.com. O interessado precisa informar qual atividade deseja participar.
Festas por toda a Cidade

E a prefeitura do Recife preparou um monte de atrações para comemorar o Dia das Crianças… Confiram a programação e Boa Diversão!

 

Crédito: Andréa Rego Barros

Parque Dona Lindu

 

Dois dias inteirinhos de música e arte dedicados especialmente para a criançada. Essa é a proposta da 2ª Edição do Festival da Criança, que acontece neste sábado (11) e domingo (12), no Parque Dona Lindu. O evento, idealizado pelas musicistas Aninha e Lulu Araújo, da Varinha de Condão Produções, mais conhecidas do público infantil como as Fadas Magrinhas, vai movimentar a agenda infantil com uma variedade de atividades bem especiais, gratuitas, e indicadas para compartilhar com toda família. Na programação: shows, exposições, oficinas, planetário, piquenique e feira de troca de brinquedos, começando às 15h. Tudo Gratuito!!!

 

Museu da Cidade do Recife

 

O Museu da Cidade do Recife, que fica no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, vai comemorar, neste sábado (11), às 16h, o Dia das Crianças com atividade lúdica e gratuita para os pequenos. É a “História para se encontrar”, contação de uma narrativa com Adélia Oliveira, usando músicas e elementos da cultura popular nordestina, no cenário tão especial para a capital pernambucana.

 

Crédito: Andréa Rego Barros

 

Paço do Frevo

 

O Museu, que fica na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife, montou uma programação especial, das 13h às 18h, com várias atividades lúdicas e interativas. No Centro de Documentação e Pesquisa Maestro Guerra-Peixe, no térreo do Paço do Frevo, haverá a Contação de Histórias, onde educadores do museu contarão histórias de quatro livros, sendo dois voltados para o público infantil (Frevolina e 100 anos do frevo) e outros dois para o público infanto-juvenil (Brasil Africano Frevo e Peixinho, o menino do frevo). Já no 1º andar, é a música que se encarregará de divertir as crianças, que participarão do Toca Frevo, uma vivência lúdica com dinâmicas que usam a voz e o corpo para ensinar as diferenças entre o frevo de rua, o frevo de bloco e o frevo-canção.

 

Subindo para o 2º andar do museu, a criançada poderá se divertir com o Vamos Cair no Passo, vivência na qual aprenderão 10 passos básicos de frevo. Haverá também a atividade manual Faça Sua Troça, que reunirá os pequenos na Sala de Oficinas para confeccionar seu próprio miniestandarte, utilizando colagens e pinturas. Já a Praça do Frevo, no 3º andar do museu, será o palco onde elas participarão de brincadeiras como Jogo de Palavras, Caça ao Tesouro e Não Deixe a Bola Cair (jogo de perguntas e respostas sobre o universo do frevo).

Extrapolando as paredes do Paço do Frevo, a programação comemorativa do Dia das Crianças ganhará as ruas do Bairro do Recife com o Arrastão, que terá a participação do Bloco Lírico Infantil Sonho e Fantasia. Fundado em dezembro de 2003, o bloco proporciona às crianças e aos adolescentes o acesso à magia, à cultura e ao encanto dos frevos de bloco do Recife e promete uma tarde de muito lirismo para celebrar essa data especial. A concentração será às 15h do domingo (12), no Marco Zero, no Bairro do Recife, de onde o Arrastão sairá às 16h.

 

Para ter participar das atividades que acontecem dentro do Paço do Frevo, o ingresso do Museu custa R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia). Já no arrastão, que faz a festa pelas ruas do Bairro do Recife, o acesso é livre.

 

Sítio Trindade

 

No Sítio Trindade, em Casa Amarela, o Dia das Crianças será comemorado às 16h, com a apresentação da peça infantil O rapto do presente, pela Cia D’Loucos de Teatro Popular. A atividade, gratuita, conta a história de Gustavo, um menino que não gosta de estudar, não respeita os mais velhos e tem seu presente raptado por um pirata. Na companhia do Palhaço Cafuné, o menino envereda numa grande aventura para recuperar seu presente.

 

Burle Max

 

Programação super diferente, onde as crianças do Recife terão a oportunidade de conhecer a vida e obra de Burle Marx, paisagista de renome internacional falecido há 20 anos. A peça infantil “O Baú de Burle Marx”, da Cia de Teatro O Baú. A programação inclui ainda uma visita guiada pela exposição “Recife Em Cantos”, onde os pequenos poderão conferir algumas das praças idealizadas pelo paisagista.

 

A peça infantil “O Baú de Burle Marx” conta a aventura de três amigos Aninho (Adriano Cabral), Dinha (Hilda Torres) e Reizinho (Samuel Lira) que, ao explorarem o baú encantando “Sete Saias da Lua”, se deparam com a Saia de Cor Verde que fala da natureza e da importância da preservação. Inicia-se a encantada jornada para construir uma praça com muito verde e histórias sobre um homem que amou as plantas, os pássaros e o meio ambiente. Eis que tiram do baú uma foto de Burle Marx. E com a participação da plateia, vão montando a praça com objetos que vão saindo do baú. Tudo isto com trilha sonora original, tocada ao vivo pelo ator e músico Samuel Lira.

 

Já a exposição “Recife Em Cantos” traça um panorama da evolução da cidade desde a fundação, em 1537, até os dia atuais, com mapas, ilustrações, fotografias, objetos arqueológicos (como fragmentos de cachimbos holandeses, telhas e azulejos portugueses) e vídeos. No acervo dedicado ao século XX, serão exibidas fotografias da época da inauguração de algumas praças assinadas por Burle Marx, são elas: a Praça de Casa Forte, Praça Euclides da Cunha (Madalena), Praça da República e Jardim do Campo das Princesas (Santo Antonio), Praça do Derby, Ministro Salgado Filho (Ibura) e Praça Faria Neves (Dois Irmãos).

 

SERVIÇO

Evento: Burle Marx no MCR
Data:
15 de agosto – sexta-feira
Local: Museu da Cidade do Recife, Forte das Cinco Pontas, bairro de São José

Programação:
14:00h – Visita guiada pela Exposição Recife Em Cantos
15:00h – Apresentação da peça “O Baú de Burle Marx”
Ingresso: GRATUITO
Inscrições para escolas:
3355-9558

Museu da Cidade do Recife – Programação Gratuita!

Acabei de descobrir e não pude deixar de compartilhar com vocês…

 

 

O Museu da Cidade do Recife preparou uma programação especial para este sábado (16/03/13). Quem for ao espaço, que funciona no Forte das Cinco Pontas, no Bairro de São José, poderá visitar duas exposições.:

1) Para Recife – Década de 40, foram reunidas fotos da cidade, poesias, mapas e informações turísticas da época, e

2) a mostra Imagens do Recife – Pontes, que exibe 30 fotografias do acervo do Museu, datadas do início do século 20 até os anos 1980.

 

Quem optar por levar as crianças poderá aproveitar a companhia de um guia especial, às 10:00h e às 15:00h. Caracterizado como o militar português Barreto de Menezes, que recebeu a missão de ser o guardião do Recife, em 1654, o ator Douglas Duan levará os visitantes para conhecer o Forte e, através de brincadeiras, contará um pouco da história da formação do Recife, da invasão holandesa, da retomada dos portugueses e da Batalha dos Guararapes.

 

Às 16:00h, o público poderá assistir ainda ao documentário Doce Brasil Holandês, de Monica Schmiedt. O filme é uma coprodução entre Brasil e Holanda, produzido em 2010, e narra as raízes e as contradições do mito que se criou acerca da invasão holandesa em Pernambuco, no século XVII. Através de entrevistas com pesquisadores e conversas com pessoas comuns, tentam explicar o período de 24 anos em que os invasores estiveram por aqui (de 1630 a 1654) e a saudade que os recifenses dizem sentir da época.

 

Segundo Betânia Correa de Araújo, coordenadora do Museu da Cidade do Recife, a proposta de promover programações especiais aos sábados é estimular as pessoas a visitar o espaço. “Queremos que as famílias venham, tragam seus filhos, que frequentem o Museu. Tanto as pessoas que moram na cidade como os que vem de fora também”, explicou.

 

Educativo – Como parte das atividades de comemoração do aniversário do Recife o Museu da Cidade promove, até o dia 20 de abril, um programa educativo com o tema “Aqui se aprende a amar a cidade”. Através de uma visita teatralizada às dependências do Museu, crianças e adolescentes aprendem sobre os símbolos do Recife, como o hino e a bandeira, e conhecem não só as exposições, que contam a história do município, mas o próprio Forte das Cinco Pontas, que teve papel fundamental na formação e proteção da cidade. As escolas interessadas em participar do Programa Educativo do Museu da Cidade, em homenagem aos 476 anos do Recife, devem agendar uma visita gratuita ligando para o número 81. 3355-9543. O Museu da Cidade fica no Forte das Cinco Pontas, no Barro de São José, e funciona de terça-feira a sábado, das 9:00h às 17:00h.

 

Serviços:

Local: Museu da Cidade do Recife (Forte das Cinco Pontas)

Data: 16/03/13

Horário: 10:00h às 15:00h - Visita Guiada para as crianças e às 16:00h – Exibição do documentário Doce Brasil Holandês

Informações: 81. 3355-9543